12 de outubro de 2019

Tag Literária // Livros que me lembram a infância


Oi oi gentes! Pra comemorar o Dia das Crianças (já que não vamos mais ganhar presente mesmo né, hahahah), vamos responder uma tag legal? Quem me indicou essa há um tempinho já foi a Day do Cartas para mim!
Eu sou uma leitora que não se lembra de um momento exato em que começou a ler kkk Inclusive, sei que já li bem mais livros do que o número que está no skoob, só não me lembro deles! rs Mas por exemplo, eu nunca fui muito de ler gibis, que é uma coisa que sei que marcou a infância de muita gente... Eu também lia muita coisa que era pra um público mais adulto 😂 Enfim, esse post vai ser bem nostálgico!

Mistério no museu imperialEnigma na Capela RealO Segredo do ColecionadorO Mistério da Ilha de D. João VI
Mistério no Museu Imperial
Um grupo de meninos e meninas em busca de desafios - os Invencíveis. Assim eles se autodenominam para enfrentar outros grupos em jogos e disputas na internet. A aventura começa numa visita com a escola ao museu imperial de Petrópolis, onde compraram um quebra cabeças de três mil peças. Na tentativa de montá-lo o mais rápido possivel. Os invencíveis percebem que estão diante de um mistério que poderá levá-los a um desafio maior uma investigação que é um verdadeiro quebra-cabeças. a curiosidade os faz voltar a Petrópolis e ao Museu Imperial. antiga residência de verão de D.Pedro II e procurar as informações do presente e também do passado - que ajudem a desvendar o mistério.
Eu adorava esses livros! Grupo de amigos + investigações = 😍

O Gênio do Crime
O Gênio do Crime
Este é o livro que inaugurou a turma do gordo. Seu Tomé é um homem bom, proprietário de uma fábrica de figurinhas de futebol. Existem as fáceis e as difíceis, fabricadas em menor quantidade. Quem enche o álbum ganha prêmios realmente bons. Mas surge uma fábrica clandestina que fabrica as figurinhas difíceis e as vende livremente. O número de álbuns cheios aumenta e seu Tomé não tem mais capacidade de dar todos os prêmios. Há uma revolta, as crianças querem quebrar a fábrica. Edmundo, Pituca e Bolachão, e mais adiante, Berenice, entram em cena para descobrir a fábrica clandestina. Acontece que não se trata de simples bandidos. A quadrilha é chefiada por um gênio do crime. A cabeça do gordo é posta para pensar, travando-se um espetacular duelo de inteligências, que começa pelo incrível sistema de seguir pelo avesso. Um livro que, de saída, conquistou o Brasil.
Eu li esse livro mais de uma vez e ele era realmente uma aventura super legal!

A Marca de Uma Lágrima
A Marca de uma Lágrima
Isabel acaba escrevendo lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. A morte da diretora da escola vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente ameaçada. A ideia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano.
Eu me lembro que esse livro era beeem melancólico e triste, foi meu primeiro contato com o Pedro Bandeira e gostei demais!

Como Seria Sua Vida no Antigo Egito ?

Eu era fas-ci-na-da pela história e cultura do Egito (e ainda pretendo conhecer um dia!), ia na biblioteca e pegava todos os livros (ficção ou não) que falavam sobre o país! kkk

Olhando para Dentro
Olhando para dentro
Ao saber que o avô estava se mudando para a casa da família, Fernando se revolta. Dividir seu quarto com ele? Nem pensar. Mais tarde, arrependido, Nando compra, com suas suadas economias reservadas para ter o seu próprio aparelho de som, um gravador onde o avô possa gravar suas memórias. Instalado de maneira improvisada na garagem, participando da rotina familiar, o avô aos poucos reconquista o neto, e com a ajuda deste grava suas impressões sobre a vida. O "Olhar Para Dentro" do avô se transforma num depoimento emocionado, e suas histórias vão permanecer para sempre na memória da família. Esta obra resgata o respeito ao idoso, sua atuação na família e na sociedade, suas fraquezas e limitações e sua relação com as crianças.
Essa leitura foi tão tão tão emocionante, nunca esqueci! 💔😭

O EstranguladorCorrida Pela Herança (The Money Tree)A Perseguição
O Estrangulador
Na misteriosa Londres, um perigoso assassino desafia a polícia com uma sucessão de crimes. Caberá ao jovem destemido policial Sekio Takagi desvendar esse sinistro quebra-cabeça.
Corrida pela Herança
Briga de quatro pessoas pela herança do avarento magnata Samuel Stone. Para conseguir pôr a mão no dinheiro, os herdeiros têm que decifrar estranhos e complicados enigmas criados pelo próprio morto.
A Perseguição
Com a morte dos pais nos Estados Unidos, em terrível acidente aéreo, o jovem Masao Matsumoto torna-se herdeiro de uma imensa fortuna. Viaja imediatamente para lá e acaba descobrindo que alguém quer se apossar da herança e que pretende por isso eliminá-lo. Suspeitando do perigo que corre, Masao começa uma fuga desesperada por um país que lhe é totalmente desconhecido e onde uma nova ameaça o aguarda a cada momento.
Vocês sabiam que o Sidney Sheldon também escreveu infantojuvenis? Esses são alguns dos que li, incríveis! 

