segunda-feira, 14 de julho de 2014

Meet&Greet // A Órfã da Normandie e a Karina Pinheiro




Olá colecionadores, tudo bem? :)
Hoje é dia de entrevista! *-* Vou apresentar pra vocês um livro e uma autora super legais. Preparados?
"A Órfã da Normandie" é uma trilogia escrita pela autora Karina Pinheiro. O primeiro volume se chama A Órfã da Normandie, seguido por A Órfã e a Convenção dos Elfos e por último A Órfã e a Cartada Final. O primeiro volume foi escrito entre 2011 e 2012 e os outros dois volumes em 2013.
A Karina vem comentando aqui no blog praticamente desde o começo e foi assim que acabamos nos comunicando. Ela é muito talentosa e escreve super bem! Ela tem um site onde estão as informações sobre seus livros e também posta vários contos, e eu fico babando porque os textos dela são muito bons, vocês tem que ir lá e conferir ;)
Voltando ao livro, por enquanto só podemos ficar curiosos com as imagens, sinopse e entrevista ao longo do post, mas em breve ele será publicado! \o/


Sinopse
Nascida na Normandie, no interior da França, Ada é uma menina amável e protegida pelo pai. Ao perdê-lo, e se tornar uma órfã, ela é enviada para morar com seus tios na Alemanha, numa época em que o país servia como pano de fundo da Segunda Guerra Mundial. Após a sua chegada, ela não mudará apenas a sua vida, mas como de todos à sua volta, terá que aprender a conviver com sua nova família e a enfrentar a realidade dura da guerra. 
Nessa jornada, ela contará com a amizade do seu primo Henri e dos empregados Louis e Luisa, os quais guardam um grande segredo. Ada descobrirá ainda que tanto ela quanto o seu primo são os escolhidos para uma grande missão num submundo fantasioso, cuja entrada se dá através de uma árvore no seu jardim, se deparando com outra realidade. 
O elfo Cael e a fada Frida são os guias dessa misteriosa aventura, os quais farão de tudo para salvar a floresta e o seu rei de serem exterminados pela falta de amor que existe no mundo real, interferindo drasticamente na fantasia do lugar. 
Ada viverá num mundo paralelo, onde a fantasia e a realidade se fundem e cujos seres místicos da floresta se assemelham com sua família de fato. 
A menina não apenas protegerá, como também será protegida e amada, sem saber, por Cael. O que antes era apenas um vazio, fez com que a órfã despertasse reações de humano no elfo e ambos descobriram o significado do amor, numa época em que a guerra destruía e devastava tudo a sua volta.
♥♥♥

Como o livro ainda não tem capa, vou colocar algumas imagens com citações que a Karina postou na fanpage do livro no facebook:



Sobre a autora


Karina Pinheiro escreveu sua primeira obra em 2010, chamada "Escrevi, mas não mandei", sobre cartas e crônicas. Desde então, decidiu continuar no universo adolescente, com o qual sempre se identificou, e a decisão veio com a trilogia: A Órfã da Normandie. 
Além de ser escritora, Karina é atriz teatral, em 2012 se apresentou num monólogo feito por ela mesma, chamado: as histórias cinematográficas e a realidade nua e crua. O teatro, a literatura e a arte sempre acompanharam essa jovem desde muito cedo, sendo também formada em História pela faculdade Uni La Salle. 
Sobre o livro A Órfã da Normandie, Karina conta que foi sua obra mais trabalhosa e há tempos queria juntar um fato histórico tão relevante e importante até os dias atuais, como a Segunda Guerra Mundial, com fantasia. “Viver numa fábula com elfos e fadas é o sonho de toda garotinha, é uma maneira de fugir um pouco da realidade, que muitas vezes pode ser cruel”, diz a autora.

Entrevista

A Colecionadora de Histórias - O que te influenciou na infância para entrar no mundo das artes, literatura e teatro? Quem te ajudou e quais são suas referências e inspirações?
Karina - Eu não me lembro bem quando tudo começou, eu sempre digo que isso nasceu comigo. Desde criança eu já tinha gostos “estranhos”, que a maioria das crianças não tinham. Eu gostava de visitar museus, de brincar de teatrinho, ler e ver filmes antigos como "O vento levou". Eu sempre fui noveleira e cinéfila, acho que isso tudo me motivou a fazer teatro desde pequena, eu assistia a novela, decorava as falas e no recreio imitava a cena para minha amiguinha da escola fazer comigo. Foi quando eu comecei a fazer teatro na escola, depois parti para cursos de fora e mais tarde fui fazer teatro profissionalizante em Botafogo. Depois o amor pela arte acabou me levando a cursar História na faculdade, uma coisa vai levando a outra. Na literatura quem sempre me inspirou foram Clarice Lispector e Mário Quintana, sempre foram meus poetas favoritos. Para mim eles são os únicos que conseguem descrever os sentimentos da alma e analisar o ser humano de fato. 

