segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Novidades // dos parceiros #4 + ganhadoras


Oie! Vamos ver as notícias da semana, minha gente? hahaha XD


Nossa autora parceria, Thati, vai estar na Bienal do RJ autografando os livros da foto, no estande da Ler Editorial \o/


Nossa outra linda autora parceira, Thaís S. Lurco, também vai estar por lá, no estande da Editora Charme! *-*

Algumas ganhadoras do Sorteio 1 ano de ACDH ;)

A Marie ganhou esses dois livros do kit Blogs amigos. Obrigada pela foto!


A Rudy, do blog Alegria de viver e amar o que é bom, escolheu os três livros acima do kit Blogs amigos. Espero que tenha ótimas leituras, querida!

A Rianne ficou super feliz com o box de livros do Diários de Vampiro! *-* Parabéns amre!

 A Dani, do Nuclear Story, ganhou esses dois ótimos livros dos parceiros Isadora Mello e Luiz Amato ;)

A Taynnara também escolheu 3 livros do kit Blogs amigos, boas leituras! =D

E aí, o que me dizem?
Beijos!

sábado, 29 de agosto de 2015

Lançamentos // Editora Gente e Única - Agosto


Única Editora

 


Título: Madrugadas de desejo
Autor: Jayne Fresina
Selo: Única Editora
ISBN: 978-85-67028-73-6
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 288
Gênero: Ficção/ Romance/ Romance erótico
Tradução: Alice Klesck
Lançamento: Agosto de 2015
Preço de capa: R$ 34,90






Sinopse
Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem.
A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância.
Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação.
Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos.
Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.

Editora Gente



Título: A nova lógica do sucesso
Subtítulo: Acelere sua vida profissional
e nunca pare de crescer
Autor: Roberto Shinyashiki
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0050-5
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 192
Gênero: Carreira
Lançamento: Agosto de 2015
Preço de capa: R$ 39,90





Sinopse
Você já se sentiu injustiçado na sua vida profissional?
Que atire a primeira pedra quem nunca sofreu de invisibilidade profissional. Não sabe o que é? Pois bem, imagine a sensação de trabalhar, dar o sangue em todas as horas do dia e não chegar a lugar nenhum. E pior: perceber à sua volta colegas menos competentes sendo promovidos e ganhando muito mais do que você. Parece familiar?
Esse é o drama de Carla, que, aos 29 anos, percebe que está com a vida profissional estagnada, se sente injustiçada dentro da empresa e tem a impressão de que nada que ela faz é capaz de mudar sua vida.
Depois de uma crise intensa, ela se depara com aquilo de que todo mundo precisa, mas pouca gente tem: as quatro lições que podem prevenir qualquer profissional de continuar dando murro em ponta de faca.
Em seu novo livro, Roberto Shinyashiki conta a história de Carla e como seus mentores lhe mostraram as portas para acelerar sua carreira.
Aprenda e se inspire a realizar todas as suas metas. E, principalmente, aprenda, muito.
Descubra a ciência do sucesso, que envolve uma alquimia cuidadosamente desenvolvida ao longo de mais de 20 anos. Encontre aquilo que faz alguém ser o profissional que todos brigam para contratar.
- Desenvolva uma mente campeã.
- Saiba o que faz as pessoas serem promovidas e o que as torna esquecidas.
- Descubra os 4 erros fatais que matam os negócios e destroem sua carreira.
- Aplique o ciclo da riqueza progressiva em seu trabalho.
- Saiba como ter cabeça de empresário de sucesso.
- Aprenda a cativar e influenciar uma equipe que gera resultados extraordinários.
- E muito mais.
O sucesso não pode ser um ideal. Faça dele realidade. E faça agora.



