terça-feira, 29 de julho de 2014

Resenha // Academia de Vampiros: O Beijo das Sombras - Richelle Mead







Livro: Academia de Vampiros - O Beijo das Sombras
Título Original: Vampire Academy - Shadow Kiss
Autor: Richelle Mead
Editora: Agir
Páginas: 320
Ano: 2009
Gênero: Fantasia/Romance
Literatura: Estrangeira
Volume: 1 de 6
Link: Skoob





Podem falar: finalmente uma resenha, né Carol? Pois é XD
Antes de comentarmos sobre esse livro, temos dois novos blogs parceiros Vida de Leitora e Victor Reads, visitem depois ;) E nesta resenha exclusivamente, não teremos fotos do livro, pois não tenho ele =/

Sinopse


Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 

Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar? 

Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.


Resenha


Personagens únicos e com os quais podemos nos identificar. Romance e ação na medida certa. Um enredo diferente. Ou seja, uma saga vampiresca que se destaca entre tantas outras e vale a pena conferir.

A maioria dos Dampiros (humano+vampiro) dedicam suas vidas a serem guardiões dos Moroi (vampiros do bem). E Rose Hathaway, além de melhor amiga, é a guardiã da princesa Lissa Dragomir. Depois de dois anos fugindo, as duas são capturadas pelos guardiões da Escola São Vladimir, e retornam para suas vidas de estudante. Como Rose ainda é aprendiz de guardiã e perdeu boa parte das aulas, é obrigada pela Diretora Kirova a ter aulas extras com um instrutor, um dos guardiões que a capturaram: Dimitri Belikov.
A partir daí, romance, mistérios, intrigas e acontecimentos estranhos tomam conta da história, envolvendo Lissa e Rose numa trama que ainda está longe de acabar.


O comecinho do livro é meio chato, mas depois que as meninas voltam para a escola São Vladimir, a história começa a empolgar! =D
O livro gira em torno das vidas de Rose e Lissa. Rose é impulsiva, diz o que pensa, é meio mandona, mas é super fiel à melhor amiga. Lissa era pra ser uma personagem bem fofa e tranquila... Mas bem, o destino quis algo mais para complicar a vida da princesa Moroi. Vocês vão saber quando lerem, mas o mistério do primeiro livro gira em torno disso.
Dimitri, o instrutor (e + do que isso) de Rose é um cara sombrio, a princípio; contido, sábio, poderoso, paciente, lindão, e quem diria? Um eterno romântico. Haha, Rose teve sorte, queria ele pra mim u.u
“Não. Se eu me permitir amar você, não vou me colocar como escudo na frente dela. Vou querer me atirar para proteger você.” – Dimitri Belikov
Temos também Christián Ozera, que é o aluno rejeitado da escola, pois carrega a história que seus pais tiveram com os Strigois (vampiros do mal). Ele e Lissa acabam se tornando amigos, o que não deixa Rose muito feliz, pois tem uma desconfiança em relação a ele. Gosto do Christián, ele é um personagem interessante. Arrogante, irônico, lutador e fiel.

Para primeiro livro de uma série de vampiros, me surpreendeu. Não teve enrolação (espero que os próximos não sigam esse caminho), te prende desde o começo, tem um final frenético e ainda prevejo muitos mistérios que a autora pode abordar tranquilamente nos próximos cinco livros, rs.
Gostei muito do mundo que a autora criou. A rivalidade entre Dampiros, Morois e Strigois é fascinante! *-* Aliás, a narrativa é muito boa! ;D Gosto das capas e títulos da série também, são bem legais e pertinentes!

Como alguns devem saber, a adaptação desse primeiro livro para o cinema iria estrear aqui no Brasil no início do ano, porém a estréia foi cancelada pela baixa bilheteria nos EUA =/ Ainda sim, vocês podem ver o filme pela internet e creio que já está em DVD também. Trailer abaixo:


A questão é que desde que soube da adaptação e vi o trailer, eu venho tentando não criar muitas expectativas com esse filme, porque está na cara que não saiu bem do jeito que deveria ser e eu imaginei... Parece que é uma adaptação meio modinha para adolescentes, sabem? Tem um tom até meio de comédia. E o livro não tem esse clima nem foco, é totalmente diferente. Uma pena.

