quinta-feira, 21 de maio de 2015

Resenha // Dark House - Karina Halle




Livro: Dark House
Série: Experimente o Terror #1
Autora: Karina Halle
Editora: Única
Gênero: Ficção/Suspense/Terror
Ano: 2014
Páginas: 352
Literatura Estrangeira




Sinopse
Sempre houve algo fora do normal com Perry Palomina. Embora ela esteja vivendo uma crise ao passar pela síndrome pós-faculdade, assim como qualquer garota de vinte e poucos anos, ela não é o que chamaríamos de comum. Perry possui um passado que prefere ignorar, e há também o fato de que ela consegue ver fantasmas. Tudo isso vem a calhar quando se depara com Dex Foray, um excêntrico produtor que está trabalhando em um webcast sobre caçadores de fantasmas. Dex, que se revela um enigma enlouquecedor, arrasta Perry para um mundo que a seduz e ameaça sua vida. O farol de seu tio é pano de fundo de um mistério terrível, que ameaça a sanidade da moça e faz com que ela se apaixone por um homem que, como o mais perigoso dos fantasmas, pode não ser o que parece.

"A única coisa mais assustadora que lidar com os mortos é lidar com nós mesmos." Resenha novinha em folha dessa história que acabei de conhecer, mas já considero pakas, rs. Cedido em parceria com a Única Editora, Dark House é um livro escrito por Karina Halle, e uma leitura pela qual me interessei assim que vi a capa e a proposta.
"- [...] Como você não está com medo?
- Porque acho a vida mais assustadora do que a morte."
Explicar a história desse livro é um pouco complicado, e eu já não sou muito boa nos meus resumos, mas vamos lá, rs. Perry Palomino é uma garota de 22 anos (siiim, não 16 ou 17 kkk) não tão normal assim. Ela tem um passado com acontecimentos obscuros e ainda convive com algumas consequências dele, como por exemplo, algumas coisas sobrenaturais que insistem em cruzar seu caminho. Sem falar nos sonhos estranhos que a deixam aterrorizada e sua situação de vida atual aparentemente fracassada: com um diploma de publicidade na mão e sentada numa cadeira de recepção.

Perry e a família vão visitar o tio Al, que mora no litoral de Oregon com seus dois jovens filhos gêmeos e encrenqueiros, Matt e Tony. Próximo a costa, eles também tem um farol, atualmente abandonado, do tipo que dá calafrios e sempre impressionou Perry. Só que ela nunca entrou lá por causa da família. Mas nessa viagem em especial, ela realmente sente uma atração e necessidade de ir até aquele lugar, e a oportunidade surge quando os gêmeos decidem fazer uma fogueira à noite na praia, e Perry escapa, dirigindo-se sozinha até o farol. Contra todas as probabilidades, lá dentro ela encontra um produtor, Dex Foray, que está em um projeto de web relacionado à “caça fantasmas”. Se o farol dá motivos para isso, ou como Perry e Dex se envolvem depois disso... Vocês só saberão lendo!
“As placas do chão rangeram. Senti o peso de algo desconhecido viajar por seu comprimento até chegar aos meus pés. Eu não conseguia me mover, mas não tinha certeza de que queria.
As luzes de fora se acenderam de novo, iluminando abrasivamente o quarto escuro. Meus olhos ardiam. Um som de batida tomou meus ouvidos. Tampei-os com as mãos até perceber que vinha do meu coração.”

Posso dizer a vocês que acertei em cheio ao solicitar Dark House logo de primeira. Foi uma surpresa muito agradável pra mim, esse livro dá um show em vários aspectos. Em primeiro lugar, a narrativa da autora é impressionante, faz toda a diferença no livro. Genial! Ela tem um jeito peculiar e despretensioso de descrever os cenários e ações dos personagens, que consegue prender o leitor e deixá-lo apreensivo no decorrer da história.

Dark House se mostrou um ótimo entretenimento! Quando o subtítulo diz "Experimente o terror" a palavra experimente aí faz toda a diferença, porque é realmente isso o que o livro traz pro leitor: uma aura de suspense e mistério, personagens imprevisíveis, e uma experiência inovadora. Ficamos totalmente no escuro quanto aos rumos que a história pode tomar durante todo o livro.

