segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Tag Literária // Balanço Literário 2016

Aeeeeeeeeee, 2017 finalmente! hahaha Animação, meu povo!
Os blogs amigos que se juntaram na promoção "Natal Literário", criaram a tag Balanço Literário 2016 para responderem em conjunto também! Clique em "Leia mais" para conferir minhas respostas *-*

- Primeiro livro que li em 2016
Um Elixir Misterioso
Eu não tenho certeza, rsrs. Mas acho que foi Um elixir misterioso - Amanda Quick.

- Melhor livro
Laços do Espírito
2016 não foi um ano em fiz grandes leituras de livros que mudaram minha vida, sabem? Mas teve sim livros que me surpreenderam. Como eu só posso escolher 1 (mas citarei + alguns no post de retrospectiva que farei nos próximos dias), me decidi por manter Laços do espírito (que já tinha elegido no meio do ano). Esse livro foi incrível e empolgante, aconteceram milhares de coisas legais nele!

- Pior livro
Tony & Susan
Tony & Susan foi uma leitura estranha, rs. Li pulando páginas e ao final, achei desnecessário XD

- Melhor personagem

Gente, sério, não consegui uma resposta decente pra essa pergunta kkk. Pensei em todos os livros que li, mas sei lá, não tive nenhum personagem que se destacou a esse ponto, vou ficar devendo!

- Pior personagem
Garota Exemplar
Nick Dunne, é você sem dúvidas, rs. Eu detestei o Nick como pessoa desde o começo do livro, não consegui ter empatia por ele em nenhum momento XD

- Crush literário

Como não sou leitora de 1 crush só (hahaha), quero citar primeiramente o Noah Shaw (A desconstrução de Mara Dyer) que foi muito bem construído e é daquele tipo que parece badboy mas está bem longe disso kk; em segundo o Phelipe Muller (Um amor, um café & Nova York 2) cantor arrasa corações de tão fofo que é; e em terceiro o Stuart Weintraub (Deixe a neve cair) muito gente boa e um amorzinho, me surpreendeu em sua simplicidade ;)

- Melhor quote

Essa passagem no final de Convergente - Verônica Roth me marcou muito, porque traz o significado de toda a trilogia e também é uma lição pra vida toda:
Existem tantas maneiras de ser corajoso neste mundo. Às vezes, coragem significa abrir mão da sua vida por algo maior do que você ou por outra pessoa. Às vezes, significa abrir mão de tudo o que você conhece, ou de todos os que você jamais amou, por algo maior.
Mas, às vezes, não.
Às vezes, significa apenas encarar a sua dor e o trabalho árduo do dia a dia e caminhar devagar em direção a uma vida melhor.
Esse é o tipo de coragem que preciso ter agora.
- Melhor capa
Desencontros e Desencantos

- Personagem pombo (aquele que nem fede, nem cheira)

A Susan, de Tony & Susan. O livro se divide entre a história dos dois, e pulei quase todas as partes narradas pela Susan. É uma personagem que não fazia diferença nenhuma, não tinha motivo pra estar ali, rsrs. Era totalmente passiva com a vida dela, e nem o final da história a salva.

- Melhor continuação de série
Um Amor, Um Café & Nova York 2
Um amor, um café & Nova York 2 - Augusto Alvarenga. Considerei essa sequência bem melhor que a primeira parte da história, a escrita do autor e os personagens evoluíram absurdamente!

- Descoberta do ano (autor ou livro)
Resultado de imagem para mary higgins clarkResultado de imagem para augusto alvarenga
Li meu primeiro livro da Mary Higgins Clark aos 45 do segundo tempo de 2016 XD e caaara, por que não li antes? *O* Ela é considerada a "rainha do crime americana", e realmente, o estilo é muito parecido com o da Agatha Christie. Como amo romances policiais <3 Mas também preciso citar o Augusto Alvarenga que conquistou com sua fofura e sensibilidade ao contar histórias!

- Decepção do ano (autor ou livro)
DeslembrançaResultado de imagem para veronica roth
Bem, Deslembrança - Cat Patrick continua sendo minha decepção de 2016, não entendo como falam tão bem desse livro. Mas resolvi falar um pouquinho sobre minha decepção com os rumos da série Divergente. Me lembro do quanto achei incrível a leitura de Divergente, necessária a desconstrução de Insurgente, e decepcionante a revelação do outro lado da cerca em Convergente. Eu esperava muito mais criatividade e ação da Verônica Roth nesse momento, o que não aconteceu e tornou a maior parte do último livro uma chatice.

- Melhor adaptação literária
Como Eu Era Antes de Você - Poster / Capa / Cartaz - Oficial 1
Como eu era antes de você me pareceu uma ótima adaptação do livro pro cinema, ainda que não 100% fiel.

- Melhor final de livro
Convergente
Não, minha decepção em Convergente não foi o final do livro, muito pelo contrário: foi a melhor parte dele! Foi ousado, fez jus a toda a trajetória percorrida até ali. Só queria que o restante do livro tivesse me deixado orgulhosa assim também...

- Melhor aquisição
Completei a minha coleção da série A Seleção, algo que já queria há muito tempo *-*

- Livro(s) que eu pretendia ler, mas não li. (Aquele(s) que você tinha certeza que leria, mas não rolou por algum motivo)
Não Pare!Triângulo de 4 Lados

- Último livro que li em 2016
As Vantagens de Ser Invisível
Um livro que tem seus méritos, mas simplesmente não me marcou (pronto, falei! Kk)

- Melhor editora (em relação a lançamentos do ano)
Arqueiro. Fico com inveja de vocês que são parceiros, hahaha. Mas sério, eles vêm arrasando nos últimos tempos!