Queria saber o motivo dessa série de livros não ser assim tão conhecida e falada, pois é uma representante e tanto da literatura vampiresca (~leia-se: melhor que Crepúsculo). Então, façam o favor de colocar VA (Vampire Academy, em inglês) em suas listas de leitura, porque é uma saga muito boa e viciante!
“Me ensine a lutar. Fugir eu já sei.” – Rose Hathaway
Já li O Beijo das Sombras há algum tempo. Atualmente, acabei de ler o quarto livro da série, então já temos +3 resenhas garantidas ;) O próximo livro da série se chama “Aura Negra”.
E vocês, já conhecem a saga? O que acham dos livros e do filme? Beijos!


Avaliação

Excelente/Favorito



segunda-feira, 28 de julho de 2014

Parceria // Sebo Acrobata das Letras


Hey colecionadores!
Perguntinha pra vocês: Alguém aí não gosta de comprar aquele livro que tanto queria, por um precinho bem baixo? Eu amo! haha
Um lugar onde fazemos esse tipo de achado são os queridos sebos de livros *-* Além de terem livros mais baratos e uma boa variedade de gêneros, ainda podemos encontrar edições mais antigas e aqueles livros de autores que quase ninguém conhece ;)
Porém, infelizmente nem sempre temos um sebo perto de nossas casas. No meu caso, preciso ir até o bairro vizinho pra encontrar um. E é aí que entra o nosso novo parceiro: o Sebo Online Acrobata das Letras \o/

Site             Facebook

Fiquei muito feliz com o contato deles, é uma coisa que é útil pra todos nós. No site tem livros de vários autores (Agatha Christie, Erico Verissimo, Harold Robbins, Jorge Amado, Shakespeare, José de Alencar, Augusto Cury, entre outros) com preços variados. O livro mais barato do site custa R$1,50; e o mais caro R$36,00. Eu gostei muito do que eles têm lá e dos preços, bem em conta mesmo.
Querem ver um exemplo? No sebo que eu frequento aqui, praticamente todos os livros do Sidney Sheldon custam R$16,00:
Viram? Mesmo se contarmos com o frete, não chega ao preço que pagava por aqui XD

Alguns detalhes sobre a compra no site:
O pagamento pode ser feito por cartão, boleto ou depósito bancário.
Parcelamos em até 3x sem juros no cartão.
Quem paga por depósito bancário ganha descontos.
O cliente pode optar por três formas de envio: Sedex, PAC ou Impresso Módico.
Entrega em todo o Brasil.

E sabem o melhor de tudo? Tem desconto pra vocês! =D

O banner aqui em cima possui o cupom/código que vocês devem usar para adquirir o desconto na hora da compra: colecionadora. Está na sidebar também.

Aproveitem! Logo vou fazer minhas comprinhas por lá também ;)

Aviso importante: Eu mudei o formulário de contato do blog semana retrasada, pois não estava funcionando. Como recebi algumas mensagens nesse curto período após a mudança, posso ter perdido alguns contatos. Se você enviou alguma mensagem para o blog e não foi respondido, por favor, envie novamente ;)

domingo, 27 de julho de 2014

Leituras do Mês // Junho de 2014


Eu estou me sentindo envergonhada neste momento. É sério, eu só li 3 livros em 1 mês e estou de férias. O que está acontecendo comigo? rsrs. Na verdade era pra eu ter terminado de ler Divergente em junho também, mas vai ficar pro post de Julho XD
Falando nisso, esse será o último post da coluna nesse formato, andei tendo umas ideias e as Leituras do Mês de Julho estarão com cara nova! Acho que vocês vão gostar *-*
Desculpem o atraso da coluna e vamos as leituras!


Todo Dia – David Levithan
"Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor."
Eu já falei que me surpreendi com essa leitura, que a história é muito boa, que o autor escreve muito bem... O que vocês estão esperando pra ler? Kkk

(agora eu tenho outro minion, haha *-*)

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
"O Pequeno Príncipe, devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações... O reencontro, o homem-menino."
Que coisa mais linda esse livro meu povo! As pessoas falam falam e falam, mas eu não imaginava que ia gostar tanto, haha.


Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins
"Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?"
Eu já devia ter lido esse há bastante tempo. É uma história fofa, mas eu tinha um pouquinho mais de expectativas, esperava um pouquinho mais de romance... =/


Bônus: 365 dias do ano (Staying Strong) – Demi Lovato
Então, eu decidi ler o livro da Demi durante o ano mesmo, dia após dia ;) Comecei no dia 18 de junho, então ele só vai aparecer nas Leituras do Mês em julho do ano que vem kkk. Mas a diagramação e as lições e citações que a Demi escolheu compartilhar são o que tornam esse livro lindo e especial *-* No Instagram vocês podem acompanhar os capítulos do livro que eu mais gosto =D

E foi isso, achei essas 3 últimas fotos tão fofas! haha
Já leram algum desses livros?

