sexta-feira, 15 de maio de 2015

Resenha // Paraíso - Deyse Ramos Nicoli




Livro: Paraíso
Autora: Deyse Ramos Nicoli
Editora: Novo Século
Gênero: Romance
Ano: 2012
Páginas: 397
Volume: Único
Literatura Nacional
Skoob




Sinopse
Esta é a história de uma mulher como muitas outras. Marcada por suas tragédias pessoais, cansada, sem expectativas ou sonhos, Débora deixa sua família e parte em busca de uma nova vida. Sua fuga a levará a um lugar distante de tudo o que ela conhecia. Uma grande fazenda, localizada na pequena cidade de Vila Paraíso. O lugar a surpreende de diversas maneiras. A paisagem é de tirar o fôlego, o novo trabalho é tudo o que ela precisava, e as pessoas, a extensão de sua própria família. Tudo parecia perfeito, mas Marcos, um dos donos da fazenda, vai macular a perfeição desse Paraíso. Ele fará de tudo para afastar Débora de sua fazenda, transformando a tranquilidade de sua nova vida numa sucessão de acontecimentos surpreendentes e angustiantes. Os dois irão travar uma batalha visando proteger suas feridas e esconder as cicatrizes que carregam dentro de si. Porém, um poderoso sentimento surgirá entre eles, fazendo-os abandonar seus princípios e questionar sua própria sanidade. Poderá esse sentimento apagar todas as cicatrizes que eles carregam?

Fiquei muito contente quando a autora Deyse Ramos Nicoli aceitou a parceria com o blog e pude receber e ler Paraíso. Agora venho contar pra vocês minhas impressões sobre a leitura!
Num lugar distante e desconhecido eu buscava o meu futuro. Era assustador, como atirar num buraco escuro sem ver o chão. Mas era uma escolha minha. Um futuro distante de tudo o que era o meu passado. Uma nova estrada. Um novo começo.
Eu tinha algumas expectativas com a história de Paraíso e não me decepcionei. O livro é um romance original e de qualidade, mas principalmente, com cara de nacional, e isso é importante. Vejo muitos autores explorando a cultura de outros países em seus livros e tendo sucesso, mas também fico feliz quando um autor consegue retratar a essência do nosso país (ou uma parte dele) de forma natural, e a autora merece esse mérito!
O livro conta a história da Débora, que se vê em busca de um novo começo para a sua vida na Vila Paraíso. Ela encontra um emprego como professora no local e decide sair de sua casa e tentar uma nova vida nessa pequena cidade, bem longe de seus antigos problemas e sofrimentos, e determinada a superá-los: mas isso nem sempre é tão fácil. A personagem passou por um relacionamento bem complicado no passado e ainda convive com sequelas dele, como seus pesadelos e a baixa auto estima.
Olhei as cicatrizes quase invisíveis em minhas mãos. O tempo apagava-as lentamente. Pena não fazer o mesmo pelas cicatrizes da alma. Essas estavam nítidas como se houvessem sido feitas recentemente. E era difícil conviver com elas.
Vila Paraíso se mostra um lugar tranqüilo e bonito, com moradores bondosos e simpáticos... Ou quase todos. Débora é convidada para morar no casarão da Fazenda Boa Vista, com a família que a contratou: Dona Carmem e seus filhos Max (e sua esposa Eva), Marcos e o caçula Leo. Marcos é a exceção à regra, e também tem motivos para isso. Os dois se estranham logo de primeira, mas entre trombadas e desastres, acabam nutrindo sentimentos indesejados um pelo outro. No entanto, até admitirem isto para eles mesmos e vencerem seus fantasmas... Muitas águas vão rolar.


