11 de maio de 2019

Especial // Diferentes aspectos da maternidade tratados na ficção



Olá amores! 12/05 é Dia das Mães (um feliz dia pra vocês que estão lendo!) e não podia deixar de preparar algo especial. Nessa postagem vamos falar de alguns livros, filmes e séries que conseguem retratar diversos dos aspectos relacionados a maternidade!

Resultado de imagem para extraordinario
Isabel Pullman (Extraordinário - R. J. Palácio)
Quando seu filho é rejeitado pela sociedade

Resultado de imagem para bird box gif
Malorie (Caixa de Pássaros - Josh Malerman)
Criando os filhos num ambiente de medo (sem falar na dificuldade que ela teve em desenvolver a própria maternidade)

Resultado de imagem para fantine os miseráveis
Fantine (Os Miseráveis)
Só de lembrar já dá vontade de chorar. Chegou ao fundo do poço pra garantir a sobrevivência da filha...

Resultado de imagem para anne with an e marilla
Marilla Cuthbert (Anne with an e)
Adoro ela. Assumir um papel de mãe numa idade já avançada a muda e faz aprender uma coisa nova a cada dia!

Resultado de imagem para regina e henry
Regina Mills (Once Upon a Time)
O arco da Regina em OUAT é incrível. O dilema "vilã ou heroína?" nem entrava em discussão quando o assunto era o Henry. Desde o início da série fica claro seu amor incondicional pelo filho de criação.

Resultado de imagem para big little lies
Jane (Pequenas grandes mentiras - Liane Moriarty)
E quando você encontra motivos para duvidar de seu filho?

Resultado de imagem para as gemeas do gelo
Sarah Moorcroft (As gêmeas do gelo - S. K. Tremayne)
E se você não soubesse reconhecer suas filhas gêmeas? rs

Imagem relacionada
Lílian Potter (Harry Potter - J. K. Rowling)
Quando é preciso sacrificar a própria vida pelo filho

Resultado de imagem para bella pregnant gif
Bella Swan (A saga crepúsculo: Amanhecer Parte 1)
Passando por uma gravidez complicada, hahah

Resultado de imagem para june the handmaids tale gif
June (The Handmaid's Tale)
Quando você é obrigada a ficar longe da filha e não há nada que possa fazer sobre isso (entre outros absurdos)

Imagem relacionada
Joyce Byers (Stranger Things)
Uma mãe lidando com o desaparecimento do filho

Resultado de imagem para room movie gif
Ma (O Quarto de Jack)
Quando você precisa mentir pelo bem do seu filho.

Imagem relacionada
Gothel (Enrolados)
Aquela mãe superprotetora!

Imagem relacionada
Joquebede (O príncipe do Egito)
Abrir mão do filho para salvá-lo

Imagem relacionada
Frannie Lancaster (A culpa é das estrelas - John Green)
Quando sua filha pode morrer a qualquer momento

Os próximos itens podem ser considerados SPOILERS caso você ainda não tenha lido/visto:

Resultado de imagem para annalise gif
Annalise Keating (How to get away with murder)
Annalise perdeu tragicamente seu bebê, e seu maior desejo era ser mãe. Os instintos maternos dela são tão aflorados que se estendem a quase todos os personagens da série, rs (selecione para ler)

Resultado de imagem para tudo e todas as coisas filme
Pauline Whittier (Tudo e todas as coisas - Nicola Yoon)
Uma mãe com um trauma do qual não conseguiu se recuperar, prejudicando até a filha (selecione para ler)

Imagem relacionada
Madeline (Pequenas grandes mentiras - Liane Moriarty)
Quando sua filha prefere morar com o pai e a madrasta, como lidar? 😱 (selecione para ler)

Resultado de imagem para nunca vi a chuva stefano sant'anna
Nunca vi a chuva - Stefano Sant'Anna
Nesse livro temos 3 mães totalmente diferentes, mas uma delas está tão perdida na vida que nem consegue juntar forças para cumprir seu papel, tá nem aí pros filhos! (selecione para ler)

Imagem relacionada
Caso 39
Quando você abriga uma criança estranha 😅 (selecione para ler)

