15 de outubro de 2018

Resenha // Entre o amor e os desejos - Catarine Cecília


Entre o Amor e os Desejos
Livro: Entre o amor e os desejos
Autora: Catarine Cecília
Editora: Upbooks
Gênero: Romance fantástico/cristão
Páginas: 292
Ano: 2016
Literatura: Nacional
Volume: 1 de 3
Avaliação: 5,0 ()
Onde comprar: Amazon

Sinopse:
DYLAN NASCEU COM OBRIGAÇÕES. Por ser filho do rei de Farworth, seu futuro já estava escrito.
Mas a vida sempre reserva surpresas. Uma delas foi quando ainda na infância ele encontrou uma menina abandonada na floresta. Ela foi trazida para morar no palácio aos cuidados de uma empregada que a adotou como filha. Os dois cresceram juntos, apesar de suas diferenças.
Com o passar do tempo, Dylan tem uma grande decisão a tomar: casar com uma princesa escolhida pelo seu pai, para assim manter a linhagem real. Dylan porém fica dividido, pois, para ele, o amor já havia traçado seu caminho. Entre seu coração e as suas obrigações, a decisão enfim é tomada e ele logo se vê casado e reinando com sua escolhida ao seu lado. Mas — novamente — sua vida dá uma reviravolta, quando ele descobre que sua esposa sempre lhe fora infiel. Diante desta descoberta, ele decide fazer justiça com suas próprias mãos desmascarando-a na frente de todos.

Romance, Drama, Distopia, Realeza e Inspiração Bíblica se juntam e misturam na obra nacional Entre o amor e os desejos da autora Catarine Cecília, o primeiro da Trilogia Entre o Amor. É até difícil definir um gênero para o livro, porque ele se passa numa realidade distópica, mas não é uma distopia pura; ele se inspira em passagens da bíblia para criar uma história ficcional, mas sem a configuração que é comum em outros romances cristãos. Só sei que eu adorei tudo isso!
"Queria ver com os meus próprios olhos aquilo que os meus ouvidos insistiram em não querer ouvir e que meu coração não conseguia acreditar [...]"
A história é narrada em primeira pessoa pelo Dylan Harrington (siiim, uma narração masculina!), o rei de Farworth. É explicado que depois da nossa era de democracia, o mundo foi devastado por guerras e sofreu uma grande revolução, retornando ao Império. O Imperador da Nação Dasking a dividiu em províncias governadas por reis, e Farworth é uma delas. No começo do livro, acompanhamos Dylan numa situação tensa: ele acaba de descobrir que sua amada esposa o traía, e decide planejar uma revenge daquelas. Mas antes de testemunharmos isso, retornamos ao passado para entender quem esses personagens são e como tudo aconteceu...
"Sei que não conseguiria dormir direito naquela noite, mas tinha certeza do que faria no dia seguinte: Eu colocaria aquela adúltera em seu devido lugar!"
A abordagem do tema traição e essa dinâmica entre o presente e o passado foram grandes acertos da trama. Eu li esse livro muito rápido, fluiu perfeitamente pra mim. Me impressionou como que, mesmo sabendo o que iria acontecer no “futuro”, eu estava envolvida, ansiosa e tensa com os acontecimentos narrados no passado! rs

O romance e o drama são bem dosados pela autora, o livro não se torna meloso ou melodramático em nenhum momento. Nem preciso falar sobre o quanto acho a capa maravilhosa, e a diagramação é uma graça também!


As personalidades, camadas e dilemas próprios de cada personagem vão complementando e conduzindo a trama naturalmente. Me apeguei a eles (Dylan e Gregório estão no meu core ). Mesmo quando eu não concordava com as atitudes dos personagens, os entendia. O leitor consegue ter uma clara compreensão de cada um deles, e de onde a autora quer chegar.
"Será que além de despedaçar meu coração, ela também o havia levado?"
Só achei uma pena ter tantos erros de revisão no livro! E para enriquecê-lo, acho que a autora poderia ter desenvolvido e falado um pouco mais sobre a realidade distópica.

Confesso que eu não devia, mas RI ALTO NO FINAL! Sabe quando você fica pensando assim: “não faz isso personagem, é burrada, você vai se dar mal” e aí o personagem faz e BAM, quebra a cara? Então HAHAHAH
Resultado de imagem para eu avisei gif
Foi um final bem interessante e eu quero muuuito ler a sequência!
"[...] apesar de tudo o que eu fiz, você nunca deixou de ser quem você é."
IMPORTANTE Queria explicar pra vocês que, ao contrário dos outros livros de romance cristão que já resenhei aqui no blog, a história contada em “Entre o Amor e os Desejos” não faz nenhuma alusão explícita sobre religião ou Deus. A autora simplesmente criou uma trama ficcional inspirada em passagens bíblicas (que ela coloca antes de cada capítulo, inclusive). O que talvez você consiga perceber se refletir sobre, são alguns valores cristãos nas ações dos personagens. Então, aqueles que já comentaram anteriormente que nunca leram um romance cristão — por falta de vontade ou de oportunidade — não ignorem essa obra, por favor. Eu ficaria muito feliz se dessem uma chance!

