domingo, 19 de abril de 2015

Resenha // Com outros olhos – Thati Machado (Conto)






Título: Com outros olhos
Autora: Thati Machado
Editora: Amazon
Gênero: Romance/Drama
Ano: 2014
Páginas: 50
Literatura Nacional - Conto











Sinopse
A vida perfeita de aparências da jovem Lana se desfaz como pó depois de um trágico acidente com seu então namorado Lucas. Destinada a ultrapassar todos os obstáculos que a vida lhe impõe, Lana ingressa na Companhia Raoul de Teatro - com a ajuda de seu irmão - sem que saibam das suas limitações. Seus companheiros de trabalho parecem não facilitar a vida da moça, principalmente Arthur, que interpreta seu par romântico na peça. Ironia do destino ou não, Lana vai descobrir que uma vida sem luz ainda pode lhe oferecer tudo que uma garota sempre sonhou. E que as aparências... Sempre enganam.
"Com outros olhos" é um conto da autora e blogueira Thati Machado, à venda na Amazon (compre aqui) e agora em formato físico também (confira a novidade*-*). A Thati já publicou seu primeiro livro chamado "Ponte de Cristal", uma distopia/new adult nacional que vem conquistando muitos leitores e blogueiros. O pdf do conto Com outros olhos foi cedido para resenha aqui no blog, e é meu primeiro contato com a escrita dela. Um contato além das expectativas!

Com 50 páginas, "Com outros olhos" traz uma história que cativa o leitor gradualmente e inesperadamente. Não é um conto passageiro, uma pequena história que o leitor vai esquecer daqui a alguns dias. É marcante, sensível e certeiro demais. Vocês vão entender o porquê.
“Fiquei pensando sobre a minha vida, sobre como eu estava determinada a vencer barreiras e conquistar o meu espaço como atriz... Eu não sabia que pequenos detalhes seriam capazes de me deixar destroçada daquela forma.”
Acho que a sinopse é suficiente pra vocês entenderem a história sem correrem o risco de adquirir um spoiler, por isso não farei um resumo, mas comentarei alguns pontos ao longo da resenha.

A Lana, nossa protagonista, narra a história, e o que fica implícito ali na sinopse (mas é revelado nas primeiras páginas), é que depois desse acidente que ela sofre com o então namorado, ela perde totalmente a visão. Mas antes desse acontecimento, a Lana era uma pessoa muito fútil e imatura. Então as circunstâncias de sua nova condição fizeram seus pensamentos e modos mudarem. Ao longo do conto nós vemos uma personagem determinada, divertida e madura.

Ao mesmo tempo, a personagem tem seus momentos inevitáveis em que um pouco de fragilidade vem à tona, e a Thati soube retratar muito bem essas nuances e a realidade da vida de uma pessoa cega. Com certeza ela conhece alguém nessas condições para descrever seus sentimentos tão bem (creio eu). A Lana é uma personagem tocante e traz uma força especial ao conto.
“Eu ouvi dos médicos e também dos meus pais que eu poderia fazer o que quisesse, mas que precisava começar a aceitar minha recente condição. Bom, eu aceitava minha recente condição, mas havia escolhido uma forma diferente de lidar com ela. Eu não pretendo atrair a atenção de ninguém por pena. Pretendo atrair atenção pelo meu trabalho. É demais alguém querer isso?”
Mas não ficamos só nisso. Lana tem o sonho de atuar, e decide ingressar na Companhia Raoul de Teatro, com um detalhe: sem que os outros saibam de sua condição. Apenas o diretor tem ciência disso, e na sua escolha de elenco para a peça "Romeu e Julieta" de Shakespeare, surpreendentemente Lana é designada para o papel de Julieta Capuleto. Por isso, Com Outros Olhos conta também com várias referências a Shakespeare, que tornam a história ainda mais perfeita!

O par de Lana na peça é Arthur, também o "Romeu" da nossa história ;) Na verdade, assim como a Lana é um mistério para o Arthur, Arthur é um mistério para a Lana e para o leitor, rs. Os dois não se dão muito bem no começo da história, mas a convivência entre os ensaios para a peça acaba aproximando os dois aos poucos, e a química que faltava começa a aparecer... Mas, pela forma que a história é narrada, você acaba prestando bem mais atenção na Lana do que no Arthur, pois apesar do romance que nasce entre dois, a gente passa boa parte do conto sem saber muito sobre ele ou sobre sua percepção das coisas.

