6 de setembro de 2018

Crônica // Por você, por elas e por mim


Olá Colecionadores, tudo bem?

Esta semana, vamos sair um pouco das resenhas, pode ser? Estava me sentindo inspirada esses dias e fluíram alguns textos. Como os meus textos são inspirados no dia a dia, os chamaremos de crônicas e o de hoje é sobre as mulheres. Ultimamente, temos visto muitos relatos tristes de violência (de todos os tipos) contra as mulheres, que nos fazem duvidar da sociedade, mas já que estamos aqui, continuaremos lutando para que esse quadro mude.

♥ ♥ ♥

      HOJE, eu vi uma notícia de uma mulher que foi assassinada pelo marido. Logo após, vi outra notícia semelhante. Mais outra. E Mais outra. Por um momento, acreditei que se tratava apenas de uma vida. Mas não. Não era uma. Nem duas. Nem três. Eram de muitas. Pois coisas assim continuarão a se repetir.

    E a cada dia que passa, não consigo ter esperança. O que aconteceu com a humanidade? Colocaram a mulher numa posição inferior. Como alguém que não merece respeito. Alguém que não merece amor, que não merece liberdade. Alguém sem vontades, sem direitos, sem voz. E me pergunto, quantas mais terão que ir até que isso mude?

      Hoje, eu choro por você que foi agredida de formas inimagináveis. Choro por você que perdeu a vida. Ah, que perdeu pelas mãos de quem mais confiava e amava. Choro mais ainda por você que ainda vai perder.  Não se sinta culpada por ter acreditado e dado o seu melhor. Nunca se questione por não ter sido e feito o suficiente, o problema nunca foi você. 

     Como eu gostaria que tivesse sido diferente! Como eu queria que você tivesse se libertado e seguido com a sua vida. Como eu queria que você tivesse conhecido um homem melhor. Como eu queria que você não tivesse passado por aquela rua ou que tivesse aquele vizinho. Eu sei, a vida não é justa. No entanto, há uma diferença entre você e aquelas que já partiram. Você ainda pode lutar pela sua vida. 

      Por isso eu torço para que você não se cale e que, principalmente, as pessoas te ouçam. Torço para que a nossa voz não se cale. E por isso escrevo essas palavras para que você saiba que estamos juntas. Estamos lutando. Continuaremos lutando. Esperando pelo tempo que não mais temeremos por você, por elas e por mim.

Beijos!


22 comentários:

  1. Oii, Ster!
    Que texto lindoooo...

    Que nossa voz nunca se cale mesmo!Lutamos todos os dias para sermos ouvidas e merecemos usufruir de nossa espaço na sociedade fazendo nossas escolhas sem sermos obrigadas a acatar uma ordem que logo (em sua maioria) vem seguida de agressões.... :(

    Um abraço,
    Keth
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá kethlyn, tudo bem?

      Obrigada! Sim, merecemos com toda certeza.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Esther,
    Um texto forte e necessário. Feminismo é algo imprescindível nos dias de hoje e quanto mais falarmos sobre isso, mais ele se espalhará para aquelas que precisam.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ale, tudo bem?

      Que bom que gostou! Sim, ainda há muitas pessoas que desconhecem ou que entendem o feminismo da forma errada e isso precisa mudar.

      Beijos!

      Excluir
  3. Gostei da sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️..

    Meu Blog: Vanessa

    ResponderExcluir
  4. São os absurdos desse mundo.
    Triste e de deixar a gente embasbacado, com as mãos atadas.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Naty!

      Infelizmente, mas temos que lutar para que a realidade seja outra.

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Esther,

    É uma triste situação que vem ficando pior cada vez mais. Espero que muitas mulheres possam se inspirar com seu texto e fazer algo para mudar a situação que elas se encontram.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jéssica!

      Sim, infelizmente, mas não podemos desistir e nem perder as esperanças.

      Beijos!

      Excluir
  6. Olá
    super verdadeiro!
    É uma triste situação que parece que não tem fim.
    Espero que seu texto alcance o maior número não só de mulheres mas de homens. Mães de meninos têm que educar os filhos desde pequenos a não bater, a não tratar com falta de respeito as meninas.
    bjo
    Karina Pinheiro

    ResponderExcluir
  7. Oi, Esther

    Belo texto, muito necessário! É assustador acompanhar o número de vítimas dessa sociedade machista. E estamos prestes a ter um presidente que nos considera seres inferiores... que Deus nos proteja!


    Beijos 
    - Tami 
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Esther! Eu achei seu post muito legal e bem necessário nesse momento... Essa barbaridade está sendo tão repetitiva, que já nem ligamos mais, é como se fosse algo "normal" em nosso cotidiano.. e não deveria ser! Que nossa voz não se cale, e ganhe cada vez mais força!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  9. Gostei da crônica Esther. Os casos de feminicídio tem aumentado mais a cada dia, de forma assustadora. Peço pra que Deus proteja a todas nós e acolha em Sua morada as nossas irmãs que infelizmente já partiram deste mundo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Esther!
    Nossa, sua crônica é muito verdadeira sobre a situação na mulher na sociedade hoje em dia, mas não podemos desistir de lutar por nossos direitos porque tenho esperança que um dia melhora.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a um exemplar autografado de O que eu tô fazendo da minha vida
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
  11. Oi, td bem?
    Amei essa crônica! Foi de tirar o fôlego! É isso mesmo, temos que continuar lutando pelos nossos direitos e não desistir jamais!
    beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=KMZ4yQdoFwI&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  12. Oi Esther, tudo bem?
    Apesar da motivação triste, eu amei o seu texto. <3
    Também sinto doer em mim sempre que vejo uma notícia de violência contra a mulher. Espero que sempre tenhamos força pra ir além e pra mudar isso no futuro.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  13. Olá, Esther.
    Já teve várias vezes que desejei ter nascido homem. O que a mulher sofre nessa vida não está no papel. Mas temos que continuar lutando porque uma hora eu tenho fé que as coisas irão mudar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi, Esther
    É muito importante que nós mulheres tenhamos essa empatia pelas outras que passam por essa situação. A maioria não denuncia situações do tipo porque tem medo e pode se sentir não acolhida, mas isso tem que acabar e precisamos ajudá-la. Eu adorei teu texto e acho que representa muito o que gostaríamos de fazer.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Esther!

    Adorei o texto, nós mulheres conquistamos muitas coisas ao longo do tempo mas infelizmente de certos sofrimentos ainda não nos livramos.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Esther.

    Texto bonito, uma voz necessária. É triste de ver essa violência contra a mulher, essa brutalidade que não se justifica. Chegamos a um ponto nesse país em que a liberdade que achamos que conquistamos cada dia por direito na verdade é mentirosa. Que sejamos fortes e que lutemos pelo amor e pelo bem.

    Diego França | Vida & Letras ~
    ~ www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  17. Esther, que lindo!
    Esse mes é muito propicio: qantas mulheres já não se suicidaram ou desejam isso por estarem vivendo esse tipo de vida?
    Pesado e super necessário
    muito bonita sua crônica e acima de tudo: muito real

    Continue escrevendo, Esther <3

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D