28 de maio de 2019

Uma amiga indicou // 2 filmes com mães: O Quarto de Jack e A Troca


Olá colecionadores! Esse mês, eu e as meninas do projeto Uma Amiga Indicou nos propomos ler ou ver algo relacionado a datas importantes de Maio.
Eu decidi assistir a 💛2 filmes com mães💜, e posso dizer que o que "O Quarto de Jack" e "A Troca" têm em comum sobre isso, é retratar duas mulheres/mães admiráveis que com muito instinto e garra não deixaram de tentar lidar com as adversidades da melhor forma que podiam, em favor de seus filhos.
Confiram minha opinião sobre cada filme abaixo!

Resultado de imagem para room movie gif
Resultado de imagem para room movie gif
O Quarto de Jack (Room, 2015)
Jack (Jacob Tremblay), um espirituoso menino de 5 anos, é cuidado por sua amada e devota Ma (Brie Larson). Como toda boa mãe, Ma se dedica em manter Jack feliz e seguro, cuidando dele com bondade e amor, e fazendo coisas típicas como brincar e contar histórias. Sua vida, entretanto, é tudo menos normal – eles estão presos – confinados em um espaço de 10 m² sem janelas, o qual Ma chamou eufemisticamente de “O Quarto de Jack”. Ma criou todo um universo para Jack dentro de O Quarto de Jack, e ela não parará por nada para garantir que, mesmo neste ambiente traiçoeiro, Jack seja capaz de viver uma vida completa e satisfatória. Mas, enquanto a curiosidade de Jack sobre a situação em que vivem cresce, e a resiliência de Ma alcança um ponto de ruptura, eles ensaiam um arriscado plano de escape, o que os leva a ficar face-a-face com o que pode ter se tornado a coisa mais assustadora: o mundo real.
O amor não conhece limites.

O Quarto de Jack é um filme que já queria assistir há muito tempo! Sei que foi baseado no livro Quarto - Emma Donoghue – que nunca li, mas provavelmente é melhor que o filme...
Apesar de ter seus momentos pontuais de comoção e tensão aqui e ali, eu esperava ter tido uma conexão mais forte com o filme como um todo.
Acontece que são basicamente 2 filmes de tons diferentes dentro de 1 só: primeiro a parte thriller dentro do cativeiro, e depois a parte drama que foca no pós trauma.
A intenção é bem interessante e traz complexidade para a trama, mas na minha opinião podia ter sido melhor executada. Como a primeira parte foi rápida demais e a segunda se estendeu muito, o clímax do filme veio cedo demais e houve uma quebra de ritmo. Se essa divisão do filme não tivesse ficado tão evidente, a experiência seria bem melhor. Talvez o formato de intercalar cenas do passado com o presente ajudaria...
Achei ainda a narração do Jack no filme um pouco deslocada. Consigo imaginar com clareza como deve fluir e funcionar perfeitamente no livro esse artifício do ponto de vista infantil e inocente.
Devo dizer também que houveram uns furos desnecessários no filme, que não seriam difíceis de resolver; o que comprometeu o "ser convincente" e deixou evidente pra mim o caráter ficcional do longa. E realmente, quando fui pesquisar, li que não foi baseado em um caso real e específico, apenas rolou uma inspiração genérica em fatos reais para a criação da história.
Mesmo com os probleminhas, valeu conferir as belas atuações do Jacob Tremblay e da Brie Larson, especialmente quando juntos em tela: a química entre mãe e filho foi enorme! E lembro que essas foram as minhas impressões, mas o filme já pegou muitos de jeito e pode acontecer com vocês também! 😉
"A dor é psicológica. Se você não pensar, não dói mais!"
Trailer

♥♥♥

Resultado de imagem para changeling movie gif
Resultado de imagem para changeling movie gif
A Troca (Changeling, 2008)
Christine Collins (Angelina Jolie) é uma mãe que ora fervorosamente para que seu filho Walter (Gattlin Griffith) retorne para casa. O menino foi seqüestrado em uma manhã de sábado, após ela ter saído para trabalhar. Com a ajuda do reverendo Briegleb (John Malkovich) e após meses de buscas intensas, finalmente, a polícia encontra o garoto. Mas algo está errado e, em seu coração, Christine desconfia que ele não seja seu filho verdadeiro.
Para encontrar o filho, ela fez o que ninguém ousara fazer.

Escolhi ver também um outro filme já antigo na minha lista, A Troca! Esse sim, um filme baseado em um caso/crime real, e que traz à tona situações que me deixaram agoniada, com raiva, e etc. Se forem assistir, estejam preparados para o baque emocional!
Aqui temos uma das melhores atuações da Angelina Jolie que já vi, a mãe (Christine Collins) é uma personagem que demonstra força e estômago demaaais o filme inteiro, não sei se eu conseguiria não...
A história se passa entre 1920 e 1935, na cidade de Los Angeles (EUA). Algumas cenas até lembram a série "As Telefonistas" (não sei se vocês já viram), porque a mãe trabalhava nesse ramo.
O desaparecimento do filho de Collins está ligado a algo ainda maior, e se entrelaça com outros temas como corrupção dentro da polícia, política, mídia, religião, justiça e psicologia. Dá pra tirar reflexões sociais bem interessantes daqui.
Tem algo específico que eu queria comentar, mas considero spoiler (se você não faz ideia do caso real que envolve o filme). Só digo que o ator Jason Butler Harner me deixou impressionada com sua atuação de um personagem difícil e cheio de camadas! Muita loucura pra uma pessoa só.
Ah, o filme teve 2h e 21min de duração. Fiquei vidrada o tempo todo, mas sou sempre adepta de uma duração menor, rs. (Avengers: Endgame é uma exceção à regra, hahahah)
Eu fui procurar mais informações sobre o acontecido e fiquei ainda mais chocada com os detalhes (e com a indefinição de algumas respostas que persiste até hoje)! Triste. Aparentemente, pelo o que li, o filme conseguiu ser bem fiel. Parece que tem um documentário sobre do Discovery ID, vou criar coragem pra ver também!
"Nunca comece uma briga, mas sempre vá até o fim."
Trailer

♥♥♥

Uma Amiga Indicou: Livro, Filme ou Série relacionado ao Dia das Mães, Mês das Noivas, ou Dia Internacional contra a Homofobia.
Blogueiras participantes ♥: Alessandra (Estante da Ale), Carol Antonucci (Caverna Literária), Pâmela (Interrupted Dreamer) e Priscilla (Infinitas Vidas).