Título: Invi$ta em futebol
Subtítulo: Seja investidor da bolsa
esportiva e ganhe dinheiro enquanto
assiste a jogos em casa
Autor: Juliano Fontes
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0053-6
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 160
Gênero: Negócios/ Finanças
Lançamento: Agosto de 2015
Preço de capa: R$ 29,90





Sinopse
Qualquer um pode ganhar dinheiro com futebol
(mesmo sem ser um jogador)
Quantas vezes você se pegou sonhando acordado com um estilo de vida diferente? Imaginando uma rotina na qual as segundas-feiras não sejam tão amarguradas, o trabalho seja mais recompensador e possa ir com sua família àqueles destinos maravilhosos que vemos nos comerciais e programas de televisão? Você olha para seu trabalho e sabe que dali é que não virá a chance de realizar seus projetos. O que fazer, então? Mudar de área, se conformar e deixar pra lá? Nada disso!
Juliano Fontes, guru da bolsa esportiva e principal trader esportivo do Brasil, apresenta aqui uma oportunidade irrecusável. Que tal ganhar dinheiro com seu esporte favorito sem precisar abandonar seu emprego? Invi$ta em futebol traz o passo a passo para que você entenda esta modalidade do mercado e comece agora mesmo a investir em algo que definitivamente o ajudará a tomar as rédeas de sua vida e tirar seus sonhos do papel.
Mergulhe nas páginas a seguir e encontre os benefícios do trader esportivo:
- Trabalhar com o que você gosta;
- Ter liberdade e autonomia;
- Aumentar seu leque de oportunidades;
- Investir em um negócio altamente lucrativo;
- Fazer seu dinheiro trabalhar para você;
- Tornar seu plano de vida realidade!
Descubra como Juliano Fontes encontrou a fórmula de ganhar milhares de reais por mês em casa assistindo Futebol!




Título: Papa Francisco
Subtítulo: A essência de sua sabedoria
Autora: Carol Kelly-Gangi
Tradução: Cissa Tilelli
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0052-9
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Páginas: 144
Gênero: Autoajuda/Espiritualidade/Religião
Lançamento: Agosto de 2015
Preço de capa: R$ 24,90





Sinopse
Vivemos em um mundo que a cada dia nos surpreende mais e nos deixa frequentemente com a sensação de desamparo e confusão. Quando parece que não há nada que explique os acontecimentos de nossas vidas, sentimos falta de uma palavra que nos conforte e nos guie nos temas mais importantes da existência.
Para aqueles que buscam inspiração, direcionamento, conforto ou força, as palavras revigorantes do Papa Francisco vão fornecer a matéria necessária para que encontrem. Esta coletânea de citações do Papa convida os leitores a viverem a experiência de suas palavras.
Eleito o papa mais popular da história, trazendo para o catolicismo a promessa de um recomeço, ele é um ícone não só para os cristãos como para pessoas de todas as religiões. Papa Francisco – a essência de sua sabedoria é um convite para nos aproximarmos de Deus por meio de nossas orações e nos desafia a alcançar aqueles que passam por necessidades, lembrando-nos sempre da misericórdia e da compaixão de Jesus.
Receba as reflexões retiradas do discurso do papa sobre temas como:
- Amor
- Humildade e simplicidade
- Fé
- Esperança
- Família
- Perdão
Um livro que lhe fará refletir sobre sua relação com você mesmo, com Deus e, principalmente, com todos que estão a sua volta.



Título: Detox total 7 dias
Subtítulo: O plano simples com receitas
de sucos e sopas para limpar seu corpo,
emagrecer e se sentir melhor
Autor: Victoria Boutenko
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0051-2
Tradutora: Sandra Martha Dolinsky
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Páginas: 160
Gênero: Autoajuda/ Saúde/ Bem-estar
Lançamento: Agosto de 2015
Preço de capa: R$ 24,90