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Tag // Desafio dos 100 filmes (Parte I)


Hey colecionadores!
Estréia de coluna hoje *-* No TopMovies vou postar listas temáticas indicando filmes, podem ser: 5 romances clichês, ou os 5 piores filmes de terror, rs. Entenderam o espírito da coisa? XD Porém, especialmente hoje essa coluna não seguirá exatamente essa linha.
Já ouviram falar do desafio dos 100 filmes? Não? Vou explicar, rs. Na verdade eu vi isso no Filmow, que é uma rede social para cinéfilos bem legal que eu participo há bastante tempo. Então, eu vi esse desafio em forma de lista por lá e resolvi trazer para o blog ;) São 100 perguntas que você deve responder com o nome de um filme. Hoje estarei respondendo as 10 primeiras perguntas do desafio =D

01. Um filme que lembre a sua infância

Rei Leão 1 e 2. Bem, eu gosto de muitos desenhos, e muitas animações, mas o fato é que Rei Leão é o que mais me dá aquele sentimento de infância mesmo, sabe? Kk. O 2 principalmente, sei as falas, as músicas, era viciada! XD

02. Um filme que marcou a sua adolescência


Stardust – O Mistério da Estrela. Pelo amor de Deus, se você ainda não viu esse filme, VEJA! É muito divertido e fofo! Eu fiquei encantada por ele depois de assistir, um dos meus favoritos até hoje! Sabiam que foi baseado em um livro? O Mistério da Estrela - Neil Gaiman

03. Um filme que passe na Sessão da Tarde e que você adora


Operação Cupido. Gente, não adianta: sempre parece que estou assistindo esse filme pela primeira vez! E minha irmã adooora também, então a gente se diverte :P É muito engraçado e fofo também.

04. Um filme que você considera um clássico


Navio Fantasma. Olha, tem muita gente que não gosta desse filme. Mas eu acho ele genial. Principalmente o jeito que começa, e o jeito que termina: é muito show! kkk Se você gosta de terror, assista e tire suas próprias conclusões ;)

05. O melhor filme de seu diretor favorito


Sweeney Todd – O barbeiro demoníaco da Rua Fleet. Bem, eu não tenho um diretor favorito, mas gosto de dois em especial: Tim Burton e James Cameron. Pra mim, Sweeney Todd é o melhor filme do Tim Burton. Eu acho ele o máximo e muito bem feito, é um dos meus favoritos. É um musical e tem um clima sombrio, e claro, Johnny Depp e Helena Bonham Carter, rs.

06. Um filme de vampiro


Entrevista com o vampiro. É um clássico. Se você quer ver vampiros de verdade, assista esse filme. É um pouco tenso, sombrio e dramático, com ótimas atuações: Brad Pitt, Tom Cruise, Kirsten Dunst e Antonio Banderas , todos no mesmo filme gente, fala sério! *-* É uma adaptação do livro da Anne Rice, de mesmo nome.

07. Um filme que você gostaria de ter assistido no cinema e não viu


A Menina que Roubava Livros. Não vi no cinema e não vi até agora! rs. Eu amei a história do livro e estou louca pra conferir essa adaptação ;)

08. Um filme ruim de um diretor bom


Frankenweenie. A verdade é que eu não acompanho muito essa parte de “quem dirigiu o filme”, rs. Foram as perguntas mais difíceis de responder XD Mas eu não quero deixar nenhuma sem resposta, então fiz esse jogo: o melhor e o pior filmes do Tim Burton. Na minha opinião, um filme fraco do Tim foi esse, nada me interessou nele. Talvez não concordem, mas como eu disse, não sou especialista nessa questão de direção.

09. Um filme de baixo orçamento que você tenha gostado


O Herdeiro do Diabo. Não fui conferir, mas tenho quase certeza de que não gastaram quase nada pra fazer esse filme. É um filme ridículo gente, não traz nada de novo pro terror e talz, mas eu vi no cinema (porque eu e minha amiga não tínhamos nada de melhor pra fazer, rs) e não achei ruim. É isso. Pra vocês terem noção, a pontuação dele no Filmow é de 1.7 de 5 estrelas XD

10. Um filme com uma ótima música-tema


Titanic. Nossa, são tantas músicas que eu gosto! Kkk Mas gente, Titanic é imbatível! A música perfeita, no momento perfeito, no filme perfeito, ou seja: um conjunto perfeito! Sem mais, só de pensar dá vontade de chorar

Se alguém se interessar e quiser fazer também, nesse link estão todas as 100 perguntas do desafio :)
E aí, quais filmes estariam nessa lista pra vocês? Beijos!