Então, para aqueles que não gostam de terror: não se preocupem! O livro não foi feito pra vocês morrerem de medo, e sim para pensarmos nas possibilidades, é uma abordagem bem mais psicológica. Mas não vou negar, tem umas cenas beeem bizarras kkk

Mesmo nesse "cenário de terror", a história traz uma mensagem muito legal também, de aceitação de si mesmo, e de arriscar pelas coisas em que você acredita.


É um livro também em que todos os personagens são importantes e fazem a diferença: você se familiariza com eles muito fácil, são quase reais. Especificamente a Perry e o Dex, têm um lado humano, um lado de humor e um lado sombrio que a autora soube mostrar ao leitor e dosar muito bem.

Eu simplesmente adorei a Perry! Ela tem um comportamento meio “dark”, e foi uma personagem muito bem desenvolvida: eu me identifiquei com vários pensamentos dela (hilários), me divertiu muito! Mas o leitor percebe que ela está muito perdida em sua vida e precisa de um empurrãozinho do destino.
“Sei que só tenho vinte e dois anos, mas eu realmente achava que já teria chegado lá nessa idade. É muito ambicioso, porém não consigo evitar. Cresci sentindo sempre que eu era especial, como se fosse destinada a fazer algo de fato incrível com minha vida e ter um impacto na das pessoas. Esse é provavelmente o motivo pelo qual passei por tantas atividades diferentes no decorrer dos anos. [...] Tentei todas as coisas para encontrar a minha coisa, mas saí com nada concreto para mostrar no fim das contas. Talvez se eu tivesse insistido e ficado em apenas uma coisa, algo poderia ter acontecido, mas meu medo é de que tudo possa passar direto por mim.”
Já o Dex é muito amor! Ele é um personagem que traz pro livro algo mais sexy, mais intrigante. Você realmente não sabe qual é a dele em nenhum momento, ele é muito legal! hahaha. Eu shippei muito os dois como um casal, muito mesmo!
“Encontrei os olhos dele. Eles não haviam deixado os meus, como se ele estivesse esperando que meu olhar retornasse ao dele. Eu sentia como se ele estivesse tentando me hipnotizar. Eu estava dividida entre me sentir alerta e querer afastar o olhar, ou mergulhar mais fundo nele e me perder. Então havia aquela sempre presente sensação de aperto no peito, a sensação de que não havia ar o suficiente, de que eu estava afundando nesse indescritível redemoinho.”
Acho que apostar num livro como esse foi muito legal da parte da editora, ele deveria estar sendo mais falado por aí. Pra mim a capa dele é um espetáculo à parte e a diagramação combinou com a história. As folhas são amareladas e houve raros erros de digitação. Algo que eu reparo de vez em quando nas leituras são os nomes dos personagens, adorei alguns nesse livro! Pra falar a verdade, adorei praticamente tudo nesse livro XD


Meu único motivo para dar 4 estrelas (e meia) a esse livro é que ele termina totalmente sem explicações e faz parte de uma série. E eu detesto quando começo a ler um livro e só descubro que ele tem continuação no final, é frustrante! Mas apesar de não conclusivo, ao mesmo tempo eu adorei o clima do final, teve um lado que foi muito fofo <3

Aí é o que eu digo: cadê a continuação agora pra ler? CADÊ? Por favor Única, publiquem looogo! Descobri que nos EUA a série já está no sétimo livro, e Perry e Dex continuam como protagonistas ;)

Com 352 páginas, Dark House é um livro um pouco extenso sim, mas não cansativo, muito pelo contrário! Eu recomendo muito essa leitura, mas tomem cuidado, tá? Ele vicia!
"Ainda tenho cicatrizes dos cortes nos braços. Estão desbotando - quase sumiram - mas estão lá, assim como as cicatrizes no meu coração. Minha história não é lá tão diferente da história de outras pessoas, mas às vezes me pergunto se eu ainda me sentiria tão sozinha e com raiva se não tivesse passado por tudo isso."
Avaliação
quase Excelente e favorito

18 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Ah, eu AMO demais esse livro! Eu não esperava que ele fosse tão bom! Mas fiquei apaixonada, gostei de mais da Perry e super me identifiquei. Só fiquei chateada que tem mais vários livros na continuação e nenhum é publicado no Brasil "/ Perguntei pro pessoal da editora e eles disseram que não sabem se vão publicar o resto :'(
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Ro, fiquei triste em saber q a editora n pretende publicar mais livros, tbm amei a leitura! =/

      Excluir
  2. Oi tudo bom ?
    Ai eu preciso, realmente, começar a ler mais livros assim. Também a edição da única é sempre um amor né?