Imagem relacionada
Adora (Sharp objects)
AmorObsessão de mãe pode até matar 👀 #mulherloka (selecione para ler)


Espero que tenham curtido o post tanto quanto eu! 😉

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
⇒ Você já segue as redes sociais do blog? ⇐
 FanpageInstagram Twitter

20 comentários:

  1. Oi, Carol!
    Adorei o post!
    Todo mundo pensa que ser mãe é fácil e mil maravilhas, mas nem sempre é assim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,

    Que homenagem para o dia das mães.
    Só grandes mulheres nessa seletiva.
    Quando se fala em mães da ficção uma das primeiras que me vem a mente é a Lílian Potter.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi
    muito boa esse poste, conheço só algumas das histórias dessas mães, mulher muito fortes.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol, tudo bem? Adorei a postagem, achei bem diferente os tipos de mães, mas todas bem fortes!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Olá Carol!
    Que post mais incrível! Queria ter essa criatividade!

    Quando eu ser mãe, quero ser de tudo um pouco.

    Até mais!

    Depois da Leitura
    Loja Depois da Leitura

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carol.
    Amei a sua postagem. Ótima ideia hehe. Acredito que representou um pouco de cada tipo de mãe que vemos na ficção. A Regina mesmo sendo a vilã é minha favorita da série hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oiii Carol

    Adorei a seleção de mões, todas bem diferentes umas das outras, caramba até da Bella vc lembrou....haha, essa sempre esqueço.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol,
    Algumas dessas mães são bem loucas com pé na capirotagem haha
    Adorei ver a Bella aí

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carol

    Adorei a postagem!
    Quero muito conhecer as mães de Big Little Lies. A HBO colocou a série no YouTube, vou tentar ver!


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Que nostalgia que me deu esse post, já assiti todos os filmes e amei cada um deles de maneira diferente. Mãe é mãe né? Um amor inexplicável.
    Que post incrível.
    Amei demais.
    beijos.

    http://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Carol, que post bacana!
    Achei muito legal a sua ideia. Super criativa!
    Algumas dessas mães eu nem lembrava ou não tinha parado para reparar mesmo.
    Só acrescentaria aí a mãe de Mia, de Se Eu Ficar, que acho que é uma das mais descoladas do mundo.

    Beijooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros

    ResponderExcluir
  12. Adorei o post.
    As pessoas pensam que ser mãe é uma coisa fácil.
    Super adorei a forma que você abordou cada estilo, cada aspecto.

    Tenha uma ótima noite.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que lindo ficou seu post, Carolzinha <3
    Sabe que nao segui em frente com a serie de pequenas grandes mentiras?
    Mas queria muito!!!!!!
    Interessante...
    Saudades Regina <3
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  14. Oi Carolzinha,
    Feliz dia das mães atrasado para a sua mãe!!!
    E esse post ficou bem completo, hein? Tem todo tipo de mãe.
    Um ícone também é a Molly Weasley!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Carol, tudo bem?
    Adoreeei a seleção! Mães de todos os tipos: boas, más, loucas, dedicadas... Vários espectros não só da maternidade, mas do ser humano também (mas que algumas dão medo, dão rs).
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  16. OI Carol, adorei ver as mães da ficção aqui. Julia Roberts em "Extraordinário" é demais de emocionante. Ainda não assisti "Anne with E". Quero ver.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook

    ResponderExcluir
  17. Oi, xará!

    Adorei o post! Sem dúvidas a de Extraordinário é a melhor <3 mas a de A Culpa é das Estrelas e outras que você citou também são incríveis!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Hi, tudo numa nice?!
    Uma postagem diferente essa. Nunca tinha prestado atenção nesses aspectos das mães diferentes. Eu só achava a Gothel horrenda e apesar da música sua mãe sabe mais não a considerava como mãe da garota. A Regina eu adorava e acreditava no amor dela pelo Henry *-*
    A Pauline eu apenas achei meio doida e egoísta. Muito interessante o post.
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi Carol
    Acho incrível vermos tantas mães diferentes e fico feliz de ver que cada vez mais estão mostrando mães e a maternidade real. Isso tira um peso imenso de nossos ombros.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D