*imagens: google/we heart it

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Foto do Leitor // Livro Preferido (Resultado)


Com uma certa alegria venho mostrar as poucas fotos que recebemos.
Sim foram poucas, mas mesmo tendo sido poucas não me desanimo em vir trazer outras vezes o foto do leitor para vocês, pois é o modo carinhoso que temos de retorno de vocês. Agradeço todos que enviaram e os que realmente pensaram em mandar e entendo por não ter mandado, pois sei que tem vezes que pensamos no "depois eu mando", "depois eu tiro a foto e mando" e por fim acabamos esquecendo, mas o que vale foi a intenção de querer ter enviado. Não deixarei o foto do leitor de lado porque tanto eu quanto a outra Carol amamos livros, amamos fotos e de interagir com todos vocês.
Caso você não tenha enviado a sua foto por achar que ela não seria boa o suficiente para entrar no post ou algum outro pensamento parecido, por favor, não deixe de participar do próximo, não pra termos só mais uma foto pela qual escolher, mas sim para vocês não desistirem fácil das escolhas e oportunidades da vida. Pode ser uma comparação muito da fraca ou sem comparação nenhuma mesmo, mas sempre pense e leve para o lado da intenção. Agora vamos para as fotinhos que recebemos e obrigada pelo carinho que tiveram.

Juliana com seus três livros da Veronica Roth
Blog: Depois de Voar     Instagram: @depoisdevoar

Isabella com o seu livro (que gostou de ler) do John Green
Blog: Reticências

Fernanda com o seu livro preferido da J.K. 
Blog: Nanda Pensa    Flickr: @soynanda

Camila com uma das suas últimas leituras. 
Blog: Subexplicado

Rachel e seu livro preferido do HP da J.K. 
Blog: Corujando    Flickr: @chel_lima

Alexandra e os seus dois livros preferidos!
Instagram: @alexandralvesf

Extra! Extra! Extra!

Vocês acharam ou chegaram imaginar que as duas Donas Carol aqui não iriam fazer o seu click também? Pois se engana quem pensou que não! 

Carol Ariel com os livros preferidos da Anne e J.K.

Carol Cristina e 3 dos seus muitos livros preferidos.

Acho que Harry Potter teve um certo domínio por aqui, não é mesmo? Só pra constar que não tem patrocínio nenhum entre o blog e a J.K., rs (já pensou o quão ricas estaríamos).

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Caixa de Correio // Junho de 2014


E aí colecionadores?

Esta é a segunda Caixa de Correio aqui no blog, não tão abarrotada quanto a primeira, mas ainda assim recheada, rs. Junho foi um bom mês, alguns livros demoraram para chegar, outros não era nem para eu ter comprado, mas é assim mesmo :P Eu estou tentando diminuir minhas compras literárias, acho que na caixa de correio de Julho vocês já verão a diferença, não estou ganhando promoções nem tenho mais livros para trocar =/

(9 livros!)

Trocas

Eu fiz a troca desses livros no Skoob ainda em Maio, e estava bem ansiosa para recebê-los.
Travessia – Ally Condie Esse livro é a sequência de Destino, uma distopia bem legal que eu já li e que ainda vai ter resenha aqui no blog. Agora só falta Conquista! *-* Eu troquei esse livro por Sem clima para o amor – Rachel Gibson, que foi uma leitura da qual infelizmente eu não gostei e vai ter resenha por aqui também. (sinopse)
Você Tem Sete Mensagens – Stewart Lewis A primeira vez que eu vi esse livro foi no antigo blog da Carol (atual), e eu gostei muito da sinopse dele e da capa, e aí ele foi parar nos meus desejados desde então. É um livro que o preço não diminui de jeito nenhum na internet, e que eu consegui trocar por milagre, rs. Eu troquei por Antes que eu vá – Lauren Oliver (me julguem), e também já fiz resenha desse livro pra postar. O problema é que a minha irmã já leu, e ela não gostou. E agora eu estou com medo de ter colocado expectativa demais na história, kkk. (sinopse)


Ganhei!

