domingo, 14 de junho de 2015

Resenha // Um Gato de Rua Chamado Bob - James Bowen


Hoje trago uma resenha para vocês. Desculpem, mas não teremos fotos, pois foi um livro em ebook. Falando de livros em ebook alguém mais tem certo bloqueio em ler histórias assim? Eu tive um bloqueio grande, comecei ele no meio do ano e vim terminar só agora. Claro que teve minha pausa nele por questão da faculdade, mas mesmo assim a minha leitura não fluiu. Hoje tento ler mais um outro livro em ebook e espero não ser tão demorada assim na minha leitura (o que pode ser totalmente a falta de costume).





Livro: Um Gato de Rua Chamado Bob
Título Original: A Street Cat Named Bob
Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
Gênero: Biografia
Literatura Estrangeira
Ano: 2013
Páginas: 240







Sinopse 
Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).
Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornariam-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.
São poucos os livros que têm uma sinopse que explique como um leitor ficará ao fim — e durante — a leitura de um livro. "Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê" diz totalmente como o seu coração ficará quando terminar de ler este livro. Claro que quem é amante de gatos vai amar muito mais a história do que aqueles que não são. Eu particularmente não gosto de gatos, porém acho que eles têm seu charme. Desde que o livro foi lançado tinha vontade de ler, mas não em ter o livro; hoje penso melhor sobre essa questão.

Como a própria sinopse diz, a história se passa nas ruas de Londres, onde James é um artista de rua (toca música) e um belo dia ao chegar no prédio que mora encontra um gatinho todo encolhido e machucado no prédio. Por preocupação com o gato ele pergunta para um morador — o qual Bob está deitado ao lado de fora do apartamento — se o gato é deste que diz que não. Instintamente James acolhe o gato em seu apartamento e cuida até que fique bem, já que estava todo machucado. Por ser um gato de rua, James acredita que ele logo voltaria a viver livre e solto pela cidade, só que os "planos" de Bob mudam e acaba por viver ao lado de seu novo amigo e companheiro.

O que achei mais lindo na história é como um animal tem a capacidade de entender quando estamos e não estamos bem. Bob demonstra total companheirismo ao seu amigo quando ele decide que era hora de dar uma nova mudada em sua vida, quando procura seu médico e diz que se sente preparado para diminuir sua dose de remédios, já que foi dependente de heroína há alguns anos atrás e hoje luta para se livrar totalmente de tudo o que viveu.

James narra bastante a sua vida ao lado do Bob e entra, vezes, contando como era a sua vida antes. Conta como Bob trouxe olhares de pessoas do mundo todo para o seu trabalho musical e até como vendedor da Big Issue.

Todas os que leram o livro Extraordinário dizem que "todas as pessoas deveriam ler este livro". Agora digo que aquela pessoa que é amante ou tem quedas por gatos deveriam ler essa história. Mas me atrevo em dizer que não só quem gosta de gato deva ler, mas sim todos, sabem por qual motivo? Por ser uma história de companheirismo, de luta e superação. Não são todas as pessoas dependentes químicas que conseguem sair da sua zona de usuário e viram vencedoras na vida. Não digo vencedoras em ter virado podres de ricas, mas sim vencedoras em terem largado um vício. Quantas vezes escutamos alguém dizer que vai deixar de fumar, de beber ou de abandonar algum outro vício e que no fim não abandonam? Muitas vezes. E muitas dessas vezes essas pessoas tem um apoio familiar por perto, mas James não tinha ninguém ao seu lado, até porquê sua família não sabia do seu vício e sua mãe morava na Austrália. James foi uma das pessoas que abandonou seu lar para ir atrás dos seus sonhos que no fim, frustado de que não deu certo, acabou em um mundo que muitas vezes não tem volta, mas que pra ele teve. Por estes motivos este livro tem que ser lido por todos! 
"De vez em quando eu tinha momentos de lucidez e clareza. Em certo momento, lembro-me de pensar que havia realmente compreendido por que tantas pessoas achavam difícil chutar para longe seus vícios em drogas. É uma coisa física, além de mental. A batalha de vontades que acontece no cérebro dessa pessoa é muito unilateral. As forças do vício são definitivamente mais fortes do que aquelas que estão tentando manter a pessoa afastada das drogas." — página 123 (ebook)
Já para o fim da história James descobre que seu gato virou um sucesso na internet e decide procurar sobre, e acaba por descobrir dois vídeos no youtube (um do qual ele tinha autorizado em ser divulgado). Quando acabei de ler fui procurar pelo tal vídeo e deixo um dos tantos vídeos que se tem de Bob aqui no fim da resenha para vocês!