O Mistério do Cinco EstrelasUm Cadáver Ouve RádioUm rosto no computadorEnigma na Televisão
O Mistério do Cinco Estrelas
Um homem é assassinado no apartamento 222 do Emperor Park Hotel. O único que viu o corpo foi Léo, o mensageiro. Mas ninguém acredita em suas histórias, a não ser seus amigos Gino, Ângela e Guima. Léo é apenas um garoto e seus inimigos são ricos e poderosos. sem ter provas nenhuma contra elas, acaba perdendo o emprego e sendo procurado pela polícia, achando que tem problema de cabeça. Quem conseguirá desvendar o mistério do cinco estrelas?
Coleção Vagalume, quem nunca né? hahah E provavelmente o Marcos Rey era o autor participante que mais me agradava com os mistérios!

Calvin e Haroldo - E Foi Assim que tudo começou - Volume 2
Calvin e Haroldo
As tirinhas ilustradas contam a história de Calvin, um hiperativo garoto de seis anos cujo maior amigo é o tigre de pelúcia Haroldo - que ganha vida quando não existe nenhum adulto por perto. Ao lado das fantasias e brincadeiras da dupla, surgem questões sobre política, cultura, sociedade e a relação de Calvin com seus pais, colegas e professores, com a sabedoria que os tolos adultos só conseguem traduzir como ingenuidade.
Eu tinha em casa e vivia lendo e relendo, era muito fofo!

O Livro de Ouro da Mitologia

Outro assunto curioso sobre o qual vira e mexe eu gostava de ler: mitologia!

Quando Meu Pai Perdeu o Emprego
Quando meu pai perdeu o emprego
Pepê, Beto, Ju e Carol: quatro irmãos acostumados a morar em casa com piscina, frequentar colégios caros e clubes elegantes e ganhar presentes caríssimos. Então, o pai perde o emprego, e, sem dinheiro, a família tem de abrir mão de tudo: sítio, casa, carros. O que passa pela cabeça das crianças? Será que podem ajudar ou não vão se conformar com a nova situação?
O tema do livro foi legal sabem, fiquei pensando no que aconteceria se meu pai perdesse o emprego também, hahahah

O mundo da naturezaO mundo da fantasiaO Mundo da AlegriaO mundo da aventura

Essa série se chamava "Os 4 mundos encantados de Walt Disney" e eu tive em casa! Tinham váaarias histórias baseadas nos filmes da Disney, curiosidades e muitas ilustrações!

Histórias de Shakespeare Vol. 2

Foi leitura de escola, meu primeiro contato com Shakespeare (esse trágico)! Tinha as histórias adaptadas de Hamlet, Sonho de uma Noite de Verão e Macbeth.


E esses são os livros que lembram a minha infância, será que a de vocês também?
Beijinhos!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
⇒ Você já segue as redes sociais do blog? ⇐
 FanpageInstagram Twitter

27 comentários:

  1. Oi Carolzinha,
    Eu também li O Gênio do Crime na infância, e também váááários da Coleção Vagalume!
    Que nostalgia boa!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Bem legal essa seleção. Acho que todo mundo já leu a marca de uma lágrima, tenho vontade de ler de novo, pois confesso que não lembro de nada.
    Não li histórias de Shakespeare, mas se dependesse do colégio hoje em dia eu odiaria ler. Todas as leituras obrigatórias do colégio eram chatas demais, grandes demais e com escritas difíceis demais. Acho que de todos os anos de colégio gostei só de uns 2 ou 3.
    Beeijoo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol! Aaa amei a tag! Vou fazer um post hoje no EB também com os meus 5 livros infantis favoritos.
    Da sua lista, o único que li foi Mistério do Cinco Estrelas quando tinha meus 11/12 anos. Fiquei fascinada na história :D

    Bom fim de semana!
    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol! A coleção Vagalumefez parte da minha infância e os livros dos Marcos Rey foram os melhores que li. Adorei as dicas. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Calvin e Haroldo são meu xodó até hoje. Amo demais! E a coleção Vagalume, tenho muito amor por ela. Foi o que me introduziu na leitura. O primeiro livro que li foi O Caso da Borboleta Atíria e ajudou muito a me deixar apaixonada pela leitura.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post. Muitos desses livros também fizeram parte da minha infância.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. A marca de uma lágrima eu já li mais adolescente, mas um livro que me lembra a infância é Bisa Bia, Bisa Bel
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, tudo bem?
    Não conhecia esta Tag e achei muito interessante. Também não sei se conseguiria lembrar de todos os livros que li em minha infância. Mas dos citados em seu post, eu li vários da Coleção Vagalume e todos do Sidney Sheldon lançados por aqui.
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Oi Carol, que post mais nostálgico! Temos algo em comum, pois eu amava e ainda amo na verdade, os livros sobre outros países, ainda mais Egito!
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol,
    Muito fofa essa TAG!
    A Marca de Uma Lágrima foi um dos primeiros livros que amei de vdd, minha prima que me imprestou.
    Um Rosto no Computador acredito que tenho guardado aqui. Tinha vários dessa coleção, perdi uns com a enchente q teve onde eu morava. Mas nem lembro da história.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  11. Oiii Carol