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol,
    Não sou fã de livros de terror psicológico.Eu realmente fico com as coisas na cabeça e elas me deixam por dias sem conseguir dormir direito. HAHA Por outro lado, lendo esse quote maravilhoso que você selecionou da Perry, eu também senti que me identificaria com o livro. Tenho 22 anos e penso da mesma forma que a protagonista, e é tão bom se identificar com o pensamento de um personagem, né? kkkk

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari! Sim, é muito.bom msm, me identifiquei muito com ela! Hahaha, entendo seu receio! XD Bjs!

      Excluir
  4. Oi, Carol! Tudo bem? Achei a capa do livro muuito linda e a proposta dele bem interessante. Tenho medo de livros de terror, mas como você disse que ele não é tão terror assim, acho que daria uma chance para a obra! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Tony, leia sim, aposto que vc iria gostar da leitura tanto quanto eu! ;) bjs

      Excluir
  5. Oi, Carol!
    Eu até queria ler este livro, mas ao saber agora que faz parte de uma série que já conta com 7 livros, desisto por ora. Estou evitando séries. Acredito que irei curtir a leitura porque parece ser um bom livro, mas não quero ler agora e esperar uma vida para os demais livros serem publicados, sabe?
    Adorei saber sua opinião.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro, eu entendo, muita gnt falou isso pra mim qnd ficaram sabendo, e até eu fiquei um pouco desanimada msm, ainda mais sabendo q a editora n pretende continuar tão cedo =/ Mas eu já tenho cosume de n ler livros de série um atrás do outro, então n sofro tanto, rs. Bjs!

      Excluir
  6. Oi Carol!
    Eu vi algumas resenhas bem legais deste livro, mas o estilo do livro não faz muito meu tipo de leitura no momento. Gosto de algo menos suspense ou terror. Não tenho estomago pra esse gênero. Eu me pelo de medo e acabo sempre parando pra não ter uma ataque cardiaco.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiii, tudo bem??? Que resenha top, top :)
    Faz tempo que quero ler esse livro, mas ainda não tive tempo, heheh
    Mas sua resenha me animou bastante. A hora que surgir uma oportunidade vou ler sim :)
    Gosto bastante de livros com essa pegada, então vou amar. Só confesso não ser a maior fã das séries ;P
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol!
    Eu me empolguei junto com você conforme lia sua resenha.
    Gostei bastante da dica, não conhecia e você se supreender e colocá-lo como favorito, ma deixa animada para conhecer essa história.
    Vou ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom ouvir isso Ale! Creio que vc vau gostar muito da leitura, dá uma chance siiim! Bjs!

      Excluir
  9. Oie Carol! :D
    Estou querendo muito conferir a história desse livro, faz um tempinho que eu encontrei ele a venda na livraria mas o preço me desenconrajou a comprar! kkkkkk Bem, espero tomar coragem na próxima visita...

    Beijooos e até logo! :*
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol, tudo bom?
    Poxa, que bom que você solicitou esse livro logo de cara e gostou, né?
    É ótimo quando isso acontece :D
    Eu sou muito medrosa, então não sei se conseguiria ler sem ter pesadelos, hahaha. Fiquei tensa só de imaginar essas cenas bizarras que você citou, rs :S
    Beijos e boa semana ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  11. Oláá!

    Eu ainda não li esse livro mas sempre que alguém faz resenha é só elogios para a escrita e pelo enredo. Gostei de ver aqui.
    Acho horrivel começar um livro sem saber se vai ou não haver continuação. espero que saia o proximo logo ;D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  12. Me empolguei com o livro,nunca tive interesse em ler uma resenha dele até agora.É o meu tipo de gênero favorito,suspense,terror.Mas o ruim é que continuações demoram :(

    ResponderExcluir
  13. Ei!Gostei muito da sua resenha.O engraçado é que de primeira li o nome do livro assim: "Dark Horse" confundindo com a música da Katy Perry.Não me interessei muito quando vi,mas depois que li sua resenha,não pensei duas vezes e coloquei na minha lista de desejos.Parabéns!Você escreve muito bem. :D <3

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D