26 de setembro de 2018

Uma amiga indicou // Não Pare! - FML Pepper

Sinopse:
Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina! Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos Estariam eles interligados? Seria a Morte sua companheira para toda a vida? É chegada a hora da verdade.
Olá colecionadores! Chegamos ao final do mês e é hora de conferir qual foi o tema do Uma amiga indicou. Optamos pela Literatura Nacional, por conta do 07 de Setembro. Quem me indicou a leitura foi a Carol xará (Caverna Literária). Nas palavras dela: "[...] eu escolho Não Pare da FML porque eu me apaixonei pela história quando li e porque a autora é mega talentosa e um amor de pessoa! Acho que você vai curtir bastante o livro também 💕" Então, vamos a minha resenha!
"Dentro de mim algo sinalizava que havia chegado o momento. Os acidentes anteriores me alertaram, mas não conseguiram me preparar para este terrível momento: minha morte."
Terminei o livro numa confusão de pensamentos e nem sei por onde começar a escrever...

Acho que se tivesse lido Não Pare! há muuuitos anos atrás, tipo na época de Crepúsculo, teria aproveitado mais. É uma leitura toda nessa vibe teen, com personagens masculinos gatos e misteriosos, romance, toque sobrenatural/fantástico, e uma ideia bem atraente: e se você se apaixonasse pela Morte?
Além do mais, adoro a capa desse livro 😍, não tem triângulo amoroso 🎉, e a autora é super acessível e simpática 🤗!

Os mistérios (revelados bem aos poucos), e os elementos fantásticos que envolvem a história (dá pra notar que foram baseados na Bíblia, gostei disso), são talvez um pouco confusos à primeira vista, mas intrigantes. Tanto que as páginas voaram, a narrativa da FML Pepper é bem ágil e me deixou curiosa para chegar na última página. Apesar disso, o estilo de escrita dela é bem normal, não fez meus olhinhos brilharem.

Infelizmente, outras coisas me incomodaram durante a leitura e se acumularam numa bola de neve nada animadora...

Meu principal problema foram os personagens. Não consegui me importar ou simpatizar de verdade com nenhum deles. E acho que foi tudo culpa da protagonista Nina, por conta da narração em primeira pessoa!
“Como a morte poderia ser tão bela? O certo seria que ela fosse horripilante, como nos filmes de terror.”
Nina foi tão irritante! De onde ela tirava tamanha lerdeza, burrice e chororô? SEM OR, fiquei estarrecida! E isso durante todo o livro, ela não conseguia enxergar o que estava claramente escrito em letras garrafais néon na sua frente!
E quando ela ficava se lamentando pelos cantos ao invés de agir?! Eu só queria entrar no livro e empurrá-la: " Vambora minha filha, quero terminar esse livro!" KKK
Sem falar nas suas paixonites instantâneas e o modo constante de falar sobre os personagens masculinos: só se ligava na aparência! Aliás, Pepper deve ter um problema com isso, porque juro, mais de 3 vezes ela mencionou que determinados personagens tinham espinhas/acne no rosto, sério! HAHAHAH (achei exagerado, se bem que olhando por outro lado, quase ninguém descreve esse tipo de característica!).
Nina declarou seu amor eterno por um cara sobre o qual ela terminou o livro sabendo apenas 3 coisas: que ele era a Morte, tinha magníficos olhos azuis, e era lindíssimo. Consequentemente, o leitor também só conheceu isso do tal personagem. Uma pena! Tem como se convencer de qualquer romance que saia disso? 😕
Ah! E Nina ainda tem um relacionamento medíocre com a mãe! Geralmente nos YA's os pais somem, né? Aqui, a mãe da Nina é bem presente, só é ignorada e injustiçada pela filha mesmo! E olha que ela nem demonstra se arrepender disso quando tem a chance...
"— Um sentimento maior pouco se importa com a aparência e pode aflorar das situações mais improváveis. Ele não tem necessidade de explicações. Simplesmente é, e ponto final."
O livro chega a tal ponto, que as atitudes dos personagens foram se tornando repetitivas e previsíveis 😪. Outro "incômodo" foram as frases que indicavam o futuro, do tipo "Eu mal sabia o que iria acontecer logo em seguida...", no final de praticamente cada capítulo do livro. Acho que isso empobreceu o texto da Pepper, sabem?

Estética do livro: Não Pare -FML Pepper

Enfim, não sei se já posso ter uma opinião formada e justa sobre a história só por esse primeiro volume da trilogia, mas tentei explicar a vocês minha experiência!

Avaliação: 3,0

Uma Amiga Indicou: Realizar uma leitura nacional/independente
Blogueiras participantes ♥: Alessandra (Estante da Ale), Carol Rodrigues (Caverna Literária), Pâmela (Interrupted Dreamer) e Priscilla (Infinitas Vidas).

Não Pare! Gostou? Se você comprar neste link ajuda o nosso blog!