Sinopse
Mais do que nunca, nosso corpo exige que paremos para lhe dar atenção. As rotinas que vivemos preenchem nosso organismo com toxinas provenientes de má alimentação, dietas malucas e outros hábitos prejudiciais. E o resultado dos nossos hábitos destrutivos? Descontrole emocional, ganho de peso, doenças, indisposição e tantos outros malefícios que nos impedem de ter uma vida maravilhosa.
Detox total 7 dias é uma proposta que o ajudará a resgatar sua saúde, controlar o estresse, ter mais disposição e, ainda, perder peso de maneira saudável. Neste livro, Victoria Boutenko, especialista pioneira na área, compartilha:
- O guia completo para seu retiro detox;
- Material educativo sobre o que é o processo de desintoxicação e quais os benefícios para sua saúde;
- 50 receitas, incluindo sucos, sopas, cremes e saladas.
Ao terminar seu detox total de sete dias, você estará mais leve, mais feliz e pronto para viver melhor.
“Depois de dar uma pausa ao meu corpo ao consumir somente sucos verdes orgânicos por uma semana, cheguei a um ponto que jamais pensei ser possível: não só meu corpo se recuperou, como também minha mente e meu espírito ganharam mais clareza.”
J. K. M, Queensland, Austrália

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Resenha // Jonas Vai Morrer - Edson Athayde



Livro: Jonas Vai Morrer
Autor(a): Edson Athayde
Ano: 2012
Editora: Chiado Editora
Gênero: Romance (quase) Policial
Páginas: 150
Literatura Nacional
Volume: Único
Avaliação: 3,0


Sinopse
Romance escrito no âmbito de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. A história de “Jonas Vai Morrer” passa-se em Guimarães (ou Vimaranes, como era conhecida há mais de mil anos). Trata-se da mais histórica das cidades portuguesas, o chamado “berço do país”. Património Cultural da Humanidade, Guimarães foi, em 2012, Capital Europeia da Cultura. “Jonas Vai Morrer” foi escrito no âmbito de uma Residência Artística Literária desse evento. Além da trama cheia de mistérios e algum lirismo, esta obra revive nas suas páginas as ruas, praças, igrejas, bares, os tempos e os modos vimaranenses. Ambientado nos anos 80, “Jonas Vai Morrer” é um quase-policial, na definição do seu autor. Um livro que fala de crimes sem sangue à vista. Propõe um jogo onde a charada é descobrir quem é o algoz, quem é a vítima. Nesse labirinto, temos Pedro, um homem sem passado, o talvez louco 32, um caderno de memórias apócrifo e um enredo que nunca é o que parece ser.

"Jonas Vai Morrer" foi o primeiro livro da Chiado Editora que li. Não sei se o mesmo trabalho e cuidado com o livro segue nos outros trabalhos que a editora tem. As páginas são amareladas e grossinhas, com um ótimo espaçamento e fonte. O que achei incrível de diferencial neste trabalho foi que ao terminar o capítulo, o novo é apresentado com uma folha preta e uma textura um pouco diferente.


Quando li a sinopse me interessei muitíssimo pela história, mas que conforme fui lendo ia me "decepcionando". Falava para mim mesma que não estava gostando da história, não que ela não seja boa, só que chegou em um ponto que realmente caí em si de que "Nossa, este livro não tem um dialogo". Só percebi quando realmente começou querer aparecer um dialogo ou outro.
Mas vamos a história. Pedro trabalha em uma casa de repouso cuidando de idosos; sua vida foi simplesmente levada sem deixar marcas e nem ser marcada. Sem ex-amores, ele lê jornais e noticias antigas, não sai direito e quando sai é para o mesmo lugar e com os passos contados. Um belo dia ele recebe uma espécie de diário dado por um dos idosos, o de número 32. Mas quem é 32? Mistérios da meia noite. Neste "diário" temos relatos de acontecimentos que envolve Jonas, Alice C. e aquele que conta. Pedro se envolve tanto com aquelas páginas que muda os padrões estabelecidos por ele mesmo. Até então eu achei a história cansativa e arrastante para mim, só que então chegamos mais ou menos lá pela página 100 e a história começa a ganhar outra cara. Aquela cara de realmente um quase policial.
Indicaria a leitura mais pelas páginas finais mesmo, que é a parte realmente envolvente, não que o que se vem antes seja péssimo ou ruim.
(...) Podemos achar que a alegria será farta e infinita ou que a desgraça quando vem é para sempre. Mas os nossos dias são apenas um amontoado aleatório de choros e de risos. - Página 90

sábado, 22 de agosto de 2015

Tag // Desafio dos 100 filmes (Parte III)


