5 de junho de 2019

Resenha // Verity - Colleen Hoover


Verity
Livro: Verity
Autora: Colleen Hoover
Publicação: Independente
Gênero: Romance/Thriller/Drama
Páginas: 333
Ano: 2018 (EUA)
Literatura: Estrangeira
Volume: Único
Avaliação: 4,0
Onde Comprar: Amazon

Sinopse:
Lowen Ashleigh é uma escritora com dificuldades à beira da ruína financeira quando aceita a oferta de trabalho de sua vida. Jeremy Crawford, marido da autora de best-sellers Verity Crawford, contratou Lowen para terminar de escrever os livros restantes de uma série de sucesso que sua esposa machucada não consegue terminar.
Lowen chega à casa de Crawford, pronta para analisar os anos de anotações e esboços da Verity, na esperança de encontrar material suficiente para guiá-la. O que Lowen não espera descobrir no escritório caótico, é uma autobiografia inacabada que Verity nunca pretendeu que alguém lesse. Página após página de admissões assustadoras, incluindo a lembrança de Verity sobre o que realmente aconteceu no dia em que sua filha morreu.
Lowen decide manter o manuscrito escondido de Jeremy, sabendo que seu conteúdo devastaria o pai já sofrido. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy começam a se intensificar, ela reconhece todas as maneiras que ela poderia se beneficiar se ele lesse as palavras de sua esposa. Afinal de contas, não importa o quão devotado Jeremy seja à sua esposa machucada, uma verdade tão horrível como aquela, tornaria impossível para ele continuar a amá-la.
"Humano.
Curioso.
Continue."
EU NÃO SEI NEM EXPRESSAR DIREITO O QUE QUE FOI ISSO QUE EU LI! 😱

Geeente do céu... Eu assisto muitos filmes de suspense/terror que dificilmente me abalam, mas os personagens desse livro (!) HAHAHA, nada mais ASSUSTADOR do que o ser humano! Eu lia e só conseguia chamar todos de LOUCOS!

Olhem, alerto que tem cenas, descrições e pensamentos MUITO PESADOS aqui. Colleen Hoover claramente escreveu Verity pra CHOCAR, beirando o exagero, e conseguiu! 👏
"Ninguém é agradável de dentro para fora."
Meu histórico com a CoHo é curto: além desse livro, a única outra obra dela que li foi "Métrica"; ou seja, dois extremos! Acabou que pra mim nem pareceu que foram escritos pela mesma autora! (na verdade, nos momentos de romance dá pra perceber que é ela sim 😆)

Em "Verity", a autora se dispõe a expor um lado sombrio do universo feminino  lembra um pouco o que a Gillian Flynn faz em suas histórias, por exemplo. Além disso, CoHo explora lindamente nessa obra como funciona a cabeça de um escritor!
"O mundo era o seu manuscrito. Nenhuma superfície estava segura."
Sobre os personagens principais, Verity é a grande sacada e incógnita do livro! Do Jeremy você não sabe se sente pena, se apaixona por ele, ou fica com um pé atrás! E Lowen é a patética (nas palavras dela e em concordância) com atitudes inacreditáveis (a melhor parte eram suas justificativas kkk). Achei que a autora poderia ter se aproveitado mais do background e dilemas desses dois últimos personagens (especialmente da Lowen!), em prol da trama...

Porque cheguei a sentir uma certa monotonia no desenvolvimento dos capítulos, que não me deixou devorar o livro tão rápido. Temos partes da autobiografia de Verity intercaladas com os acontecimentos no presente narrados pela Lowen, mas as duas personagens são um tanto repetitivas por conta de suas obsessões; e aí você tem, por exemplo, um excesso de cenas de sexo e a rotina desse pessoal praticamente preso dentro da casa.
"[...] as coisas que espreitam dentro da mente podem ser tão perigosas quanto ameaças tangíveis."
Rá, mas eu ainda não falei do plot twist que põe em xeque TODA a leitura que você havia feito até então e te deixa perdidinho! Dá até pra imaginar algumas coisas que poderiam acontecer no desfecho – sem muita convicção  mas os detalhes? De jeito nenhum! A forma que a Colleen Hoover escolheu pra finalizar a história não é inédita na ficção, contudo soa atraente em "Verity" porque te dá uma outra perspectiva sobre o que a obra queria de fato te dizer.

Resultado de imagem para question gif
(?????????????????????????????????)

Pra quem deixou os new adults de lado pra criar esse bizarro thriller romântico, CoHo passa bem longe de fazer feio, porém é um livro com alguns escorregões para os quais não consegui fechar os olhos. Torço sim para que ela continue a ser uma escritora que se desafia, e traga à vida livros cada vez melhores e surpreendentes, no gênero que for!
"É o que você faz quando experimenta o pior dos piores. Você procura pessoas como você... Pessoas piores do que você... E você as usa para se sentir melhor com as coisas terríveis que aconteceram com você."


