4 de setembro de 2018

Resenha // Triângulo de 4 lados - Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros


Triângulo de 4 Lados
Livro: Triângulo de 4 lados
Autoras: Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros
Editora: D'Plácido
Gênero: Romance/Drama juvenil
Páginas: 320
Ano: 2015
Literatura: Nacional
Volume: 1 de 3
Avaliação: 3,5
Onde comprar: Amazon

Sinopse:
"Unhas mal pintadas de preto e camisas de bandas. Ela ama O Diário de Bridget Jones, chocolate, e a banda Misfits. Odeia trovões, lágrimas, e ser chamada de criança. Sara Alcântara tem 17 anos e, como qualquer garota de sua idade, tem um relacionamento de amor e ódio com a mãe, com seus estudos, e com a própria vida. Ama suas amigas, que são seu suporte, e sua base. Tira boas notas na escola, por obrigação, mas deseja ser artista, porque pintar é sua verdadeira vocação. Até aquela paixão adolescente, platônica, ela possui. Ele tem nome, sobrenome, e grau de parentesco. Rodrigo Guano é seu primo, e sonho de consumo de toda a população feminina da pequena cidade de Santa Fé, onde moram. Tudo muda quando ele a beija pela primeira vez. Então o mundo pode acabar, regimes podem cair, terremotos podem engolir a terra em rachaduras intermináveis, e Sara ainda estaria feliz. Ou assim ela pensa ser, até que viaja para Paris, para passar as férias. Quando volta, tudo está diferente, inclusive ela. Sara se vê inserida num triângulo amoroso... Ou seria um quadrado?"

Eu achava que era uma das últimas pessoas na face da terra que ainda tinha uma certa paciência com triângulos amorosos. Este livro, com um “quadrado amoroso” digamos, bem dinâmico, foi um belo de um teste!

Triângulo de 4 lados é um romance/drama juvenil escrito pelas autoras nacionais Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros, publicado pela D’Plácido Editora. Pesquisei e descobri que a história surgiu de uma fanfic que envolvia a banda Avenged Sevenfold.

Para situar vocês, a história se passa em Santa Fé, Minas Gerais. A protagonista é a Sara, e outros personagens importantes são: Rodrigo (primo da Sara), Brent (primo da Sara, meio irmão do Rodrigo), Matheus (o novo vocalista da banda de Rodrigo), João (irmão da Sara) e Lúcia (melhor amiga da Sara). O quadrado amoroso se desenrola da seguinte maneira: Sara é completamente apaixonada por Rodrigo. Rodrigo é um pegador que aparentemente só a vê como “priminha”. Brent é apaixonado por Sara. Sara detesta Brent. Matheus cai de paraquedas na história e também é “flechado” por Sara, que o vê como um bom amigo.

Sempre achei as capas dessa trilogia lindas e por isso fiz questão de solicitar quando o blog tornou-se parceiro da editora. Não tinha expectativas e nem tantas informações assim sobre a história, mas imaginava que o tema principal seria o triângulo amoroso.
"– Que idiotice, Sara. Não existe triângulo de quatro lados."
E foi mesmo. Mas qual é, 2 primos + 1 amigo deles interessados em você? Sei, só livro mesmo, rs. Mas ok, não é o maior dos problemas aqui.

Quero falar sobre os pontos positivos da obra primeiro.
Possui elementos e referências juvenis muito atrativos para esse público. O obra é bem escrita, em algumas passagens não só isso ficou claro para mim, mas também o potencial que as autoras têm para escrever outros bons livros no futuro. O organização do livro é super legal. Os capítulos uma hora trazem o ponto de vista de Sara, outra hora do Rodrigo, de Brent e de Matheus também, o que enriquece bastante a narrativa e nosso conhecimento dos personagens. Além disso, tem uma coisa que nunca vi em outros livros:


Nesses triângulos dentro dos capítulos de Sara ela meio que quebrava a narração e líamos o que realmente pensava ou estava sentindo (não sei se expliquei muito bem isso), em tons de ironia ou de reflexão, e curti essa ideia.
"Lágrimas são apenas água. E meus suspiros são apenas ar."
A diagramação inteira do livro é de aplaudir de pé, muito trabalhada, original e agradável. Encontrei pouquíssimos erros de revisão.