Nesse ritmo acho que não termino o desafio nunca! XD A última vez que postei foi em dezembro/2014, vamos acelerar esse negócio Carol? rs Pra quem nunca viu esse desafio aqui no blog, ali em cima tem o link para as duas primeiras partes, e lá em baixo um link onde você pode ver todas as 100 perguntas, se por acaso quiser fazer o desafio também ;)

21. Algum filme que te faça rir
As Branquelas. São muitos filmes que me fazem rir, são os que mais gosto de ver! Escolher um foi difícil, mas acho que As Branquelas é meio que universal, engraçado demais.

22. Um filme bom com um final péssimo
Os Suspeitos. Não é o melhor filme do mundo, mas estava indo bem até o Hugh Jackman começar a fazer a besteira... Foi bem feito o personagem dele chegar na situação que chegou no final, mas que foi frustante, foi kkk. Esse é um daqueles filmes de "filho que desaparece" sabem, mas não posso dizer que o final não tenha sido original, apesar de tudo XD

23. Um filme que você gostou mas tem vergonha de falar
Dezesseis luas. Sério gente, eu já vi tantos falarem mal dessa história, mas juro que curti o filme! kkk Tudo bem, eu ainda não li o livro, mas pretendo tirar a prova.

24. Um filme que te dá medo
Gritos Mortais. Uma coisa que vocês precisam saber sobre mim: não tenho medo dos filmes de terror. Eu rio deles, rs. Mas tem alguns poucos que me deixaram mais apreensiva, esse é um deles. Primeiro que filmes de bonecos são bizarros XD Mas a parte final desse é bem sinistra!

25. Um curta-metragem
Paperman. Já falei aqui no blog que vocês PRECISAM ver este curta! É um amor de perfeito *-* Aliás, tem um post antigo que eu fiz falando sobre curtas de animação, você pode ver aqui ;)

26. Um filme que lembra a sua família
Os Incríveis. Não tem nenhum que efetivamente eu olhe e fale "caraca, igualzinho a minha família", mas Os incríveis sempre me traz essa sensação boa :)

27. Um péssimo filme
Cloverfield - o monstro. Olhem, acho que vai ser difícil algum filme superar esse como "o pior da minha vida", sinceramente... (desculpem pelo gif kkkkk)

28. Um excelente musical
Puxa vida! Os três musicais que eu mais gosto já respondi, e não vale repetir, rs :'( Bem, minha resposta seria Os miseráveis (obviamente kk), mas então vou indicar um excelente filme musical de animação: O Príncipe do Egito. Eu simplesmente AMO esse filme, é um trabalho extremamente lindo da Dreamworks, em todos os sentidos *-*

29. Filme baseado em um jogo
Resident Evil. Vou contar uma coisa pra vocês: eu sou MUITO fã de Resident Evil! Estou bem ansiosa pro sexto filme da franquia *-* Eu nunca joguei ou li os livros, mas os filmes são show de bola, elenco incrível!

