4 de novembro de 2018

Crônica // Está tudo bem


Olá colecionadores, tudo bem?

Hoje, a Esther aspirante a escritora, volta com mais uma crônica! Não é segredo para ninguém que a depressão é o mal do século, que muitas vidas têm sido prejudicadas por essa doença. Mas, às vezes, nos sentimos cansadas, com a necessidade de desacelerar, dar um tempo da nossa rotina e isso pode não ser tão ruim assim.
♥♥♥

HOJE, eu acordei desanimada. Me levantei, obrigada. Sentindo um peso nas costas. Sem coragem de enfrentar o mundo e as pessoas. Acordei querendo ficar em casa. Na minha. Sem vontade de colocar um sorriso no rosto e ter que responder perguntas. Ou de estar com um semblante triste e ter que ouvir palavras de consolo.

Hoje, eu tive sorte. Acordei mais uma vez. Devo estar agradecida e estou. Tenho mais uma oportunidade de correr atrás dos meus sonhos. Mais uma chance das coisas darem certo, da vida entrar nos eixos. Mas... hoje, eu não quero fazer nada disso.

Tudo o que eu quero é permanecer no meu quarto. Embaixo do edredom, mesmo que esteja um lindo dia lá fora. Escutando a minha música favorita, mesmo que eu já a tenha repetido dezenas de milhares de vezes. Assistindo aquele filme que me emociona, que me faz chorar. Sabe, hoje, eu só quero a minha companhia. Nada mais.

E quer saber? Não é a primeira vez que isso acontece, tem dias que acordo justamente da mesma forma. E quer saber de mais uma coisa? Está tudo bem. Isso é normal, ter um tempo para si mesmo é essencial. São dias em que não tenho vontade de fazer nada e isso não significa que quero desistir da vida. Significa que preciso de tempo para refletir, tempo para mim. Sabe porque estou dizendo isso? Porque sei que você já passou, passa e ainda vai passar por isso. E está tudo bem, não se preocupe. 

Às vezes, precisamos ficar sozinhos para nos encontrarmos. Para lembrarmos de quem somos e quem queremos ser. Para renovarmos as nossas forças. Para descansarmos a nossa mente e para acalmarmos o nosso coração. E quer saber? Está tudo bem porque amanhã virá um novo dia e a vida? Ela continua.

Beijos!


11 comentários:

  1. Olá, Carol e Esther.
    Esse é um dos sintomas da depressão, mas acredito que todo mundo tem seu momento de querer ficar sozinho sem dar satisfação para ninguém. E tem também a personalidade das pessoas. Eu mesmo nunca fui de gostar de sair muito, sempre preferi ficar em casa hehe. O que tem que ver é o comportamento da pessoa se mudar de repente ai tem que prestar atenção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol e Esther,
    Eu gostei muito de como você traz uma pequena esperança ao final do texto. E ter a certeza de que a vida pode continuar e mudar, é o mais importante.
    Parabéns!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Hey Carol! Tudo bom?
    Adorei essa crônica da Esther. Retrata de uma forma verdadeira o que tenho passa\do nos últimos tempos.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  4. Adorei a cronica! Passo por isso bastante e aprendi a valorizar quando me sinto bem e ver coisas boas nas pequenas ações do dia!

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Oi, Esther!

    Que tocante a sua crônica. Depressão é assunto sério, mas creio que todos nós de vez em quando somos preenchidos por um certo desânimo, e ficar sozinho, respirar fundo e reunir força é sempre de extrema importância pra seguir em frente.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Esther, tudo bem?
    Parabéns pela crônica!
    Tem dias que é mesmo mais difícil sair da cama, mas acho que faz parte da vida. Nem tudo são altos, os baixos fazem parte.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Oi Ester!
    O gênero crônica sempre trás questionamentos interessantes sobre o nosso cotidiano. Nunca li uma crônica tão intensa.

    Beijos!

    Lídia Maria
    https://www.depoisdaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Esther
    Acho que todo mundo tem sua fase de querer ficar quietinha, em silêncio, sozinha. Eu mesma vivo essa fase mais vezes do que gostaria. Mas acho que é necessário pra alma também descansar um pouco da vida.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Esther

    Super normal a gente querer ficar na nossa às vezes, no silêncio, ouvindo música. Mas temos também que prestar atenção quando isso está ficando recorrente.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Esther!
    Adorei seu texto!
    Eu sou uma pessoa que necessito ficar sozinha algumas vezes, que é para me livrar um pouco das energias negativas...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Que lindo o texto, Esther!

    Amei!
    Realmente, tem dias que a gente ´so respira e espera o próximo dia vir :/ mas tá tudo bem, a gente vai conseguir passar! :)

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D