A Débora é uma protagonista que já sofreu muito e está tentando ser forte e superar seu passado: ela teve um namorado que não foi nada bom pra ela, além de ter perdido um bebê ainda na gravidez. É uma personagem pela qual o leitor consegue ter bastante empatia, e ela também é muito amiga e um pouco muito desastrada, rs.
Quando ela e Marcos se conhecem, Débora literalmente fica deslumbrada com o homem, acha ele muito bonito e todos que o conhecem concordam que é parecido com o ator Hugh Jackman (Wolverine). Ao longo do livro percebemos que há muita paixão reprimida entre os dois, um pouco selvagem até.
O Marcos, assim como a Débora, tem um passado problemático com relacionamentos também, mas reflete isso em sua personalidade. É um personagem muito difícil de se lidar, na maior parte do tempo vemos seu lado estressado, grosso, possessivo e impulsivo... Com paciência vemos que lá no fundo ele é legal XD No entanto, pessoalmente falando, não foi um personagem masculino que me agradou tanto assim. Ele é lindo e talz, mas tem umas características que não gostei muito, e demora milênios para o leitor descobrir o que ele realmente sente, esconde muito o jogo. Mas a autora deixa clara a personalidade dele desde o começo. E como diria a Selena Gomez para a Débora The heart wants what it wants, não tem jeito kk.
Um homem como ele trazia à tona a mulher que eu queria apagar.  Frágil, carente e infeliz. Uma lágrima teimosa caiu sem que eu a pudesse conter. Eu havia vindo para Paraíso fugindo dessa mulher, mas ela estava de volta dentro de mim, ansiando por um homem que não a queria. Mais uma vez.
Os personagens secundários do livro são super importantes e divertidos, e de certa forma, salvam um pouco o andamento da história. A Dona Carmem é uma senhora muito boa para a Débora, a Eva é uma ótima amiga, o Max é super sensato e ótima pessoa, e o Leo é lindo e engraçado.


Esse é um romance do tipo mais adulto. A narrativa da autora é muito boa, dei umas risadas no começo do livro e adorei o cenário que é a Vila Paraíso, dá vontade de conhecer o lugar! Para além do romance, o livro nos traz várias mensagens sobre a vida, e gostei do fato de ter um pouquinho de Deus nele também. O leitor claramente percebe que a autora passou por várias das situações narradas no livro, e achei muito bonito a Deyse conseguir passar essa verdade na escrita dela.
A diagramação de Paraíso é simples, e acho a capa bem bonita e ideal para a história. Encontrei poucos erros de revisão durante a leitura.
Sobre a história, achei um pouco longa demais, o número de páginas poderia ser menor. Não vejo excepcionalidades no enredo em si, mas os personagens e alguns elementos de escrita e construção fazem a diferença nesse livro e valem a leitura.
Algo engraçado é que o enredo lembra muito novela de tv, sabem? Poderia dizer que a história era como se fosse uma novela passando na minha cabeça, muito interessante isso. E o final do livro foi uma graça, gostei bastante!
[...] posso dizer que estive do outro lado. Onde ninguém quer estar. No lugar antagônico ao Paraíso. Você deve imaginar do que eu estou falando. Mas não pode saber como foi estar lá. Esse castigo é reservado a alguns que, como eu, andaram pela estrada mais larga. É o preço do livre-arbítrio.

Avaliação
Muito bom

9 comentários:

  1. Parece ser um livro bem com os pés no chão, pura realidade, nada fantasioso, e isso é realmente algo muito bom, ainda mais se tratando de autor nacional, pois a maioria acaba se arriscando no sobrenatural e em locais que não sejam nosos próprio país, então isso se torna um ponto positivo e tanto pra autora *-*

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem tag no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é ótimo mesmo, os personagens são maravilhosos e a história é de tirar o fôlego, quero muito reler ele.
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Não conhecia o livro, mas gosto de ver que os autores nacionais estão brilhando cada vez mais!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol!
    Parabéns pela parceria! Estou numa fase que quero ler muuuitos nacionais, então vou colocá-lo na minha lista. ;)
    Adorei a dica.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol!
    Não é meu tipo de leitura, mas desejo sucesso a autora. E que seja uma ótima parceria para vocês.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carol, tudo bem?
    Gosto de histórias de recomeço, e Paraíso é isso! E Marcos ser parecido com o Wolverine: ♥ Se fosse eu já pedia em casamento! hahahaha
    Brincadeiras à parte, fiquei curiosa para saber como Debora lida com a personalidade bipolar de Marcos!

    Beijoca
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    O meu blog também é parceiro da Deyse e eu já li e resenhei esse livro. Achei um amor! A história é ótima e muito bem contada. Amo os personagens secundários!
    Amo também a forma que a autora consegue explorar a dor da personagem pelo seu passado.
    Mas, também acho que o livro poderia ser um pouco menor.

    E não é que dava uma boa novela das 6h? Haha O final é uma fofura mesmo!

    Beijos e até! :*

    www.dreamsandbooks.com/

    ResponderExcluir
  8. Oii carol, tudo bem??? Eu não conhecia o livro e apesar de ter curtido sua resenha, acho que é um livro que eu não leria :P
    Amei suas fotos <3
    E essa capa é linda né???
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros nacionais.Não conhecia esse nem a autora,me interessei pela sinopse,ainda mais com essa capa linda <3

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D