30. Um filme que você não entendeu ou teve dificuldade de entender
O Destino de Júpiter. Gente, esse foi um dos últimos filmes que vi e tipo, não sei se foi porque eu não estava prestando tanta atenção assim ou se o filme é enrolado e mal explicado mesmo, mas não entendi muita coisa não =/

Confira todas as 100 perguntas aqui

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Caixa de Correio // Junho e Julho de 2015

Olá colecionadores!
Mais uma caixa de correio dupla, mais livros novos e lindos, mais meta de leitura! D: É meus amigos, estou ficando deprimida com tantos livros não lidos na estante :'( Mas claro que não estou infeliz por esses terem chegado XD

Book Haul = 7 livros


Lost Boys - Lilian Carmine  Conheço esse livro há bastante tempo, e o preço dele não costuma variar muito. Então quando vi que estava em promoção no site da Fnac, tive que comprar, estava só 10 reais! Uma coisa que eu não sabia é que a autora é brasileira! :O O livro tem muita cara de estrangeiro, não acham? (sinopse)

Parte interna de "A rosa e o espinho"
A Rosa e o Espinho - Theodora Gross  AAAAAAAA, essa minha aquisição foi uma das mais lindas até agora! Esse livro é todo especial, e por acaso também estava na promoção de 10 reais da Fnac, nem acreditei (pirei, na verdade)! Quando o vi num blog há um tempinho atrás foi amor à primeira vista, é perfeito *-* (sinopse)


O Segredo de Ella e Micha - Jessica Sorensen  Conheço esse livro há um bom tempo também, mas nunca tive a oportunidade de comprar. Acabei cismando com ele ultimamente e troquei no skoob, rs. Acho que vou adorar lê-lo, parece ser um romance lindo! (sinopse)


Jackaby - William Ritter  Jackaby, como vocês já sabem, recebi da parceria com a Única Editora. Já o li e você pode conferir a resenha aqui ;) Na verdade eu queria solicitar outro livro pra resenhar, mas como só os lançamentos estavam disponíveis, olhei pra capa e sinopse de Jackaby e falei "vai ser você!", haha.

Vivian Contra o Apocalipse - Kate Coyle  GANHEEEEEEI NO SKOOB! hahaha Eu nem fico conferindo os resultados das cortesias por lá, então foi uma surpresa chegar um livro que não estava esperando! XD Acho a sinopse dele promissora e adorei a edição da Agir Now também! *-* (sinopse)


A Volta para Casa - Bernhard Schlink  Já li um outro livro desse autor chamado "O Leitor" e gostei da experiência. Então fui trocar alguns livros no sebo e acabei escolhendo esse, espero que seja bom! (sinopse)

Injustiça para todos - J. A. Jance  Também acabei adquirindo esse livro no sebo, mais por falta de opção, rs. Sério, nesse dia em que fui lá não encontrei muita coisa legal pra ler =/ Injustiça para todos é do gênero policial e já até dei uma olhada nele, nada demais. (sinopse)

Comentem! Bjs

domingo, 16 de agosto de 2015

Playlist // Aniversário Ariel


Se vocês acompanhavam o blog no ano passado, especialmente neste mês, sabem que é o mês do meu aniversário. "It's a party". Carol chegou no 2.0, festa minha gente. Calma, se este post for antes do dia 21 ainda não cheguei aos 20, mas se for depois fiquei, rs. A vontade em criar essa play já tinha nascido em mim havia um tempo e o tempo também me fez desistir dela, até que um dia ouvia "Blame" e "Quer saber Carol... vai lá e cria. Espalha sua felicidade atual com os outros", então aqui estou. Pode ser que não tenha aquela festa GG e que toque músicas altas, estilo festão, mas aqui estamos e vamos então juntos apertar o play e ouvir no volume que quisermos!












Não esquecemos que para ouvir a música basta clicar em cima da imagem!
Beijitos!!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Resenha // Jackaby - William Ritter


Livro: Jackaby
Autor: William Ritter
Editora: Única
Gênero: Fantasia/Mistério/Policial
Ano: 2015
Páginas: 256
Literatura Estrangeira
Volume: 1 de 2
Avaliação: 4,0

Sinopse
"Eu sou um homem de razão e da ciência. Acredito no que vejo e posso provar, e o que vejo geralmente é difícil para os outros compreenderem. Até onde eu descobri, tenho um dom ímpar. Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores.” Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara. Prepare-se para desvendar este mistério!