Tentei eu mesma fazer o aesthetic dessa vez XD

Realmente recomendo muito a leitura, teve uma vibe diferente  Não sei se vocês irão gostar tanto quanto eu, mas acredito em seu potencial: não deve nada para outras ficções semelhantes!
"A compaixão nos cura de todas as feridas, mas a impiedade sempre nos destrói."

18 comentários:

  1. Olá, Carol.
    Gostei da capa, gostei do enredo e eu nunca encontro romances cristãos para ler hehe. Mas é primeiro de trilogia e pelo que vi não tem os outros lançados ainda, o que me faz não querer ler ele no momento. E que pena que não tem uma boa revisão. Já até dei nota mais baixa para alguns livros que eram assim. Fica até dificil acompanhar a história.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      A autora informou q o segundo volume está próximo de ser lançado, graças a Deus! Pois é, n achei justo diminuir a nota nesse caso, rs. Mas a autora disse na próxima edição o problema da revisão vai ser resolvido.

      Excluir
  2. Oi, Carol

    Eu não tenho problemas com romances cristão, já li alguns e curti, outros nem tanto. Meu problema é quando o texto atravessa a linha tênue do bom-senso e tenta doutrinar o leitor, o que não me parece ser o caso. Tomara que na próxima edição, caso haja uma, os erros sejam corrigidos.

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol
    Eu não curti muito esse livro. Não achei que existisse de fato um suspense, mas fiquei curiosa pra saber o que leva a personagem principal a fazer o que faz. Mas senti que careceu desenvolvimento, fiquei sem entender o propósito do livro.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm queria saber mais sobre o lado da esposa, mas acho q a autora pode resolver isso no próximo volume!

      Excluir
  4. Oi
    que bom que gostou da leitura, gosto de distopia e legal que a religião não fica de forma explicita na história, parece realmente ser uma boa leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar desse livro, talvez até por não ser um gênero que leio com frequência, mas achei a história muito interessante.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol,

    Fico feliz que tenha gostado da leitura, confesso que a história em si não me agradou a ponto de ler. Fica para uma próxima :)
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol
    a capa é encantadora e a história é interessante.
    Adorei a parte você contando de que conversa com a personagem hahaha
    parece que realmente estamos na história e fazemos parte dela. Já fiz isso várias vezes hehehe
    bjo
    Karina Pinheiro

    ResponderExcluir
  8. Oi, Carol!
    Eu acho que já tinha visto uma resenha desse livro em algum lugar e me interessado.
    Achei legal essa das passagens bíblicas no início dos capítulos.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Oi Carol, achei curiosa demais essa trama. E que interessante isso, dos personagens e da trama serem inspirados em passagens bíblicas. Muito diferente!

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  10. Oi, xará!

    Ainda não conhecia o livro mas achei a premissa bem bacana, principalmente por ser uma distopia digamos que original e bem diferente hahaha dica anotada!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol, tudo bem?
    Que bacana que o livro funcionou pra você! Mas também fico chateada com erros de revisão. É algo tão fácil de resolver, né? Só dedicar um pouquinho mais de tempo a essa etapa. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Oi Carol, eu adoro quando tem a versão masculinas dos livros, principalmente quando é uma série. Sinceramente eu não gosto de do gênero Distopia, mas eu estou começando a me abrir para os outros gênero. Que bom que você gostou da leitura.

    Obrigada pela resenha, bjs.

    Lídia
    http://www.depoisdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A distopia é uma pequena parte da história Lídia, o foco do livro não é muito esse... Talvez vc possa dar uma chance no futuro!
      Bjs

      Excluir
  13. Excelente Artigo !! Eu estou adorando visitar blog, sempre tem conteúdo de muita qualidade .... São muitos legais, e interessante ....

    Parabéns !!!!

    Posso compartilhar este artigo no meu Facebook ?

    Meu Blog: Apostando na Loteria

    ResponderExcluir
  14. Olá Carol, tudo bem??

    Adorei a sua resenha... e diverti ao lê-la, fiquei bem curiosa com toda a mistura que revelou no inicio da resenha e fiquei feliz pela distopia estar junto, ainda que ela não tenha desenvolvido bem isso tudo na trama. Erros de revisão é complicado, mas nada que ela não resolva em uma próxima edição. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D