domingo, 4 de dezembro de 2016

Resenha // Zylgor II: O príncipe flamejante - Lu Evans


Livro: Zylgor II - O príncipe flamejante
Autora: Lu Evans
Publicação independente
Formato: Digital
Gênero: Fantasia/Aventura
Páginas: 414
Ano: 2016
Literatura Nacional
Volume: 2 de 4
Avaliação: 4,0
Onde comprar: Amazon

Sinopse
Cã descobre para onde Lílat foi levada. Agora sua missão é salvar a princesa. Tal como acontece na primeira parte da série, nosso heroi precisa passar por regiões inóspitas, enfrentar inimigos implacáveis e grandes perigos. Dentre os membros de grupo que segue com Cã nessa nova aventura, está Áspio, príncipe dos silfos e herdeiro do cristal fogo. Belo, sagaz, sedutor e poderoso, Áspio tem como objetivo não apenas resgatar a princesa, mas casar com ela e assim ocupar o trono maior das Terras Aquecidas.
Antes de mais nada, pra quem ainda não conhece a série Zylgor da autora nacional Lu Evans, convido a conferir a minha resenha do Livro 1 aqui, onde eu detalhei bem a história e os personagens. Aproveito para mostrar a capa nova dele pra vocês:
Resultado de imagem para zylgor
Linda, né?
Em segundo lugar, infelizmente não tenho como introduzir a história desse segundo volume sem dar alguns spoilers do primeiro XD Estou feliz por ter tido a oportunidade de ler a continuação de "A princesa das águas", que, como eu disse no fim da resenha do mesmo, terminou dando início a uma nova aventura e me deixou curiosa.
Depois de derrotarem Daimos e da infeliz captura da princesa Lilat, "O príncipe flamejante" já começa narrando em terceira pessoa o paradeiro da mesma, e descobrimos sua atual situação. Porém, os esclarecimentos sobre Lilat só vão até um certo ponto, e voltamos a Zylgor, com Cã já estabelecido como campeão da rainha. Ele, juntamente com a Rainha Hamena e Áspio (personagem que ganha destaque nessa continuação), descobrem que a princesa está nas Terras Gélidas e passam a planejar a missão e viagem de resgate. Além disso, a questão das jóias mágicas  (o cetro áureo, os 4 cristais elementais e o anel supremo) continua em voga, pois, precisam ser reunidas para deter a ameaça maior e constante do Adversário. Se ele por as mãos nas jóias, o mundo poderá ser perdido para sempre.
Áspio, o príncipe de Altanira, deixa bem claro para a Rainha que planeja se casar com a princesa Lilat assim que for encontrada. Ao terem conhecimento disso, os outros descendentes reais da região protestam, requisitando a disputa do torneio dracônico, realizado as pressas antes da missão de resgate.
– [...] Desde a primeira geração de matriarcas, nenhuma princesa
do trono maior teve o direito de escolher um marido para reinar ao seu lado. Todos os reis foram impostos através do torneio dracônico. O que sempre pareceu justiça para os tronos menores, sempre me pareceu a mais tremenda injustiça para a herdeira do trono maior.
Porém, desta vez a Rainha decide estipular uma nova regra:
– Se meu campeão for derrotado, a princesa casará com o príncipe vencedor. Se, pelo contrário, Cã vencer, a princesa estará livre para fazer a escolha. Ela poderá colocar quem bem quiser no trono, independente de o noivo pertencer ou não à realeza. Poderá decidir também reinar sozinha.
À essa altura, a Rainha havia traçado planos futuros para um compromisso de noivado entre Cã e Ives, sua bela e misteriosa dama de companhia. Mas sabemos que Cã tem uma forte ligação com a princesa Lilat, e isso o deixa determinado a derrotar Áspio e os outros competidores do torneio dracônico, para enfim ir atrás da princesa. Além dos acontecimentos do torneio dracônico, acompanhamos os perigos e aventuras da viagem do grupo de resgate até as Terras Gélidas.
Aguente firme, Lilat. Aonde quer que esteja, eu vou lhe encontrar.
Zylgor II - O príncipe flamejante já começa num ritmo muito bom (posso ouvir um amém?), coisa que está muito difícil ultimamente nas minhas leituras, sempre tenho dificuldade de interesse nas primeiras páginas. Mas fato é que senti falta de uma pequena contextualização do livro anterior nesse início, já que tem bastante tempo desde a minha leitura do primeiro volume, e é normal alguns detalhes fugirem ao leitor.