Já o Leo, irmão da Lana, sempre foi muito protetor e ligado a ela e é quem a ajuda na hora de lidar com suas limitações. Eu gostei bastante dele, foi muito companheiro e um apoio muito importante para ela. 
“Eu envolvi seu pescoço e esqueci-me de nossas discussões. Esqueci-me das minhas limitações e me deixei envolver... Fazia algum tempo que eu não era beijada. Mas fazia uma vida inteira que eu não era beijada daquela forma.”
Não encontrei nenhum erro ao longo do texto, e acho o título do conto e a capa perfeitos! A escrita da Thati é muito boa e tem propriedade sabem? Ela sabe como falar sobre assuntos delicados e como fazer com que temas sérios fiquem interessantes, achei isso muito legal. Vejo nela uma ótima representante da literatura nacional *-*

Fiquei triste quando a história acabou, mas apesar de pequena, foi super concisa e bem estruturada. É aquela história que "cutuca na ferida" e aborda temas relevantes, como o preconceito em suas várias manifestações. Lana nos ensina a correr atrás de nossos sonhos sem olhar para as circunstâncias, e a enxergarmos além das aparências. Esses são os elementos que tornaram essa história única, a ponto de deixar aquele sentimento de "queria ter escrito algo assim", haha.

E sobre o final... Vocês vão ter que ler o conto pra descobrir, mas fiquei literalmente de boca aberta :O Nem mais uma palavra! kk E vocês que me desculpem, mas não tenho o que criticar nesse texto, então... Cinco estrelas e mais uma fã pra você Thati! rsrs Espero poder ler o promissor Ponte de Cristal em breve!
“A visão é mais fácil, é claro que sim, mas ela faz com que pequenas coisas incríveis pareçam banais... Será que isso faz algum sentido?”
Avaliação
Excelente e favorito

ATENÇÃO!!!
Pra quem se interessou em ler o conto, nos dias 17, 18 e 19 de abril, ele estará disponível para baixar GRATUITAMENTE na Amazon, clique aqui!

10 comentários:

  1. Adoro livros em que o personagem muda radicalmente durante a leitura
    eles amadurecem e nos faz suspirar
    bju Carol

    http://karinapinheiro.com.br/encontros-desencontros-2/

    ResponderExcluir
  2. Oii carol, tudo bem??? Já li esse conto da Thati e ele também entrou na minha lista de favoritos. É lindo, perfeito. Fico muito feliz que também tenha gostado. Também quero ler Pontes de Cristal =D
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Que bacana sua resenha. Ainda não conhecia esse conto, mas me pareceu ser bem interessante. Que bom que você gostou.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol! Tudo bem? Ahhhh esse conto é um amor, né? Amei ele e concordo com tudo o que você falou na resenha! Também virei fã da Thati e já quero ler tudo que ela lançar! :3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol!
    A Thati é uma fofa mesmo, não tive a oportunidade de ler esse conto, mas já sei que vou amar! Adorei a dica.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já ouvi falar muito do outro trabalho da autora e imagino que esse seja muito bom também. Que legal poder baixar ele gratuitamente! Tenha uma semana abençoada, beijos.

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol,
    Tenho acompanhado o trabalho da Thati e estou com o livro dela Ponte de Cristal aqui em casa para ler. Ainda não tive oportunidade de ler o conto dela (isso por pura falta de tempo mesmo), mas parece ser lindo e muito emocionante e quero conhecer também com certeza. Enfim desejo todo sucesso do mundo para a autora.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii Carol, tudo bem com você?

    Também já tive o prazer de ler esse conto da Tati, que achei perfeito também, e achei tãão pouco essas 50 páginas, haha. É um ótimo ensinamento também, para não julgar as pessoas por sua aparência. Fico feliz que também tenha gostado.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu sei quem é a autora, mas realmente não gosto desse tipo de livro, por isso não me interessei logo na sinopse. A história parece ser bacana, só não faz muito meu estilo e leitura.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Carol

    Estou bem curiosa sobre esse livro da Thati. Li alguns comentários e todos muito positivos, por isso estou querendo ler.

    beijos

    http;//mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D