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
⇒ Você já segue as redes sociais do blog? ⇐
 FanpageInstagram Twitter

21 comentários:

  1. Oi Carol, tudo bem? Já faz um tempo que li um livro da CoHo, devo ter lido uns 6 livros da autora e adorei todos eles, por isso gostaria de conferir outras obras dela, mas confesso que fiquei com um pé atrás, não sei se estaria preparada para uma leitura intensa de uma história um tanto bizarra e lunática quanto essa.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  2. Uau, bizarro thriller romântico, eu agora fiquei bem curiosa!! Só li um livro da autora e gostei da escrita dela, esse parece que surpreende mesmo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Meu deus que loucura D:
    Agora eu to super curiosa para ler mais, é corajoso por parte da autora se arriscar nos gêneros, pelo que entendi esse livro é diferente de outros livros dela. Quero ler, adorei o post <3

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu esse seu artigo, realmente é um dos melhores blog que estou visitando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus favoritos ❤️..

    Meu Blog: Loteria Hoje

    ResponderExcluir
  5. Oi
    parece ser uma história bem diferente e que a autora fugiu da sua zona de conforto, que bom que gostou da leitura apesar dos escorregões que ela cometeu, espero que ele seja publicado por aqui.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol.
    Não sou das maiores fãs da CoHo, até porque o gênero que ela costuma escrever não me chama atenção. Assim, essa mudança que aconteceu em Verity me deixa mais animada com a leitura. Adorei a resenha.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carol! Tudo bom?
    Eu tenho trauma/ranço dos livros da COHO depois de ler duas bombas dela, então nenhuma sinopse ou Cristo conseguem me convencer a dar uma chance pra ela de novo HUHUSAHUASHUSAHUASHUSAHU infelizmente pra mim é um nah.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, tudo bem?
    Adorei a resenha sincera. Os fãs da CoHo costumam ser beeem fãs, e eu tenho medo de ler algo dela e me decepcionar.
    O plot twist foi bom e chocante ou foi chocante e incoerente? Isso me deixou um pouco na dúvida.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi incoerente, mas responde pouco e cria muitas perguntas, rs

      Excluir
  9. Oi, Carol
    Eu gosto muito da CoHo, vi alguns comentários sobre esse livro mas ainda não senti vontade de ler ele, porque eu não sou fã de mistérios e tals, mas espero me interessar mais pra frente.
    Beijo!

    https://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carol.
    Depois de ler alguns livros da autora onde ela romantiza relacionamento abusivo eu parei de ler os livros dela. Mas me interessei por essa sinopse, vou deixar anotado, mas ainda não sei se lerei.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oiii Carol

    Com a CoHo minha experiência foi 8 ou 80, ou amo o livro ou odeio, li dois dela e foi o que aconteceu, um recebeu nota máxima, o outro eu queria queimar. Pelo visto a autora gosta de explorar temas complexos e gosta de causar....hehe. Estou bem curiosa em ler esse thriller escrito por ela, sai totalmente da zona de conforto da autora e eu mega admiro quem tem essa coragem de escrever fora de seu gênero e ainda causar todo esse impacto.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Carolzinha,
    Colleen Hoover é uma diva suprema! Nunca li algo dela que não me prendeu, pode não ser meu estilo, mas ela o faz sempre magnificamente bem.
    Um dia, quero ser chique que nem minhas amigas e ler em inglês... ADOROOOO! HAHAHAHAHAH
    Beeeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Carol

    Eu achei o livro excelente e o final foi o melhor pra mim. Gostei da sensação que ficou, pois pra mim as perguntas levantadas foram respondidas e ela criou outra que deixou um gostinho agridoce. Foi uma das minhas melhores leituras do ano passado e aguardo mais thrillers dela!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  14. Eu nunca li nada da CoHo, mas sei que ela tem o dom de explorar o lado mais sombrio de qualquer assunto que aborde. Agora se esse tem um toque de Gillian Flynn, eu acho que darei uma chance e lerei esse livro.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  15. Oi Carol, nunca tive contato com as obras da Collen, não que a opinião dos outros me afete, só que as avaliações são bem dividias. Quero ler CH quando eu estiver mais madura, mas adorei a resenha!

    Até mais!

    Depois da Leitura
    Loja Depois da Leitura

    ResponderExcluir
  16. Oi
    segunda resenha que leio dessa história e parece que realmente chocou quem leu, fiquei curiosa e espero que seja publicado por aqu,mas pena que algumas partes fora meio paradas.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Carol!
    Eu já me interesso bem pouco pelos livros dela de um gênero que falam que ela manda bem, nesse então, que não tenho vontade. Tinha até vontade de ler algo da autora, mas atualmente não me animo mais, infelizmente :(

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Oii, Carol.

    Ler um livro dessa autora é pedir para chorar e ficar com aquela ressacada literária.
    O último livro que li dela foi no ano passado e levei semanas para conseguir ler outro livro e acho que ainda não estou pronta para voltar a ficar tão impactada com outra história dela.

    Um dia irei ler!

    Amei a resenha.

    Beijos,
    Keth ♥
    WWW.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi, xará!

    To doidaaa pra ler esse livro! Adoro as obras da autora e admiro muito quando os autores fogem das suas zonas de conforto e arriscam em outros gêneros. E pelo visto ela fez isso muito bem! Só pela sinopse já achei a história uma loucura, e como estou acostumada com os choques que suas obras causam, a ansiedade com esse é grande hahaha

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D