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
⇒ Você já segue as redes sociais do blog? ⇐
 FanpageInstagram Twitter

24 comentários:

  1. Olá, Carol.
    Já assisti os dois e gostei bastante dos dois. O Quarto de Jack o livro é sim bem melhor porque temos a história pela visão de uma criança. É muita angustia principalmente quando eles saem do quarto que era o mundo dele, o que ele conhecia sua vida toda. E a Troca eu chorei muito, e torci que nem louca para ela encontrar o filho.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi
    desses eu só conhecia o quarto de jack, que fui assistir esse ano e gostei do filme, o segundo parece ser bem interessante e emotivo, vou procurar saber dele.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol,

    Não é muito o meu estilo de filmes por isso não assisti nenhum até hoje rs.
    Mas entre os dois achei mais interessante a premissa de a A Troca.
    Adorei as dicas.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol,
    Adorei suas escolhas.
    Desses só assisti O Quarto de Jack, e não sei se leria o livro, porque histórias envolvendo violência sexual só entram na minha mente uma vez e não gosto de retornar.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol, fiquei mega super interessada em A troca, que história!! Quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    O Quarto de Jack é perfeito. Que filme pesado e ao mesmo tempo incrivel. Brie Larson roubando a cena com o menininho. Quero muito ler o livro.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carol!
    Pena que você não se conectou tanto com O Quarto de Jack.
    Eu fiquei profundamente comovida com o filme e com as atuação da dupla principal.
    Acredita que A Troca eu nunca viu?
    Lembro que na época que passou fiquei curiosa, mas aí passou e agora estou curiosa de novo.

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Já assisti O Quarto de Jack umas milhões de vezes kkk e amo demais, sempre me emociono com a história, e acho que foi um dos livros mais tocantes que li do ponto de vista de uma criança.
    Já esse A Troca eu não conhecia, mas fiquei mega interessada na história, parece ser um filme maravilhoso!! quero muito assistir!

    Bjao
    Início de Conversa

    ResponderExcluir
  9. Oi Carolzinha,
    Ainda não assisti 'A Troca', mas sou fã de 'O Quarto de Jack', é uma história que toca muito meu coração e me traz reflexões bem impactantes.
    Sem contar nas atuações que são maravilhosas!
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Carol!
    Eu não assisti nenhum dos filmes, mas todos falam muito bem da Angelina em A Troca
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Olá, Carol! Ótimas escolhas para o projeto neste mês de maio, são filmes maravilhosos e com personagens inspiradores. Adorei a sua análise sobre eles, parabéns pela postagem <3

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  12. EAI, Carol, eu nunca assistir esses filmes, entretanto vou procurar agorinha o trailer e separar para assistir.

    http://upbaudehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amore, desculpa não ter colocado os trailers, atualizei o post ;) bjs

      Excluir
  13. Oi, xará!

    O quarto de Jack eu assisti e gostei bastante, até que foi um filme que me marcou bem, pode não transmitir muita tensão mas você fica na curiosidade de saber o que vai acontecer ou se eles vão conseguir escapar. A Troca eu ainda não vi, mas agora fiquei bem interessada em assistir!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. QUE AMORZINHO
    Adorei seu uma amiga indicou, Carol, mas confesso que não vi nenhum dos filmes
    Não sabia que o quarto de jack era com a Brie!!!!
    E esse A Troca acho que me interessei e quero assistir já! hahahahahahhhahahaha Pode?
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm até pouco tempo atrás não sabia que Brie Larson estava nesse filme, rs
      Assiste o A Troca sim, mas vá preparada, sério! hahah

      Excluir
  15. Oi Carol, eu não vi nenhum dos filmes que tu indicou, mas sou doida para assistir 'A troca'. Eu queria ler o livro de 'O quarto de Jack', ainda mais sabendo que o filme tem tantos furos assim...
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a gente nem sabe se esses furos vêm do próprio livro né? rs

      Excluir
  16. Oi Carol
    Eu tenho muita vontade de assistir O quarto de Jack. Quero ler o livro primeiro, mas estou enrolando que sei que a carga dele vai ser grande. Me interessei bastante por A troca. Parece tenso.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  17. Oi, Carol

    Não assisti a nenhum dos dois e o da Jolie eu nem sabia que existia. Vou procurar pra ver, pois fiquei bem curiosa.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem ele na netflix, veja sim! Realmente ele tem um enredo curioso!

      Excluir
  18. Oi Carol!
    Adorei o post! Duas indicações de filmes ótimos, que demonstram todo o amor de uma mãe e os limites que conseguem ultrapassar pelos filhos! Amei!
    Um abraço!
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  19. Oi Carol.
    Eu tambem não sou das maiores fãs de O Quarto de Jack, mas gostei medianamente. O segundo filme me chamou bastante atenção, pois sempre fico tocada com histórias sobre mães e filhos independente do que elas abordem em temas principais.
    Adorei o post.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D