    Adorei a TAG é tão gostoso relembrar de vez em quando né? Eu ja li A Marca de uma lágrima mas não lembro nadinha e essa coleção dos Mundos do Walt Disney eu tive e adorava demais.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Carol! Nostálgico mesmo, eu adorava ler Pedro Bandeira e meu primeiro contato com Shakespeare foi com Romeu e Julieta, uma adaptação rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Que post mais nostálgico! Adorei...
    Também li O GENIO DO CRIME na minha infância e lembro que era um dos meus favoritos <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, Carol.
    Minha infância foi marcada pela série vagalume junto com os livros da Agatha Christie hehe. Eu li A Marca de Uma Lágrima uma dez vezes e também amava tudo o que tinha a ver com Egito desde que li A Maldição do tesouro de Faraó. E mitologia também hehe. Ainda gosto na verdade hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oii! :)
    Da sua lista eu só conheço "A Marca de uma Lágrima" e foi um livro que só fui conhecer no último ano do ensino médio. Para ser bem sincera, eu não me lembro dos livros que conheci na infância. Lembro muito de Harry Potter, mesmo gostando de ler desde nova. :(

    Beijos
    www.ventodoleste.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi
    desses livros eu conhecia na minha infância Calvin e Haroldo, o sidney sheldon fui conhecer depois de adulta, mas nunca li nenhum desses livros, na minha infância lia mais gibi, já li monteiro lobato, os livros tipo cindera, peter pan esses clássicos da infância, uns que pegava na biblioteca da escola.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. São muitos!! Mas infelizmente não conhecia nenhum. Eu tenho alguns livros que me lembram bastante a infância, principalmente hqs, e alguns livros infantis que eu devorava!

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  18. Oi Carol!
    Quando eu penso em livros de infancia eu lembro da serie Os Karas do Pedro Bandeira. Como era bom ler A Droga da Obediencia e afins. Eu amava.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Hey Carol! Tudo bem?
    Eu amei essa TAG! Posso fazer ela qualquer dia desses?
    Amava a coleção vagalume e ler aleatoriedades de mitologia grega kkk
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente | Siga no Instagram |

    ResponderExcluir
  20. Oi, Carol!
    O Gênio do Crime também marcou muito a minha infância haha Tem alguns livros que eu gostava tanto e não consigo me lembrar dos títulos. Uma pena. E eu era uma dessas pessoas que amava gibis hahaha
    Gostei bastante da tag!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  21. Oi, xará!

    Eu lembro de ter lido A marca de uma lágrima e Um rosto no computador por conta da escola e até gostei de ambos, mas não foi isso que me fez entrar no mundo dos livros não hahaha acho que os livros que dão para as crianças lerem nessa época não são muito propícios, hoje felizmente existem livros mais voltados e que entretêm, não sei como as escolas funcionam agora, mas seriam bem bacanas de serem introduzidos. Adorei o post!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi Carol, tudo bem?
    Nossa, acabei de publicar uma postagem de Halloween com lembranças da minha infância e nem foi pelo dia das crianças! Hahahaha...
    Ao contrário de você eu era muito de ler gibis! Até hoje inclusive!
    Menina, eu acho que li "A Marca de uma Lágrima", mas não me lembro nada da história. Preciso ler de novo!
    Eu não fazia ideia que o Sidney Sheldon escreveu infantojuvenis! Queria ler!
    Nossa, Coleção Vagalume muito! Tenho saudades!
    Outra coleção que eu li muito também foi a 'Salve-se Quem Puder'. Além de histórias você tinha que resolver enigmas durante a leitura. Tenho até hoje.

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  23. Oi Carol,

    Adorei essa TAG. Me fez relembrar vários momentos maravilhosos rs!
    Essa coleção Vagalume era maravilhosa ♥
    Saudades!
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  24. Oi, Carol

    Eu sou uma dessas leitoras que começou com gibis. Depois passei para os livros da coleção Vagalume e depois para os do Pedro Bandeira. Hahahah
    Inclusive, da sua listagem o do Pedro foi o único que li e amo.

    Beijo
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  25. Oi, Carol!
    Eu sou tão doida por Calvin e Haroldo que o meu cachorrinho chama Calvin Haroldo, assim composto, haha.
    E leio esses quadrinhos desde criança.
    Eu também não lembro exatamente quando comecei a ler, porque, na verdade, foi desde sempre. Mas ao contrário de você li muito gibi da Mônica.
    Gente, eu li esse do Quando Meu Pai Perder o Emprego na escola!

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  26. O mistério dos cinco estrelas me lembra muito minha adolescência. Ele e vários outros títulos da coleção vagalume. Tem dois livros que me lembram muito infância que são Um céu azul para Clementina e O fantástico mistério de Feiurinha.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D