Jackaby, do autor americano William Ritter, é um dos lançamentos mais recentes da Única Editora, e eu estava super curiosa pra conhecer a história e tirar minhas próprias conclusões. Porque se num primeiro momento, a capa e a sinopse me chamaram a atenção, num segundo momento, o burburinho da blogosfera me deixou ainda mais ansiosa.

Vou apenas acrescentar algumas coisas à sinopse. A Abigail é filha de um escavador aventureiro, então por isso ela tem esse espírito de aventura e independência.  Ela "rouba" o dinheiro que os pais juntaram pros seus estudos, e sai de casa em busca de um lugar e emprego onde ela possa vivenciar isso. Quando ela chega a New Fiddleham nos EUA, um anúncio chama a sua atenção: "Precisa-se de assistente para serviços investigativos". Ela vai até o local e é recebida por Jackaby, o detetive dos fenômenos inexplicados, que vê coisas que as outras pessoas não notam: o sobrenatural. Claro que Jackaby é visto como louco por muitos, mas Abigail é contratada por ele e juntos, precisam descobrir a ligação entre várias mortes sangrentas prenunciadas pelo canto agourento de uma Banshee (mulher fada cujo som de lamúria pode ser ouvido, apenas pelo condenado, quando da aproximação de sua própria morte, segundo Jackaby).
[...] Ao longo da última hora, eu tinha vivenciado mais aventuras verdadeiras do que em toda a minha vida em casa, ou em minhas viagens ao exterior. O inspetor Marlowe tinha falado igual ao meu pai: "Esse negócio não é para o temperamento feminino", mas Jackaby não hesitara em me direcionar ao pior e pedir minhas opiniões. Saber que eu trabalharia de novo com esse homem me deixava inexplicavelmente empolgada. Olhando o passado, imagino que deveria ter sido menos temerosa em ser deixada para trás em segurança e mais temerosa quanto ao precipício que havia adiante.
Primeiramente, fico muito feliz em ver a Única investindo em histórias diferentes assim. Jackaby já ganhou 3 prêmios lá fora, e é indicado para fãs de Sherlock Holmes e Doctor Who. Doctor Who eu nunca vi, mas concordo plenamente com a referência a Sherlock ;)


Não tive vontade de largar o livro desde o começo da leitura, na ânsia de saber o desfecho. Temos a narrativa bem detalhada, característica de livros do gênero; mas o autor conseguiu, ao mesmo tempo, fazê-la de forma ágil e inteligente. Os personagens fazem a diferença no contexto geral, sendo inusitados e bem construídos.

A ambientação da história também é muito boa (nem imagino o quanto o autor teve que pesquisar pra fazer este livro): tanto pensando na época e local onde ela se passa, quanto nas partes em que lendas, mitologia e criaturas fantásticas se misturam com a realidade. A proposta de relação do sobrenatural com o policial é, no mínimo, curiosa, e mantém o leitor interessado.
- [...] Ciência e magia, beleza e tumulto, coisas que têm de estar em desacordo - elas simplesmente não seguem as mesmas regras, quando Jackaby está envolvido. Com todas as suas faltas, ele é realmente um homem notável.
Jackaby me fez rir, me fez achar que ele era doido, me fez admirar a lógica, me fez adentrar o sobrenatural... É um personagem estranhamente fascinante. A escolha da Abigail como narradora da história foi muito acertada, até porque se Jackaby narrasse, a gente não ia entender muita coisa, rs. Mas enfim, ela é gente como a gente, e é fácil se identificar com sua história e anseios. Os dois fazem uma boa dupla, e é legal ver também o crescimento da Abigail durante o livro: de mocinha ansiosa a alguém decidida e confiante.