A Colecionadora de Histórias - O que eu mais gostei no seu livro é a proposta Histórica + Fantástica. Como você acha que os leitores vão reagir a essa temática diferente, o que você espera que a história desperte em nós? 
Karina - Eu sempre quis misturar fantasia com fatos históricos, queria mostrar que sempre há um jeito de ver algo bom por mais que a realidade seja cruel. O objetivo é despertar vários sentimentos diferentes, amor, tristeza, esperança. Como é uma trilogia, eu quero que os leitores torçam pelo amor da órfã Ada com o elfo Cael, um romance improvável, porém não impossível. Eu quero que acreditem que tudo é possível de se lutar. 

A Colecionadora de Histórias - Como foi o processo de criação dos personagens da história? Eles têm um pouco de você? Essa interação do ser humano com o sobrenatural, como é a sensação de ter criado todo esse mundo em um livro? 
Karina - O processo de criação do volume 1 foi um pouco demorado, demorei dois anos para finalizá-lo. A Ada tem muito de mim, ela é medrosa e ao mesmo tempo é corajosa, adora questionar o certo e o errado, mas o Cael tem tudo de mim, ele filosofa sobre o ser humano, debocha, é extrovertido e altamente romântico. Como eu disse acima, eu sempre quis misturar fantasia com história, mostrar que a história pode ser além de guerras, política e uma leitura cansativa, ela também pode ser cheia de aventura, fantasia e romance. Espero que as pessoas se aproximem um pouco mais da matéria por causa disso. Eu sempre fui mística, acredito em anjos e reencarnação, então essa é a sensação que a obra causa em mim, além de serem temas que eu abordo na Órfã. 

A Colecionadora de Histórias - Fale um pouco sobre seu primeiro livro “Escrevi, mas não mandei” e onde podemos encontrá-lo. 
Karina - O "Escrevi, mas não mandei" é uma coletânea de crônicas, cartas e poemas. Ele pode ser encontrado no blog: http://karinapinheiro.com.br/blog os textos que eu publico nesse menu são todos dessa obra. Penso em publicá-lo depois da Órfã. Eu queria juntar os meus pensamentos e filosofias sobre o mundo e meus desabafos das minhas frustrações amorosas. O Escrevi, mas não mandei é o meu desabafo. Tinha medo de ficar exposta, já que ali repousam todas as cartas não enviadas para várias pessoas que foram importantes na minha vida, essa obra é muito transparente. Tinha receio também das pessoas não gostarem, por aparentar ser melancólico demais, mas quanto mais eu publicava no blog os textos avulsos mais elas gostavam e se identificavam. Eu acho que a graça mesmo desse livro é a sutileza da melancolia sobre o mundo, sobre as pessoas, sobre si mesmo que todo mundo gostaria de poder expressar com palavras e poder gritar ao mundo, a escrita é a forma mais corajosa e poética para dizer.

A Colecionadora de Histórias - Você pretende escrever outros livros? Continuará nesse gênero ou escreverá outros tipos de história também? 
Karina - Sim, pretendo escrever outros livros. Já tenho alguns guardados na gaveta. Pretendo continuar com o público infanto juvenil, acho mais divertido escrever para eles, é um público mais sincero. 

A Colecionadora de Histórias - Você está no processo de encontrar uma editora que publique seu livro. Conte-nos um pouco sobre essa experiência. 
Karina - Eu já encontrei a editora, se chama Multifoco, A Órfã da Normandie deve sair ainda esse ano. 

Mensagem Final
Eu espero muito que vocês gostem, quando expomos o que escrevemos para alguém estamos expondo nossa alma também, nossos pensamentos e sentimentos. É como se fosse um filho que estivesse nascendo. Tive muito carinho e dedicação a cada obra e dei o meu melhor em todas elas. Espero que vocês desfrutem o máximo.
♥♥♥

Eu quero agradecer à Karina por ter participado, e espero que o trabalho dela seja reconhecido e admirado. Ela é muito simpática e lhe desejo todo o sucesso do mundo!
Espero que tenham gostado, beijos!

*informações dadas pela autora

18 comentários:

  1. Que lindo!
    Gostei tanto!
    E as imagens que você escolheu também para ilustrar.
    Adorei Carol. A parte das entrevistas é o que eu mais gosto no seu blog, além de dar oportunidade para os escritores mostrarem o seu trabalho.

    karinapinheiro.com.br/blog

    ResponderExcluir
  2. Bom conhecer outra autora brasileira. Tenho visto que nossos autores estão conseguindo bastante espaço nas editoras. Mas isso é um processo demorado!
    Depende de nós leitores!

    Muit legal a história de Ada, me lembrou um pouco Narnia. Mas acredito que seja diferente. Muito boa a entrevista tambem
    Sucesso para a autora

    bjos
    Leitura de Ouro - leituradeouro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei! França, Alemanha, Segunda Guerra e fantasia numa história promete muito! Ótima entrevista.
    Beijinhos!

    http://readinginparis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Muito legal a entrevista!! *---* Gostei muito, :)
    - http://contosdeescritores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista! A história e tudo *-* muito boa, parece ser ótimo!