Querida Sue – Jessica Brockmole  Gente, eu estou muito ansiosa pra ler esse livro, por dois motivos: Eu já amei quando bati o olho na sinopse e na capa e me lembrou Querido John, rs; e porque a Thaís (blog) não cansa de me recomendar esse livro e isso é um ótimo sinal porque ela também me recomendou Querido John *-* Então, eu ganhei esse livro numa promoção do blog Daily of Books, onde na verdade o prêmio era um livro surpresa, e aí eu enviei uma lista de sugestões para a Mila e ela acabou escolhendo Querida Sue e eu a amo por isso XD (sinopse)


Compras

A Escolha de Jake – Jim & Rachel Britts  Bem, é a primeira vez que tenho a oportunidade aqui de falar que sou evangélica, e esse livro é um romance cristão que estava em promoção nas Lojas Americanas e eu tive que comprar, rs. Romances assim ainda são raros na literatura e caros, infelizmente =/ Mas, estamos progredindo, e esse livro é sequencia de “Para salvar uma vida” mas vou ler ainda assim XD (sinopse)
Veneno – Sarah Pinborough  Esse livro é o primeiro da Saga Encantadas, e de vez em quando eu via alguém falando dele aqui na blogosfera. Eu sempre gostei da capa, é bem bonita, e a sinopse me deixa curiosa, principalmente porque o livro é recomendado para os fãs da série Once Upon a Time, que eu amo! Os três livros da saga estavam em promoção, então aproveitei a oportunidade e espero que seja uma boa leitura :) (sinopse)


Brisa de Verão – Gary Chapman e Catherine Palmer  Outro romance cristão *-* Esse e o debaixo estavam perdidos numa livraria gospel, com um preço super em conta também! Eu fiquei sabendo desses dois autores há pouco tempo, e parece que seus romances são muito bons, então quero conferir logo essa história ;) (sinopse)
Quer Namorar Comigo? – Betsy Williams  Eu achei tão fofo esse livro, é pequeno, mas tem várias curiosidades, frases, poemas e versículos bonitos que tem a ver com amor e talz =D (sinopse)


Vira-Vira Sidney Sheldon - Nada Dura para Sempre/Se Houver Amanhã  Comprei esses no sebo. Sidney Sheldon é um dos meus autores favoritos e esse é o meu segundo vira-vira dele, haha. (sinopse)
Meu Anjo Loiro – Nora Roberts  Nora Roberts também é uma das minhas autoras preferidas, e geralmente é um pouco difícil encontrar esses romances de banca antigos dela (são os melhores), por isso acabei comprando esse livro e a sinopse também me interessou bastante. (sinopse)
♥♥♥

Obs: Não esqueçam da coluna Foto do Leitor, envie uma foto com seu(s) livro(s) preferido(s) até amanhã para: contatoacdh@hotmail.com Não está sabendo? Confira aqui.
(Pessoal, não fiquem preocupados com o tipo de foto, o objetivo da coluna é a interação com os leitores do blog, não a criatividade ou a qualidade da foto. Participem! ;)


E por hoje e só, comentem! Beijos

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Série // Orphan Black

Imagem tirada do google

Não sei se é de interesse de todos (ou de muitos) assistir e acompanhar seriados. Começo confessando que se me agrada, tento acompanhar, só que nem sempre consigo. Horas por ter preguiça de assistir ou por ter preguiça de baixar. Mas se o assunto for de seu interesse, ficarei feliz em tentar te conquistar agora.

Primeiro, o que você faria se visse uma simples pessoa tirar seu casaco, sapato e deixar seus pertences de lado, olhar para você e do nada pular na frente do trem? Algo maluco e sem reação, não é mesmo? Ao menos é o que eu acho que pensaria no momento. Segundo, se no instante que esta pessoa te olhou, antes de pular, ter o mesmo rosto que você? Mas maluco ainda, não?