18 comentários:

  1. Amei uma ótima dica, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol

    Quando a gente não simpatiza com a protagonista fica difícil mesmo. Tenho lido muito livros onde não consigo sentir empatia, as personagens femininas têm me decepcionado bastante.
    Na época do lançamento eu até quis ler, hoje em dia não sinto mais vontade.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol! Acho muito bacana esse quadro do blog. Então, eu já vi várias postagens da editora sobre esse livro, mas nunca surgiu muito interesse em ler, apesar de alguns pontos que salientou serem interessantes, acredito que eu aproveitaria mais se tivesse lido há alguns anos atrás também.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Carol.
    É como você disse, essa história teria feito mais sucesso em outra época. E por acaso foi a que li e até gostei do livro. Mas hoje eu não leria ele. Tanto que não vou ler um outro livro que saiu recentemente.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Ai, chato demais quando a gente não se identifica (e até se irrita) com um/uma protagonista, né? Acaba com a experiência de leitura pra mim... Não curti muito a premissa, ainda mais depois que você mencionou que é bem teen e com elementos sobrenaturais. Não rola pra mim. :/

    Um beijo!
    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol, tudo bem?
    Concordo muito com a sua resenha. Esse livro eu achei tão mediano que nem segui lendo a série. =/
    Nina realmente irrita, e as briguinhas com Rick enjoam, de tão constantes e repetitivas. Não tenho paciência HAHAHA!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Amei sua resenha, sincera e informática. Acho que quando a gente não se identifica com o protagonista nem adianta fazer a leitura, parece que o livro perde totalmente a graça!

    www.kailagarcia.com
    www.nossomosmoda.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, como vai?
    Eu li na época que a Pepper lançou e achei a escrita dela já que não sou muito de ler fantasia bem ágil, tanto que li os três livros bem rápidos. Não sei se vou reler algum dia. Mas gostei muito da trilogia como um todo na época que li. Gostei muito da sua resenha.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Carol,
    Ah, eu peguei o e-book outro dia, que ela deixou gratuito na Amazon, mas ainda não li. Eu não curto muito esse tipo de construção de romance adolescente. Mas, tenho vontade de ler. Uma pena é que já sei que não vou apreciar muito. E nossa senhora, essa questão do boy me irrita por demais nos livros. Eu fico aqui gritando, sério, MINHAFILHA LARGA ESSE MACHO, CONHECE MAIS KKKKK

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol!
    Eu concordo muito sobre algumas posições. Eu achei a mitologia abordada pela autora muito diferente e de fato, no começo, é muito envolvente e atiça o leitor pra tentar descobrir o que ela é. Mas quando o romance começou a rolar eu não consegui mais suportar o livro. Eu terminei mas tava extremamente decepcionado, tanto que só li esse. Não a trilogia para mim.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Carol! Tudo bom?
    Sem o Richard, essa história seria outra coisa. Meu deus do céu que embuste literário de marca maior!
    Na época que li, dei uma relevada, mas hoje em dia acho que ia ser nota 1 e textão na resenha UHUHASUHASUHASUHASUHASUH uma pena, porque o universo da autora tem bastante potencial, mas se perdeu totalmente por causa do "romance" :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Carol
    Eu ainda quero conhecer a escrita dessa autora, muita gente gosta das tramas delas mas ainda não pude ler um livro dela. Eu não sou fã de fantasia mas é sempre bom sair da zona de conforto.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, xará!

    Poxa vida, que pena que você não curtiu tanto a leitura :( mas acho que é justamente esse o caso. Eu li quando ainda nem existia a versão física, ou seja, era mais nova e com uma mente mais aberta e chegada nesses livros teens misteriosos. Talvez atualmente alguns detalhes como as atitudes da própria personagem também me irritariam, tanto que o novo livro da autora me deu ligeiramente nos nervos, então a fase na qual lemos influencia muito mesmo. Bom, pelo menos agora você pode dizer que tentou ler algo da FML hahaha valeu a experiência.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Carol,
    Eu li essa série há alguns anos e não gostei, rs. Desculpe não falar antes, mas não queria te desanimar HAHAHAHA
    Achei tudo confuso, muitos personagens, muitos nomes... Não fluiu para mim. E sim, Nina é irritante, rs.
    Uma pena, mas tivemos opiniões bem parecidas.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Nossa, é tenso quando a leitura se arrasta assim... Eu nunca li, e já sei que nunca lerei esse livro, ainda mais com os problemas de uma adolescente rebelde que se apaixona pela Morte... Parece até contos de fadas, que você esbarra com um cara fantasiado num cavalo branco no meio do nada e é seu amor verdadeiro... pls!
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  16. Oi
    pena que no saldo total, ela teve mais pontos negativos. Eu li esse e gostei, mas não dei sequencia nos outros livros, mas eu adoro o livro Treze dela.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D