    Beijooos <3

    Blog: http://cerejamutanteblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É tão bom conhecer novos autores brasileiros. E essa estória! Falando da França e da Segunda Guerra Mundial, com certeza já quero comprar! *-*
    Abraços

    garotoincomum.com

    ResponderExcluir
  7. Olá minha querida, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo seu cantinho, porque eu achei tudo muito lindo aqui. Outra coisa, adorei a sua postagem, até porque eu não conhecia essa autora nacional e o seu livro me chamou bastante atenção. Vou procurar conhecer ele mais um pouquinho. Ver resenhas e tudo mais. Quem sabe eu resenho também em meu blog né? =]

    Outra coisa, queria te convidar a vim conhecer o meu cantinho, porque o seu blog já está mais do que seguido. Meus parabens mesmo. Espero poder voltar aqui mais vezes para ver suas novidades.
    Se cuida linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adorei a entrevista. Não conhecia a Karina, e adorei poder conhecer. *-*
    Beijos
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. AMEI! Tanto a sinopse, quanto a entrevista com a autora!
    Quero ler! E realmente, nós humanos somos muito chatos e mudamos de opinião toda hora, hahaha
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho uma paixão particular com obras literarias nacionais, e tenho que te parabenizar por apoiar escritores nacionais. Adorei a temática do livro, e me encantei com a personagem principal, já pelo nome "Ada" achei lindo.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Fadas, elfos e a segunda guerra mundial? Quero pra ontem! *-* Desejo sucesso à Karina e espero que o livro saia logo porque quero ler! Só acho uma pena que saia pela Multifoco, os autores que conheço que publicaram pela editora não ficaram satisfeitos... :/

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Adoro conhecer autores nacionais, é bom saber que essa area aqui no Brasil está crescendo. Adorei a entrevista, fiquei curiosa para ler. Sucesso!!!!!
    Beijooos

    our-constellations.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Amei conhecer, são poucas no Brasil, é bom saber que temos essa variedade de livros crescendo...
    Beijo ♥

    http://iinventiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post, esse livro parece ser muuito interessante, pena que ainda nem capa possui, mas acredito que em breve a autora irá estar lançando ele e espero que eu consiga ler, porque fiquei realmente interessada :3 Quanto a entrevista, eu adorei também, sempre digo que amo entrevistas, porque a gente acaba conhecendo o autor, né? E com a sua, me lembrei que tenho que fazer mais para o meu blog, mas essa vida de blogueira não é tão fácil, né? kkkkk Enfim, adorei o post, parabéns por estar divulgando a autora e desejo sucesso para ela e para você o/

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  15. Poxa, pena que ainda não tem a capa, fiquei curiosa!!
    Mas de cara já digo que adorei a sinopse e a entrevista..
    E o nome também me chamou bastante atenção!

    Muito sucesso na divulgação da autora.. <3
    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro entrevistas *-*

    Como ela é simpatica, não a conhecia, mas adorei saber mais sobre ela. Quero a capa logo *-*

    Beijinhos,
    Blog EC&M | entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Menina, gostei do que li. Mas quando lemos uma trilogia, ficamos sempre ansiosos demais esperando o próximo né? Que pena que ainda não tem capa. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Obrigada a todos por estarem sempre por aqui! *-* Fico feliz que vocês gostem das entrevistas e da iniciativa de apresentar novos autores :)
    Karina, que bom que gostou, obrigada pelo apoio!
    Santos, volte sempre, não tinha pensado em Nárnia, mas até que lembra msm, haha. Concordo com vc, depende de nós leitores tbm! ;)
    Enza e Anderson, tbm adorei esses elementos, doida pra conferir o resultado! Obg!
    Amanda, Brenda, Silvana, Dessa, Ana e Jéssica, fico feliz, não deixem de conferir qnd o livro for lançado ;)
    Ale, tbm amei esse quote, muito bonito, haha =D
    Oi Débora, obg, de verdade! Que bom que gostou, Ada é um nome bonito msm *-*
    Oi Ju, volte sempre! É mesmo? Tenho outra amiga que o livro tbm sairá pela Multifoco, tomara que elas tenham sorte de isso não acontecer com elas, rs.
    Larissa, realmente, mas logo ele será publicado e teremos um capa! haha. Tbm fiquei curiosa, sucesso pro seu blog tbm! Bjs
    Oi Thati, ficarei devendo a capa pra vcs, qnd o livro for lançado mostrarei aqui, rs. Obg pelo comentário!
    Ela é super simpática, Ana Paula! Fico feliz, tbm queero! haha
    Verdade Paula, essas trilogias ♥ Então não deixe de conferir qnd o livro for lançado, volte sempre!
    Beijos à todos e desculpem a demora para responder =/

    ResponderExcluir

Querido leitor, deixe seu comentário, ele é muito importante pra nós! *-*
Vamos adorar visitar seu blog e retribuir, é só deixar o link ;D