Avaliação
Excelente

13 comentários:

  1. Acho linda a história do gatinho Bob e do dono dele. Só achei chato o fato deles estarem explorando taanto essa história (já tá no terceiro livro!). ;s

    o/

    ResponderExcluir
  2. Quando falam que é uma historia triste envolvendo animais eu já tenho receio de ler!
    Depois desse vídeo com esse gatinho super fofo,vou procurar este livro logo para comprar <3.

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu ainda não li esse livro, mas vejo falar tão bem dele que estou pensando em pegá-lo para uma leitura em breve.
    Esse gatinho é uma graça *-*
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. além de ser uma linda história de amizade entre um homem e seu gato é também uma grande demonstração de superação, força de vontade e coragem. gostei da resenha :D

    ResponderExcluir
  5. Que história linda, eu nunca imaginei que esse livro falava sobre isso, eu vi o video e chorei!
    Preciso muito ler, sério nunca tive vontade de ler, achei que tratava de um assunto completamente diferente!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    Nunca mais dei chance a livros que falam de animais. Tive uma experiencia bem ruim com Marley e Eu e não quis mais tentar. Não que as histórias sejam ruim. Pelo contrário, geralmente são muito emocionantes. O problema é comigo mesmo. Pelo fato de nunca ter tido bichos de estimação, não consigo me cativar pelos personagens e acabo ficando saturado da narrativa :( mesmo com momento engraçados.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  7. Tamara, verdade. Ainda não me senti com a vontade de ler os outros dois livros.

    Ana Carolina, a história pode ter um ar triste, mas não passa de aprendizado e muito menos de maus tratos, o que iria acabar com nossos corações.

    Jessica, eu não tinha vontade nenhuma de ler, até que um dia comecei e terminei. Acho que vale dar uma chance para histórias que não sentimos muita vontade em ler, podemos ser surpreendidos de uma forma legal.

    Clarice, seu comentário diz tudo o que quis dizer e mostrar na minha resenha.

    Tabatha, fico feliz que o vídeo tenha te tocado. Vai com tudo e boa leitura pra você!

    Oi David. Poxa, que pena. Espero que se vir ter um bichinho um dia sinta-se animado para ler livros que falem de animais!

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Também não consigo ler e-book muito rápido. Acho que estou muito acostumada a livros físicos e se a estória não me prender de verdade demoro muuito pra terminar.
    Já ouvi falar desse livro e até já li resenhas, mas ainda não tive vontade de lê-lo...

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  9. Oi Carol!
    Confesso que esses livros que focam em animais não me interessam muito porque não sou uma pessoa muito de bichinhos, então não imagino que fosse me conectar com as histórias, sabe?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Carol!
    Eu não gostei tanto deste livro como esperava. Achei todo o desenvolvimento cansativo, não me envolveu e eu esperava bem mais. Adoro gatos, mas este livrou deixou à desejar.
    Não sei quando lerei os demais livros do gato. Acho que deixarei para outro momento.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá! Também tenho problemas com ebooks, mas por causa da minha miopia. Eu já vi esse em meu feed de várias redes sociais, mas nunca me interessei em procurar informações sobre ele. Talvez depois da sua resenha, eu o procuro para ler! Ótima resenha.
    Beijos,
    apenasumaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Esse livro é muito amor <3 Um dos meus favoritos, com certeza. Contando com a continuação... <3 <3
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Mariana, entendo sim!

    Olá Leandro. Eu não sinto vontade em continuar lendo os demais livros que saíram do Bob; acredito que ficarei apenas nele.

    Olá Mariana. Fico feliz que tenha gostado da resenha!

    Olá Renata. Que bom que ele é um dos seus preferidos! Beijos.

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D