Mais uma vez eu me senti assistindo um grande filme de aventura, é uma das coisas que mais gosto na escrita da autora e no desenvolvimento da história. Como não sou muito ligada em literatura fantástica, posso dizer que Zylgor me conquistou. Essa série precisa ser publicada em formato físico gente, mais do que merece isso! Em capa dura e com muitas ilustrações, de preferência, haha ;)

Sobre os personagens, Cã cresceu e apareceu. Tudo bem que no primeiro livro ele já tinha certa maturidade para um menino de 15 anos, mas nessa continuação você nem vê sombra disso nele, estamos lidando com um adulto cheio de responsabilidades (ou que pelo menos age como um). Áspio, o príncipe flamejante que deu título ao volume, se mostra um personagem bem interessante também e traz uma dinâmica boa para a história. Metido sim, galanteador e ótimo lutador, ele chama a atenção de todos e por isso, ele e Cã acabam tratando-se naturalmente como rivais. Tanto que é engraçado quando você percebe que as situações vão levando os dois a criarem certa cumplicidade, mesmo que um pouco da rivalidade ainda esteja ali presente. A rivalidade/amizade entre eles é uma das melhores coisas durante a história. Já a Ives, é uma personagem feminina bem peculiar e determinada, um pouco insensível (característica de sua própria espécie), e com suas próprias motivações. Ela acaba envolvida entre Cã e Áspio também.
Por mais que gostasse do amigo, por mais que soubesse que era seu maior aliado, também tinha consciência de que era seu único rival, e faria de tudo para impedir que o silfo se colocasse entre ele, Cã, e sua princesa.
Não encontrei erros de revisão no livro, e a capa desse segundo volume é a minha favorita por enquanto, haha. Um ponto que eu curti bastante foi a narração das etapas do torneio dracônico, que foi feita de forma empolgante e não ficou cansativa; outro ponto positivo é que em algumas passagens a autora retratou mulheres fortes e sendo importantes em meio as suas "sociedades", com sucesso.

Após a conclusão do torneio dracônico, ainda acontece muita coisa (algumas até desnecessárias) na viagem de resgate da princesa (eles viajam de navio, então, há uma certa passagem de tempo). Só que eu não estava esperando que seria um livro inteiro só para chegarem até onde ela estava! rsrs Acho que poderia ter ao menos um epílogo nesse volume dando uma pista do paradeiro de Lilat depois do tanto de tempo que se passou. Claro que não precisava revelar tudo logo de cara né, mas... Fiquei um pouco frustada por chegar no final e continuar "no escuro". Ainda assim, estou curiosa pra saber as consequências de alguns acontecimentos ali no finzinho, e para ver a história ficar cada vez mais séria, com a ameaça do Adversário e tudo o mais. 

Acredito que "A princesa das águas" e "O príncipe flamejante" se mostraram equilibrados no quesito qualidade, então minha nota continua sendo 4,0.
Espero que tenham gostado da resenha e se interessado pelo mundo de Zylgor!

12 comentários:

  1. Oi Carol, tudo bom?

    Que resenha maravilhosa é essa?! O livro parece ser uma fantasia cheia de ações, onde a todo momento acontece algo novo e inesperado. Não conhecia a obra ou a autora, mas gostei bastante do que li. O livro não possuir erros gramaticais já é algo muito positivo, pois essas coisas são as primeiras que me frustam! Parabéns pela resenha!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito desse tipo de fantasia, mas o livro me chamou atenção!! Adorei seu blog, é muito fofo!!! Já to seguindo pra não perder nada <3

    Beijão,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  3. Mas que resenha, heein!!!!!!!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol, tudo bem?

    Eu ainda não li o primeiro livro, mas fico feliz em saber que a continuação segue um bom ritmo!! Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol,
    Que dica bacana, não conhecia o livro.
    Que capricho com as ilustrações, amei a arte.
    Gostei bastante de conhecer parte do enredo pela sua resenha.

    tenha uma ótima semana ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carol!
    Eu adorei esse livro também, achei o desenvolvimento da trama muito boa e uma continuação incrível. Concordo com você, algumas das aventuras na viagem de navio poderiam ser mais relevantes ou cortadas do livro, mas eu adorei mesmo assim. E o final só me deixou mais curioso ainda para o terceiro que deve ser divino <3
    Resenha incrível ;)
    Bjs!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol, tudo bem?
    Que bacana a proposta desse livro, não conhecia!
    É bom quando a continuação mantém a qualidade, tem autores que perdem a mão. :(
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Oie Carol =)

    Li a resenha do primeiro livro dessa série aqui no seu blog e fico feliz em saber a história continua mantendo um bom nível. Eu confesso que sempre morro de medo da maldição do segundo livro rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carol!
    Esse 2016 foi abençoado no quesito continuações: todas as que li foram ótimas!
    Eu já vi a resenha desse primeiro livro e gostei muito. Pretendo ler em breve.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária
    Promoção Natal Literário
    Participe do Sorteio de Fim de Ano

    ResponderExcluir
  10. Oieee!

    Não conhecia a séria, mas achei muito interessante! Estou dando um tempo de fantasia ultimamente e me aventurando nos romances épicos haha Mas eu não descartaria a leitura. Sucesso para Lu Evans!!! Beijos,

    Lu - www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  11. Eu também não sou muito ligada em livros fantásticos, mas fiquei curiosa com Zylgor pela sua empolgação com a resenha. A autora pecou mesmo em não sintonizar o leitor sobre o que aconteceu no volume anterior, mas é um detalhe que ele pode se ater nos próximos volumes/livros sem problemas. Sucesso pra autora!!
    Xará, as 40 resenhas são graças à vida vagal ahhahaha aproveitei que esse ano tive uma folguinha pra pôr a leitura em dia e as resenhas junto, assim quando o tempo fica corrido, eu já tenho as resenhas no estoque hahahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Carolina, expandindo por novas áreas sim?! Hahaha.
    Não conhecia o livro mas acho que não faz muito o meu estilo.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D