Imagem tirada do google

Pois bem, o que temos hoje aqui é esta "doideira". A série tem este começo "estranho" onde Sarah saí de uma linha que acabou de chegar e começa a andar quando se depara com uma mulher (de costas) tirando seu casaco, sapato e deixando sua bolsa de lado e pula no hora exata em que o trem esta passando. Óbvio que ela tem seu choque no momento, mas acaba por pegar a bolsa da falecida e remexe sua carteira e percebe que a moça tem os mesmos traços que ela. Sarah não pensa duas vezes e resolve assumir a identidade da falecida Beth. Vamos lembrar agora que Sarah é órfã, não conheceu seus pais e foi criada pela Sr. S e tem um irmão adotivo, Felix. O que Sarah não esperava era que Beth era uma detetive que estava afastada por ter matado uma mulher. O que é verdadeiro e sem sombra de dúvidas é que Sarah entrou em uma bela luta pela vida. Pra Beth ter se jogado na frente de um trem, teve seus motivos, mas quais seriam? Episódios passam e descobrimos outras mulheres com a mesma aparência de Sarah. Nada passa de todas serem simples clones. Interessante, não é mesmo? Bem, a partir daí só temos mais e mais descobertas, quando você espera não ter mais clone espalhado, aparece mais uma.

Disse no começo que se for do meu interesse, tento acompanhar, só que em Orphan não houve uma tentativa, mas sim um devorar em acompanhar. Em menos de uma semana devorei as duas temporadas. Ops, acho que esqueci de mencionar isto ali em cima, mas saiba que fiz um resumo de ambas as temporadas. Mas, quem me apresentou a série? Minha prima, ela foi a "culpada" por isto.

Imagem tirada do google

Como se trata de clonagem, logo somos apresentados a alguns personagens, e preciso apresentar algumas dessas "Sarah's". Temos a Cosima, uma nerd em ciência e confesso que é uma fofa que você logo se apaixona e deseja em ter uma em sua vida, e quando digo que é nerd é porque ela é muito nerd e vai fazer você se encantar por uma parte da medicina (posso ter falado uma grande bobeira agora). Alison é uma "mãe" de família, casada e tem dois filhos adotivos; é uma alcoólatra e que tem seus problemas, mas que também ganhou o meu coração. Helena, talvez a pior de todas e mais problemática; minha prima gosta de dizer que é por falta de amor e talvez seja mesmo. O que posso falar de Sarah é que entre todos os clones ela é a unica que gerou um filho, a linda e meiga Kira (apaixonados por bochecha, preparem a vontade de apertar), o que intriga muitos.

Imagem do We Heart It

Mas a série acaba assim, logo na segunda temporada? Lógico que não. A terceira temporada começará ser gravada em setembro com previsão de estréia só em 2015 ~morrendo~ e mantem o mesmo padrão de 10 episódios.


E aí, você já viu algum episódio ou ouviu falar da série? O que acharam?
♥♥♥

Obs: Não esqueçam da coluna Foto do Leitor, envie uma foto com seu(s) livro(s) preferido(s) até 22/07 para: contatoacdh@hotmail.com
Não está sabendo? Confira aqui.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Foto do Leitor // Livro Preferido (a ideia)


Talvez este seja o post que começo com mais entusiamo, rs. Mas qual será o motivo?
Primeiro, sempre sou "cortada" por "tudo" ser dito do título da postagem, mas um dia supero isto. Segundo, não sou profissional no assunto e estou longe de ser, só que me agrada tanto ver e tirar fotos que me torno uma amante a partir disto.
Não sei se estão lembrados mas a outra Carol (a Cristina, rs) recentemente fez uma pesquisa aqui no blog, certo que ela ainda não revelou os resultados, só que adianto uma parte, o assunto fotografia foi um dos mais votados, e tendo uma parte revelada, achamos interessante e legal fazer um pequeno retorno disto para vocês. Vai ser uma coisa simples, mas prazerosa.
O que pensamos é um Foto do Leitor onde daremos um tema e vocês estão livres para tirarem o tipo de foto que quiser. Certo que não irão aparecer todas as fotos por aqui, mas selecionaremos as fotos que mais gostarmos. Espero que se sua foto não aparecer no post não sinta-se tão triste que o impeça de, quem sabe, aparecer no próximo mês.
Pois então, vamos ao tema. Pensamos e pensamos, e chegamos a conclusão do Livro Preferido. Bem, eu não tenho só um livro preferido, tenho dois; só que tem pessoas que tem mais ou apenas um livro preferido. Então, pegue ele(s) e vá ser feliz fotografando. Depois que tiver tirado a sua foto, é só enviar para o e-mail contatoacdh@hotmail.com com o assunto Foto do Leitor - Livro Preferido. Gostaríamos que você também enviasse o link de alguma rede social ou blog seu, assim caso alguém queira ver outras fotos sua ou te acompanhar de alguma maneira. Pedimos que envie suas fotos até o dia 22/07, pois no dia seguinte estaremos divulgando as fotos no post.