Os personagens secundários também não ficam pra trás. Adorei a Jenny (fantasma que é moradora original da casa onde Jackaby mora) e o Charlie (detetive júnior que acaba ajudando Abigail e Jackaby na investigação), os dois dão um toque ainda mais especial à trama tanto individualmente como ao se relacionarem com os protagonistas. E ah, não posso dizer que o romance é inexistente no livro ;)

Antes de continuar, só preciso dizer mais uma vez que essa capa é perfeita e muito bem trabalhada! Pelas fotos não dá pra ver direito, mas tem respingos de sangue em alto relevo nela, é muito show! Sem falar na queda que eu tenho por capas azuis, rs *-* A diagramação interna também é bem feita e atenta aos detalhes, como sempre ;)

[...] Havia coisas que provavelmente existiam, mas eu nunca tivera a oportunidade de me importar com elas de fato, nem para um sentido nem para outro. [...] Rapidamente eu descobria que Jackaby tinha um jeito de abrir esse cantinho do meu cérebro. Era um cantinho quieto, no qual tinha vivido quando era menor. Onde tudo era possível, onde a magia não era um sonho acordado improvável, mas um fato óbvio - mesmo que fora de alcance. Naquele tempo, eu sabia que havia monstros no mundo, mas eu os aceitava feliz da vida, ciente de que, pela mesma lógica, também deveriam existir magos e varinhas mágicas e tapetes voadores. Nunca fechei realmente essa parte da minha mente, apenas fui parando de visitá-la, à medida que fiquei mais velha. Eu a deixara destrancada, como o tesouro bagunçado lá em cima, esperando que alguém viesse remexer.
A primeira parte do livro foi muito empolgante e me deixou super animada, mas a segunda conseguiu me deixar um pouco entendiada, confesso. Estava esperando algo um pouco diferente. O problema é que não me senti totalmente convencida no que diz respeito a parte sobrenatural. Não espere grandes explicações sobre ela, ou do porquê os personagens ou você mesmo acreditam ou deveriam acreditá-la. Provavelmente os segredos por trás do dom de Jackaby serão mais explorados no próximo livro, pelo menos deveriam.

Outra coisa que me desanimou foi o caso investigado em si: o autor não tentou muito enganar durante a história, então saber como os crimes realmente aconteceram no final (o motivo deles) não foi impressionante. Não que a explicação tenha sido previsível ou insuficiente, mas pelo fato de que Jackaby já havia chegado a algumas conclusões certeiras antes. O autor, em vez de trazer o leitor para a investigação, deixa ele muito como expectador. O diferente mesmo fica nos detalhes sobrenaturais, parte que era, obviamente, imprevisível para o leitor.
- Monstros são fáceis, senhorita Rook. Eles são monstros. Mas um monstro de terno? Trata-se basicamente de um homem perverso, e um homem perverso é, de longe, muito mais perigoso.

Vamos falar sobre a continuação: primeiro, não dispense a história por ser uma série, o enredo central do primeiro volume é totalmente elucidado; eu não tenho a informação de quantos livros serão, por enquanto sabemos que "The Map" é uma história entre o primeiro e segundo livros, e que o nome do segundo volume é "Beastly Bones" e aborda um novo caso com os mesmos personagens. Eu leria o segundo volume realmente por ter me apegado aos personagens, espero que a Única pense seriamente em publicar.


Em resumo, apesar de cumprir a proposta, acho que faltou um pouco mais de engenhosidade do autor no enredo policial em si. Jackaby tinha tudo pra ser ainda melhor do que foi, e por isso, não deixo de recomendá-lo. A ideia é original, os personagens são cativantes e você com certeza se aventura nas bem escritas páginas dele. Mas fica a dica: se quiser surpreender-se por completo, não vá com tanta sede ao pote.
- Eu já deixei de me preocupar com a forma que as coisas parecem aos outros, Abigail Rook. Sugiro que faça o mesmo. Em minha experiência, os outros geralmente estão errados.