Amei demais o personagem do Brent desde a primeira aparição, ele consegue fugir do convencional tipo de rapazes que vemos em outros livros, e arrisco dizer que pra mim foi o personagem mais interessante e bem construído dessa história, ainda que com um número menor de capítulos narrados por ele em relação a outros personagens. Adorei também João e Lúcia
"[...] ele desarmava qualquer pessoa, quando queria. Brent era uma arma com silenciador. Machucava, sem produzir sequer ruído."
Bem, alguns pontos negativos da história... 
Rodrigo é um personagem que conseguiu ganhar o meu desprezo. Tem um capítulo narrado por ele muito bonito e triste — que acrescenta uma camada a ele e inclusive poderia justificar um pouco as atitudes que toma durante o livro — e eu achei que as autoras iriam explorar isso mais, e não foi o caso (talvez no 2º livro? Não sei...). Sara pra mim foi uma personagem problemática, não tive muita empatia com ela, achei imatura, volúvel e dramática em muitos momentos, e quando achei que ela finalmente amadurecia, foi lá e se prestou a um papel ridículo que anulou todo progresso até então. Difícil.
"[...] a dor ainda consumia o lugar em minha mente destinado ao amor. E eu não podia doar a ninguém um segundo de carinho, senão a mim mesmo."
"[...] jurei para mim mesma que ia amar mais a mim...Que a ele."
Um ponto para chamar a atenção das autoras é em relação aos esteriótipos clichês dos personagens: personagens lindos, maravilhosos, loiros, olhos claros, ricos e blá blá blá. Um pouco claustrofóbico, né?


Contudo, o fim da picada pra mim foi o final. Em alguns acontecimentos apressado, forçado. Um personagem tido como comedido, centrado e inteligente não ia fazer a BURRADA que fizeram ele fazer. E a Sara com aqueles pensamentos no final?! Me deu tanta RAIVAAA! Se era só um alarde fake para "Trevo de 4 folhas" (o 2º livro), péssima escolha. Segundo livro aliás, que não estou afim no momento. Quem sabe um dia... Ainda mais porque há um terceiro livro do qual não se tem notícias sobre publicação.

Imagem relacionada

Li YA’s que me agradaram tanto recentemente (“Um amor, um café & Nova York”, “Flor de cerejeira”, “Para todos os garotos que já amei”, "Tudo e todas as coisas"), queria que tivesse sido o caso aqui também. Adelina e Fernanda, vocês são boas, criem outras histórias (com um casal de 2, por favor!) e vão arrasar! Minha avaliação fica em 3,5 (com esse 0,5 a mais só por causa do Brent ). No Skoob vi várias avaliações com nota máxima, então não fiquem tão desanimados com a minha opinião, pode ser que vocês curtam muito a história.
"Eu me encabulo com a facilidade com a qual você diz que ama. Eu tenho que me preparar psicologicamente por dias para tentar dizer algo parecido, e ainda não consigo dizer corretamente."

33 comentários:

  1. Oiii Carolzinha

    Final apressado e forçado ninguém merece, acho que o livro pdoe ser maravilhoso, mas se vacilar assim no final já merece um ponto gigante bem negativo.
    Essa dos personagens serem todos lindos, altos e charmosos já é costume, quase todos os livros são assim, principalmente quando é para descrever personagens masculinos.
    Achei o livro legalzinho apesar dos pontos negativos, mas mesmo assim não leria por enquanto, justamente por conta desse final que vc não gostou.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Hi, Carol. Tudo numa nice?!
    Aí, eu sempre tive vontade de ler esse livro apenas por causa da capa. Nunca tinha lido uma resenha e nem sinopse, então não fazia ideia do que seria. Eu não gosto de triângulos amorosos, mas quando são bem estruturados eu nem me importo. Mas quatro caras atrás de uma personagem? Meio exagerado ahahaha. Também não curto finais apressados. Eu adoro boas diagramações e achei essa linda. Mas não vou me forçar a ler uma obra que tem algumas coisas que não curto em uma estória.
    Ótima resenha.
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alana!
      São 3 caras interessados nela, mas msm assim são muitos, haha
      Pois é, qnd um triângulo é realmente interessante e bem bolado é bem mais legal!

      Excluir
  3. Oi, Carol!!
    Já tinha visto esse livro por aí, mas ainda não tinha parado pra ler nada dele. Que resenha maravilhosa você fez, muito clara e gostei de vc ter exposto os pontos negativos.
    A capa é linda, não sei se é o tipo de leitura que eu faria agora, mas a proposta é boa ;)

    Muitos beijos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol, como vai?
    Não conhecia a Trilogia e nem as autoras. Tenho certeza que ainda não li nada delas. Uma pena que o livro não te agradou de todo! As capas são realmente bonitas e a premissa da história parece interessante, mesmo eu não curtindo triângulos amorosos, ainda mais quatro caras atrás da mesma menina... Gostei muito da sua sinceridade na resenha.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      Sim, queria ter gostado bem mais.
      Ah, são 3 caras q gostam dela, rs
      Obg pelo comentário!

      Excluir
  5. Oi, Carol!
    Eu amo o título dessa trilogia e queria ler muito, porém o sentimento foi embora com os pontos negativos que você levantou. Com certeza iriam me estressar horrores.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a um exemplar autografado de O que eu tô fazendo da minha vida
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lu, minha experiência não foi tão positiva. Mas pensa direitinho se vale a pena vc conferir!