Beijos!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Meet&Greet // A Órfã da Normandie e a Karina Pinheiro




Olá colecionadores, tudo bem? :)
Hoje é dia de entrevista! *-* Vou apresentar pra vocês um livro e uma autora super legais. Preparados?
"A Órfã da Normandie" é uma trilogia escrita pela autora Karina Pinheiro. O primeiro volume se chama A Órfã da Normandie, seguido por A Órfã e a Convenção dos Elfos e por último A Órfã e a Cartada Final. O primeiro volume foi escrito entre 2011 e 2012 e os outros dois volumes em 2013.
A Karina vem comentando aqui no blog praticamente desde o começo e foi assim que acabamos nos comunicando. Ela é muito talentosa e escreve super bem! Ela tem um site onde estão as informações sobre seus livros e também posta vários contos, e eu fico babando porque os textos dela são muito bons, vocês tem que ir lá e conferir ;)
Voltando ao livro, por enquanto só podemos ficar curiosos com as imagens, sinopse e entrevista ao longo do post, mas em breve ele será publicado! \o/


Sinopse
Nascida na Normandie, no interior da França, Ada é uma menina amável e protegida pelo pai. Ao perdê-lo, e se tornar uma órfã, ela é enviada para morar com seus tios na Alemanha, numa época em que o país servia como pano de fundo da Segunda Guerra Mundial. Após a sua chegada, ela não mudará apenas a sua vida, mas como de todos à sua volta, terá que aprender a conviver com sua nova família e a enfrentar a realidade dura da guerra. 
Nessa jornada, ela contará com a amizade do seu primo Henri e dos empregados Louis e Luisa, os quais guardam um grande segredo. Ada descobrirá ainda que tanto ela quanto o seu primo são os escolhidos para uma grande missão num submundo fantasioso, cuja entrada se dá através de uma árvore no seu jardim, se deparando com outra realidade. 
O elfo Cael e a fada Frida são os guias dessa misteriosa aventura, os quais farão de tudo para salvar a floresta e o seu rei de serem exterminados pela falta de amor que existe no mundo real, interferindo drasticamente na fantasia do lugar. 
Ada viverá num mundo paralelo, onde a fantasia e a realidade se fundem e cujos seres místicos da floresta se assemelham com sua família de fato. 
A menina não apenas protegerá, como também será protegida e amada, sem saber, por Cael. O que antes era apenas um vazio, fez com que a órfã despertasse reações de humano no elfo e ambos descobriram o significado do amor, numa época em que a guerra destruía e devastava tudo a sua volta.
♥♥♥

Como o livro ainda não tem capa, vou colocar algumas imagens com citações que a Karina postou na fanpage do livro no facebook:



Sobre a autora


Karina Pinheiro escreveu sua primeira obra em 2010, chamada "Escrevi, mas não mandei", sobre cartas e crônicas. Desde então, decidiu continuar no universo adolescente, com o qual sempre se identificou, e a decisão veio com a trilogia: A Órfã da Normandie. 
Além de ser escritora, Karina é atriz teatral, em 2012 se apresentou num monólogo feito por ela mesma, chamado: as histórias cinematográficas e a realidade nua e crua. O teatro, a literatura e a arte sempre acompanharam essa jovem desde muito cedo, sendo também formada em História pela faculdade Uni La Salle. 
Sobre o livro A Órfã da Normandie, Karina conta que foi sua obra mais trabalhosa e há tempos queria juntar um fato histórico tão relevante e importante até os dias atuais, como a Segunda Guerra Mundial, com fantasia. “Viver numa fábula com elfos e fadas é o sonho de toda garotinha, é uma maneira de fugir um pouco da realidade, que muitas vezes pode ser cruel”, diz a autora.

Entrevista

A Colecionadora de Histórias - O que te influenciou na infância para entrar no mundo das artes, literatura e teatro? Quem te ajudou e quais são suas referências e inspirações?
Karina - Eu não me lembro bem quando tudo começou, eu sempre digo que isso nasceu comigo. Desde criança eu já tinha gostos “estranhos”, que a maioria das crianças não tinham. Eu gostava de visitar museus, de brincar de teatrinho, ler e ver filmes antigos como "O vento levou". Eu sempre fui noveleira e cinéfila, acho que isso tudo me motivou a fazer teatro desde pequena, eu assistia a novela, decorava as falas e no recreio imitava a cena para minha amiguinha da escola fazer comigo. Foi quando eu comecei a fazer teatro na escola, depois parti para cursos de fora e mais tarde fui fazer teatro profissionalizante em Botafogo. Depois o amor pela arte acabou me levando a cursar História na faculdade, uma coisa vai levando a outra. Na literatura quem sempre me inspirou foram Clarice Lispector e Mário Quintana, sempre foram meus poetas favoritos. Para mim eles são os únicos que conseguem descrever os sentimentos da alma e analisar o ser humano de fato. 