18 comentários:

  1. Oi, Carol!
    Eu também elegi Como Eu Era Antes de Você como melhor adaptação.
    Mana, também morro de inveja dos parceiros da Arqueiro. Esse ano quem sabe a gente consegue?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de três anos de Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  2. Se eu fosse responder essa tag, não lembraria de quase nada hahah. Parabéns por ter conseguido! Com certeza irei marcar minhas leituras para ao final de 2017 conseguir responder essa ou alguma tag parecida. E falando em 2017: FELIZ ANO NOVO!

    xoxo
    https://foradocontextoo.blogspot.com.br/2016/12/resenha-o-heroi-perdido-rick-riordan.html

    ResponderExcluir
  3. Oii!

    Muitos livros bons, alguns eu não conheço, mas Como eu era antes de você é o melhor. Eu li A Garota Exemplar e não achei a melhor leitura, o filme eu nem quis ver. Espero ter mais leituras interessantes em 2017.

    abraço

    http://mecontanoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol, tudo bem? Até que eu gostei do Nick, acredita? E como assim As Vantagens de Ser Invisível não te marcou? O livro me marcou muito!

    Abraços
    https://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei suas escolhas. Quero comprar toda série da seleção também :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Querida, tudo bem?
    Vou nem falar sobre Convergente sabe...hahaha.
    Me sinto estranha por não gostar de Academia de vampiros...
    Amei a tag!
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii xará, amei essa tag e as suas respostas tanto que vou responder lá no blog essa semana.
    - Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL NÃO TE MARCOU? MAS O QUE? Tô brincando, viu? Mas enfim, amo esse livro. Sobre Convergente, demorei um pouco, mas consegui apreciar a beleza do seu final (depois de muitas lágrimas, claro). E eu não gostei tanto assim do filme de Como eu Era Antes de Você! Achei que não representou muito bem o livro, mas sei lá. Beijos, Ju
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carol! Tudo bem?

    Gostei das suas respostas em relação a tag. Deu pra conhecer um pouquinho do seu gosto literário. Tenho algumas colocações hahahahah Mas tudo com minhas experiências literárias. Bom, Tony e Susan foi um dos livros mais perturbadores que eu li nos últimos tempos. As sensações que eu sentia me dava repulsa e estranhamento. Apesar de ser aparentemente "chato", cheio de textos e mais textos massantes, eu consegui enxergar isso tudo, pois estou acostumada com tal escrita (a dele se parece com uma das minhas autoras favoritas: Lionel Shriver). Eu me senti muito mal mesmo lendo. Ah, e não gostei de Garota Exemplar e nem do final de Convergente kkkk Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Adorei suas respostas para a tag! Eu ainda não li Convergente, mas já sei o final, porem não posso falar nada, pois ainda não kkkk
    Beijos,
    https://teattimee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol,

    O que te decepcionou em Convergente?
    Estou louca para ter os livros da Seleção *-*
    Também to morrendo de inveja dos parceiros da Arqueiro rsrs
    Fiquei curiosa pra conhecer o Augusto.
    Beijos
    http://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lais!
      Eu fiquei desanimada com o que ela criou para o outro lado da cerca, não consegui me interessar por aquela trama... =/

      Excluir
  12. Oi, Carol!
    Eu amei "Convergente" em todos os aspectos. Desde a evolução até o desfecho propriamente dito. Na verdade, amo tudo o que a Roth se propõe a fazer. rs
    Odeio a série da Kiera Cass. É tudo muito ruim pra mim. E sim, tenho os três primeiros livros na estante, mas...
    A Arqueiro arrasa mesmo. <3
    Ótimo post!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Realmente este ano a Arqueiro se superou! haha
    E também acredito que o fim da trilogia divergente é um dos melhores, mesmo que os fãs de finais felizes discordem.. haha

    Beijos

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Carol!
    Adorei o seu balanço, com livros de gêneros diferentes, bastante eclético xD haha Desses que você citou, eu já li Deixe a Neve Cair, a série Divergente, Como Eu Era Antes de Você, As Vantagens de Ser Invisível e estou lendo agora o primeiro livro de A Seleção! Meu livro preferido de 2016 foi Corte de Névoa e Fúria, da autora Sarah J. Maas.
    xx

    A Blanket Fort

    ResponderExcluir
  15. Oi, Carol!
    Não deixe de ler Não Pare em 2017! Ele é bem legal.
    Sabe, o final de Convergente me dá sentimentos ambíguos. Não gostei do fato dela morrer, mas achei que deixou a história com um tcham a mais.
    Quando vi na sua lista Pior Personagem a capa de Garota Exemplar achei que seria a Amy e eu ficaria triste com isso, porque ela é a melhor personagem literária EVER!
    Hahahaha
    Adoro o fato de ela ser uma vaca!
    Também amei Laços de Espírito e achei linda demais a adaptação de Como Eu Era Antes de Você.
    <3

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  16. Adorei a tag!!
    Poxa, que pena que Tony & Susan é assim tão blé :( tinha curiosidade em ler, mas então acho que vou ficar só com o filme mesmo.
    Nossa, primeira pessoa que concorda comigo sobre Convergente! O final foi triste, foi, mas fez jus à trajetória. A garota não é de ferro, pelo amor de deus! Fez sentido aquilo acontecer.
    Aah, você precisa ler Não Pare! É maravilhoso ♥

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Finalmente alguém que também ama o final de Convergente <3 Eu acho que combina tanto com a estória, o quote que você selecionou mostra isso, não tinha como ser outro final. Mas a revelação atrás da cerca, de serem danificados, plot twist pombo do ano SHUASHAU
    E a adaptação mara de Me before you <3
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D