      Excluir
  6. Gostei da sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️ ..

    Meu Blog tudosobreobadoo.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que resenha incrível! Uma das colaboradoras do blog leu e amou. eu achei o trabalho gráfico dele perfeito, adoro livros com tantos detalhes!

    Com carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha Carol. Entretanto, o triângulo amoroso e a falta de desenvolvimento em alguns aspectos do livro me desanimaram bastante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente não é o tipo de leitura que eu curto atualmente, na minha adolescência li muitas obras nesse estilo e acho que acabei enjoando um pouco!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, xará!

    Acho a capa desse livro extremamente linda, mas fiquei mega assustada quando você falou sobre quarteto amoroso. Longe de mim essas misturebas! Mal aturo triângulos. Mas foi originado de uma fanfic, e ainda por cima do Avenged (<33) então vamos dar uma chance. Adorei a sua sinceridade, eu provavelmente também não curtiria esse romance embolado, nem me convenceria de tanta gente apaixonada por uma menina só, mas as críticas vão ajudar e muito as autoras. Já que a escrita delas é ótima, não será nada difícil escrever um novo livro que agradará os leitores.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol, tudo bem?
    É triste quando a gente vê tantas avaliações positivas, vai lá e se decepciona, né? :(
    Eu já não sou muito fã de triângulos amorosos, imagina com 4 envolvidos hahaha! Pior ainda se os personagens não cativam. Esse título vou passar. Mas a foto ficou linda. <3
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Priih, me sinto incompreendida HAHAHAH
      Te entendo! Obrigada 😍

      Excluir
  12. Ai Carol !
    Esses livros deixam a gente LOCA
    amei as fotos que voce fez, alias, viu ?
    Eu amei a capa, pena que esse negocio de trianguloa quadruplo não tenha dado muito certo - um pouco irreal tambem pelos primos, sera?
    Bem, vai que é uma experiencia bacana?
    Mas gostei da sua resenha Ca!
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pâm 😍
      Sim, nem entrei nesse aspecto na resenha pra n botar + lenha na fogueira, rs. Mas o Rodrigo é realmente primo da Sara, o Brent é um "primo postiço".

      Excluir
  13. Oi, Carol
    Eu amei demais essa capa pena que o livro não é tudo isso. Eu mais do que todo mundo odeio triãngulos amorosos, mas eu até vi alguns com mais, tipo cinco pessoas e até curti porque a autora conseguiu desenvolver bem os personagens, o que não foi o caso dessa história. Infelizmente eu não leria principalmente por causa da personagem principal.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Carol!
    Eu acho essas capas lindas e a edição, mas romance com triângulo não dá. Eu passo logo. Esse clichê foi bom lá no tempo do Crepúsculo. Hoje em dia não da mais.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Carol,
    antes de tudo: eu adoro triângulo amoroso, quarteto, o que for... adooooro o drama, desde que bem dividido, sabe? Quando as pessoas tão divididas mesmo, não aquela coisa de "obviamente um é o preferido e o outro ta ali só pra criar intriga e passar as páginas"...
    Eu AMEI a capa desse livro e a diagramação, super não conhecia mas to aplaudindo de pé o trabalho. Quanto ao resto, nem li mas posso dizer que concordo em tuuudo contigo. Essas coisas me irritariam muito ao longo da leitura. Até me lembrou um pouco de Boston Boys, que foi uma tragédia pra mim, hahahaha

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Duda, pra mim tds os envolvidos devem ter chances iguais! Triângulos precisam ser imprevisíveis!
      Verdade, a edição é linda msm!
      ps: passarei longe de Boston boys então XD

      Excluir
  16. Olá, Carol.
    Eu li esse livro tem muito tempo, logo que comecei o blog e as autoras tinham acabado de escrever ele e acho que nem pensavam em publicar ainda hehe. Na época lembro que gostei do livro, mas hoje nem posso falar nada sobre esses pontos negativos que você abordou porque é uma história esquecível e já esqueci hehe. Eu bem que queria uns caras brigando por mim. Tá dificil um, imagine quatro hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAH!
      São 3 caras em cima dela, mas bem que estou precisando tbm 😅

      Excluir
  17. Oi, Carol!
    Achei uma confusão essa temática! hahaha Tantas pessoas perfeitas apaixonadas por outra, chega a ser estranho até em livros, né? haha Eu não leria o livro, mas sua resenha ficou boa!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  18. Oi Carol! Gostei muito da sua resenha super sincera! Achei bem legal que apesar de tudo vc conseguiu extrair pontos positivos da obra. Não leria no momento, mas espero que as autoras continuem escrevendo.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  19. Oi
    eu já li esse livro e o Brent é um bom personagem, mas o problema mesmo é a protagonista, achei ela muito imatura e mimada, não sinto vontade de ler a continuação da história

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D