A Colecionadora de Histórias - O que eu mais gostei no seu livro é a proposta Histórica + Fantástica. Como você acha que os leitores vão reagir a essa temática diferente, o que você espera que a história desperte em nós? 
Karina - Eu sempre quis misturar fantasia com fatos históricos, queria mostrar que sempre há um jeito de ver algo bom por mais que a realidade seja cruel. O objetivo é despertar vários sentimentos diferentes, amor, tristeza, esperança. Como é uma trilogia, eu quero que os leitores torçam pelo amor da órfã Ada com o elfo Cael, um romance improvável, porém não impossível. Eu quero que acreditem que tudo é possível de se lutar. 

A Colecionadora de Histórias - Como foi o processo de criação dos personagens da história? Eles têm um pouco de você? Essa interação do ser humano com o sobrenatural, como é a sensação de ter criado todo esse mundo em um livro? 
Karina - O processo de criação do volume 1 foi um pouco demorado, demorei dois anos para finalizá-lo. A Ada tem muito de mim, ela é medrosa e ao mesmo tempo é corajosa, adora questionar o certo e o errado, mas o Cael tem tudo de mim, ele filosofa sobre o ser humano, debocha, é extrovertido e altamente romântico. Como eu disse acima, eu sempre quis misturar fantasia com história, mostrar que a história pode ser além de guerras, política e uma leitura cansativa, ela também pode ser cheia de aventura, fantasia e romance. Espero que as pessoas se aproximem um pouco mais da matéria por causa disso. Eu sempre fui mística, acredito em anjos e reencarnação, então essa é a sensação que a obra causa em mim, além de serem temas que eu abordo na Órfã. 

A Colecionadora de Histórias - Fale um pouco sobre seu primeiro livro “Escrevi, mas não mandei” e onde podemos encontrá-lo. 
Karina - O "Escrevi, mas não mandei" é uma coletânea de crônicas, cartas e poemas. Ele pode ser encontrado no blog: http://karinapinheiro.com.br/blog os textos que eu publico nesse menu são todos dessa obra. Penso em publicá-lo depois da Órfã. Eu queria juntar os meus pensamentos e filosofias sobre o mundo e meus desabafos das minhas frustrações amorosas. O Escrevi, mas não mandei é o meu desabafo. Tinha medo de ficar exposta, já que ali repousam todas as cartas não enviadas para várias pessoas que foram importantes na minha vida, essa obra é muito transparente. Tinha receio também das pessoas não gostarem, por aparentar ser melancólico demais, mas quanto mais eu publicava no blog os textos avulsos mais elas gostavam e se identificavam. Eu acho que a graça mesmo desse livro é a sutileza da melancolia sobre o mundo, sobre as pessoas, sobre si mesmo que todo mundo gostaria de poder expressar com palavras e poder gritar ao mundo, a escrita é a forma mais corajosa e poética para dizer.

A Colecionadora de Histórias - Você pretende escrever outros livros? Continuará nesse gênero ou escreverá outros tipos de história também? 
Karina - Sim, pretendo escrever outros livros. Já tenho alguns guardados na gaveta. Pretendo continuar com o público infanto juvenil, acho mais divertido escrever para eles, é um público mais sincero. 

A Colecionadora de Histórias - Você está no processo de encontrar uma editora que publique seu livro. Conte-nos um pouco sobre essa experiência. 
Karina - Eu já encontrei a editora, se chama Multifoco, A Órfã da Normandie deve sair ainda esse ano. 

Mensagem Final
Eu espero muito que vocês gostem, quando expomos o que escrevemos para alguém estamos expondo nossa alma também, nossos pensamentos e sentimentos. É como se fosse um filho que estivesse nascendo. Tive muito carinho e dedicação a cada obra e dei o meu melhor em todas elas. Espero que vocês desfrutem o máximo.
♥♥♥

Eu quero agradecer à Karina por ter participado, e espero que o trabalho dela seja reconhecido e admirado. Ela é muito simpática e lhe desejo todo o sucesso do mundo!
Espero que tenham gostado, beijos!

*informações dadas pela autora